ff

Blog do Sarico - (54) 8135 1778 - fabiocrestani11@gmail.com
sexta-feira, 17 de dezembro de 2010
O dia em que Falcão esteve em Tapera

O ex-jogador do Inter e ex-treinador da Seleção Brasileira e hoje comentarista da Rede Globo, Paulo Roberto Falcão, esteve em Tapera na metade da década de 70, para jogar futebol pelo Trianon, de Porto Alegre.

Falcão, juntamente com um grupo de jogadores da Dupla e de outras equipes gaúchas, esteve em Tapera nos dias 18 e 19 de dezembro de 1975, uma semana depois de o Inter sagrar-se Campeão Brasileiro. Os jogadores, entre os quais estava o meio-campista Paulo César Carpegiani, também campeão brasileiro pelo Inter, chegaram a Tapera no sábado, sendo recepcionados no Ginásio Tenarião, onde almoçaram em uma grandiosa festa. À noite, no mesmo local, aconteceu um jogo de futsal entre o Trianon e um combinado local. No domingo, à tarde, no estádio Dr. Avelino Steffens, o Trianon jogou com o América.

Quem trouxe o Trianon para Tapera foi o médico Beto Henrich, na época fazendo especialização em Porto Alegre, e amigo dos boleiros. Falcão, Carpegiani e outros ficaram na casa dos seus pais em sua estada em Tapera.

TRIANON – O Trianon era montado nas férias de verão pelo cabeleireiro Ney, que reunia seus amigos boleiros para jogar futebol contra equipes do interior do Estado. Os jogos eram beneficentes e toda a arrecadação era direcionada à entidades sociais do município visitado.

Falcão, então com 22 anos, era a grande revelação do Inter que havia vencido o Brasileirão daquele ano, o primeiro título nacional de uma equipe gaúcha. Após a vitória de 1 a 0 sobre o Cruzeiro, no Beira-Rio, com gol de Figueroa, Falcão havia sido eleito o melhor em campo e a revelação do campeonato.

Depois deste ano, Falcão veio a Tapera mais uma vez com o Trianon, em 1977. Em 1980 o craque foi vendido à Roma (Itália), pela expressiva quantia – na época – de 1 milhão de dólares, na maior transação futebolística do Brasil até então. Hoje, qualquer pé de chinelo vale 1 milhão de dólares.

Até hoje não apareceu outro Falcão no Inter, apesar do clube revelar craques todos os anos.

A propósito. Tem muita gente que vai se encontrar na foto acima.

Postado por Sarico as 13:36 e tem 1 comentarios
1 Comments:
Anonymous Anônimo disse...

Foi nessa época que comecei a odiar futebol. Era uma menina de 11 anos e ninguém queria mais jogar comigo. Se eu tivesse quebrado o nariz de meia dúzia de garotos, quem sabe hoje Tapera teria um time de jogadoras de respeito! Me arrependo de não ter feito isso!

18 de dezembro de 2010 00:04  

Postar um comentário

Voltar ao blog



Posts mais recentes Posts mais antigos

 
Google
 

?timos Posts

Prevenindo acidentes
Acidentes
FRASE DO DIA
O fiasco maior
Inferno
Internet gratuita
Cuidado com o protocolo
Os dois maiores fiascos do Inter
Vergonha na Polícia
Frio em dezembro

Arquivos

Agosto 2010 Setembro 2010 Outubro 2010 Novembro 2010 Dezembro 2010 Janeiro 2011 Fevereiro 2011 Março 2011 Abril 2011 Maio 2011 Junho 2011 Julho 2011 Agosto 2011 Setembro 2011 Outubro 2011 Novembro 2011 Dezembro 2011 Janeiro 2012 Fevereiro 2012 Março 2012 Abril 2012

 

 

 

WM INTERNET