ff

Blog do Sarico - (54) 8135 1778 - fabiocrestani11@gmail.com
segunda-feira, 31 de janeiro de 2011
Morreu o Pedro Mattei

O amigo Pedro Mattei faleceu prematuramente à noite passada, vítima de acidente de trânsito. O acidente aconteceu na ERS 332, entre Tapera e Espumoso. Pedro perdeu o controle de sua Ranger e capotou. Ele chegou a ser socorrido com vida, mas morreu a caminho do Hospital Roque Gonzalez, em Tapera. O seu sepultamento será nesta segunda aqui em Tapera.

Eu conhecia o Pedro há muitos anos, mas tive uma relação maior com ele quando trabalhou na Estratégia Agrícola, onde atuou como vendedor. Após a sua saída da empresa a gente se encontrava de vez em quando. Nos encontrávamos em alguns almoços e jantas na cidade e também no Bar do Seco, reduto dos colorados para ver os jogos do Inter.

Darci Pedro Dupont Mattei, 25 anos, que era filho de Darci Pedro Mattei, ex-patrão do CTG Guido Mombelli, era bastante conhecido na região e tinha grande circulo de amigos. Na última segunda-feira (24) ele havia enterrado seu avô, Bernardo Mattei.

O Pedro era um brincalhão e estava sempre de bom humor. Tocava gaita e também cantava músicas gauchescas. Eu brincava com ele dizendo que ele não tocava nem cantava nada, para desespero dele que ficava brabo. Nos jogos do Inter, quando o time ia mal ele dizia que eu era o pé frio e eu dizia que era ele o pé frio. O engraçado é que quando o Inter ganhava o Pedro não aparecia nos jogos. Nunca saberei quem de fato era o pé frio de nós dois.

Não importa o motivo de sua morte, importa, sim, é que mais um jovem integra a lista de vitimas de acidentes de trânsito que aumenta a cada semana no Rio Grande do Sul. E o pior de tudo é que o último nome desta lista desgraçada é de um querido amigo.

Vá em paz, Pedrinho. Foi um prazer te conhecer e conviver contigo. Adeus!

Postado por Sarico as 08:38 e tem 25 comentarios


GreNal

A vitória do Grêmio no GreNal 384 foi justa. Venceu quem foi mais competente no jogo. Já o Inter deixou a desejar. Tirando três ou quatro jogadores daquele time de ontem, o resto tem muito a provar pela frente.

Postado por Sarico as 08:24 e tem 1 comentarios

domingo, 30 de janeiro de 2011
Lixo na avenida

Essas garrafas de cerveja foram deixadas na madrugada do último sábado (29), em frente ao Mega Lanches, no centro de Tapera. Por que quem as usou não colocou-as no lixo? É isso que não se entende aqui. Falta essa consciência aos taperenses. As garrafas, que devem ter sido recolhidas no sábado à tarde, deixaram por um bom tempo, um bonito visual no centro da cidade.

Postado por Sarico as 13:48 e tem 11 comentarios


Concurso de limpeza

A iniciativa do poder público taperense em promover um concurso para manter a cidade limpa é uma grande idéia. Mas, vem cá, vamos combinar. É preciso um concurso para se manter nossa cidade limpa? Isso é, no mínimo, uma obrigação de um povo culto e inteligente. Afinal, quem gosta de viver no meio do lixo e da sujeira não pode viver em comunidade.

Se os taperenses quisessem sua cidade poderia ser muito mais bonita. O lixo espalhado nela, no centro e arredores, não permite que sua beleza apareça.

Postado por Sarico as 13:44 e tem 8 comentarios


Desinsetização

O poder público taperense contratou uma empresa para desinsetizar o subterrâneo de Tapera. A idéia é boa, afinal isso nunca foi feito aqui, num canal que corta a cidade pelo meio. Com quase 60 anos de idade, imagine o que deve ter de bicho lá embaixo.

E como será que está a estrutura do canal? Sabemos que ele foi feito com grandes blocos, mas lá se vão quase seis décadas.

Atravessar Tapera pelo seu subterrâneo é um sonho antigo. Quem já fez o percurso garante ser uma aventura e tanto.

Segundo quem entrou nele, o canal começa na grutinha próxima à antiga Feira do Produtor e vai até a Transportadora Waldemar. Lá, dobra à esquerda e vai, por baixo da Rua Duque de Caxias, até o Hospital Roque Gonzalez, quando dobra à direita e segue até próximo a Rua Coronel Gervásio, a do Parque de Exposições. São quase 3 quilômetros pelo centro de Tapera.

Postado por Sarico as 13:36 e tem 6 comentarios

sábado, 29 de janeiro de 2011
Automóvel faz 125 anos

Foi num dia 29 de janeiro, mas há 125 anos, que o alemão Carl Benz deu início a uma revolução que se alastraria não só pela Europa, mas por todo o planeta. Nesse dia, o engenheiro registrou a patente nº 37435 do seu “veículo impulsionado por motor a gasolina” num escritório de patentes em Berlim, marcando o nascimento do automóvel. Antes de prosseguir, porém, é importante deixar claro que a data se refere a veículos dotados de motor a combustão interna. Modelos equipados com propulsores a vapor (com uma caldeira) já existiam desde o século 17.

Apesar da produção em série dos primeiros automóveis terem sido iniciadas em 1888, eles demoraram a se tornar populares. Esse processo só começou no início do século 20 nos Estados Unidos, com a extinta Oldsmobile, e ganhou força graças a Henry Ford, que, em 1914, implantou a linha de produção do famoso Modelo T. O advento da produção em escala permitiu que cada carro deixasse a fábrica num período oito vezes menor que o dos concorrentes.

No início dos anos 1930, a Alemanha estava às voltas com uma grande crise, e uma das soluções apontadas para superá-la era a criação de um carro popular. Surgiram, então, os primeiros projetos de um “carro do povo” (Volkswagen, em alemão). Após diversos protótipos, nasceu, em 1937, o Fusca, então batizado de KdF (Kraft durch Freude, ou Força pela Alegria) Wagen. A eclosão da Segunda Guerra Mundial, entretanto, fez com que a Alemanha direcionasse todos os investimentos – e fábricas – para a produção bélica.

Mas o projeto do “carro do povo” era tão bom que superou as dificuldades e, após o fim do conflito, não demorou a ganhar as ruas de todo o mundo. Afinal, como o momento era de reconstrução e as pessoas necessitavam de um meio de locomoção barato, simples e confiável, o Besouro vinha bem a calhar.

A INDÚSTRIA NO BRASIL
No Brasil, a história da indústria automotiva começou em 1956, com o início da produção do Isetta, um curioso minicarro fabricado sob licença pela Romi, em Santa Bárbara d’Oeste, no interior de São Paulo. No mesmo ano, a Vemag começou a montar o DKW em São Paulo. Mas foi a partir de 1959 que a fabricação de automóveis passou para um nível superior com a inauguração da primeira unidade da Volkswagen, em São Bernardo do Campo, SP. De lá começaram a sair as primeiras unidades da Kombi – que, por sinal, segue em produção até hoje. Ford, General Motors e Fiat foram as outras grandes montadoras que se instalaram no Brasil posteriormente, até meados dos anos 1970.

Após um longo período fechado às importações, o mercado brasileiro finalmente voltou a receber produtos estrangeiros (incluindo automóveis) em 1990. A partir de então, houve uma verdadeira invasão de novos modelos. Importados que chegavam para conquistar um público ávido por novidades e os nacionais que foram obrigados a se modernizar a fim de concorrer com os recém-chegados. Um bom exemplo do segundo caso foi o Chevrolet Corsa, da GM, o primeiro veículo popular “moderno”, já que trazia inovações como o design contemporâneo e a injeção eletrônica de combustível em um motor de baixa cilindrada.

Hoje, o mercado parece ter encontrado um certo equilíbrio, com fabricantes locais e importadoras disputando, na maioria dos casos, segmentos diferentes. Os modelos mais luxuosos e caros chegam do exterior, enquanto os mais baratos e médios são feitos no país. Essa relação, contudo, pode ser abalada com a chegada dos automóveis chineses, que vêm se destacando em todo o mundo por conta de seus preços competitivos – e design ainda de gosto duvidoso.

COMBUSTÍVEIS DO FUTURO
Outra grande preocupação diz respeito ao sistema de propulsão dos automóveis. Afinal, desde o seu surgimento, há mais de um século, a gasolina segue sendo o principal combustível dos carros, assim como o motor a combustão interna. Mas a crescente onda ambientalista vem obrigando as fabricantes a desenvolver novas formas de propulsão. Surgiram os veículos movidos a célula de combustível, hidrogênio, elétricos e híbridos (além do brasileiríssimo etanol).

Contudo, a tendência é a de que não exista mais apenas um tipo de motor ou combustível no futuro. A saída será diversificar. De acordo com os especialistas, a próxima grande revolução no mundo dos automóveis pode ser provocada pela eletricidade. Se for uma revolução como a promovida por Carl Benz, que venha logo e seja bem-vinda.

Postado por Sarico as 21:33 e tem 0 comentarios


Ranking dos jornais em 2010

O IVC (Instituto Verificador de Circulação) divulgou o ranking dos maiores jornais brasileiros:

Postado por Sarico as 21:21 e tem 0 comentarios


Lá sim. Aqui não

Vocês estão acompanhando o que o povo anda fazendo na Tunísia e agora no Egito? Pois o pessoal, que banca tudo e que está cansado de ser explorado, foi para as ruas protestar. Acontece que este mesmo povo cansou de ser trouxa, de ficar levando “bola” nas costas. Aqui no Brasil, quando acontece algo semelhante, o povo fica quieto, passivo, manso, como se tudo fosse absolutamente normal. Por que aqui é assim?

Ah! O governo egípcio não está sabendo lidar com a situação e dá claros sinais disso para o mundo. Já pensou o dia que o brasileiro resolver acordar.

Postado por Sarico as 21:03 e tem 3 comentarios


RS poderá ter fábrica da Taser, a arma que paralisa o bandido

Caso o Rio Grande do Sul mostre interesse, a empresa americana Taser poderá implantar no Estado sua primeira fábrica brasileira das armas que disparam cartuchos elétricos que paralisam o criminoso.

No RS, Brigada Militar e Polícia Civil possuem a arma.

Guardas municipais de municípios como Cachoeirinha, Canoas e Caxias também usam a Taser. Porto Alegre também já fez a sua encomenda.

Quem será que ganhará a empresa? Está tudo em aberto.

Postado por Sarico as 18:22 e tem 5 comentarios

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011
Goiana procura familiares de seu padrasto em Tapera

Uma mulher de Goiânia, capital de Goiás, de nome Keila, está pedindo pelo Blog do Sarico informações sobre os familiares do seu padrasto, que residem aqui em Tapera. Ela deseja obter notícias deles, a quem não os vê a mais de 25 anos, e não sabe como fazê-lo. A única informação que ela tem é que eles residem, ou que residiram aqui.

Conforme Keila o nome do seu padrasto é Agilmo Graciano, que é filho de Amantino Antônio Graciano da Silva Santos e de Eva Braz da Silva e que tem dois irmãos: Maria Madalena Graciano e Mário Fernando Graciano. Eles residiam na Rua José Sarturi, na Vila Progresso.

Keila quer informações deles e deixa um número de telefone para contato: (062) 3593 4883 e seu e-mail:
luaaelik@hotmail.com.

Quem tiver alguma informação a respeito, favor entrar em contato com ela, ou com o editor do Blog.

Postado por Sarico as 22:22 e tem 11 comentarios


Cachês

O ex-presidente Lula está cobrando R$ 200 mil por uma palestra. O valor é o mesmo que cobram Bill Clinton e Tony Blair, ex-presidente do EUA e ex-primeiro ministro da Grã-Bretanha, respectivamente. O ex-presidente FHC, o homem que ajeitou a economia brasileira e acabou com a inflação (80% mês), cobra modestos R$ 90 mil. Gostaria de ver, entre Lula e FHC, o que cada um teria a dizer em uma palestra. E no caso de Lula o valor cobrado não seria muito alto para os padrões brasileiros? Será que haveria clientela?

Postado por Sarico as 22:15 e tem 1 comentarios


Inflação em alta

O IGP-M (Índice Geral de Preço do Mercado) de janeiro apresentou variação de 0,79%. No mês anterior, a taxa foi de 0,69%. Os três componentes do IGP-M apresentaram as seguintes trajetórias, na passagem de dezembro para janeiro: IPA (Índice de Preços por Atacado) – de 0,63% para 0,76%, IPC (Índice de Preços ao Consumidor) – de 0,92% para 1,08%, e INCC (Índice Nacional de Custo da Construção) – de 0,59% para 0,37%.

Será que a inflação está sob controle?

Postado por Sarico as 22:14 e tem 0 comentarios


Desvios

Estão falando que no segundo escalão do governo federal os desvios somam mais de R$ 1,3 bilhões. Mas, o próprio governo e o Tribunal de Contas da União não vêem isso?

E no primeiro escalão os desvios somam quanto?

Postado por Sarico as 22:13 e tem 0 comentarios


Sugestão

Por que o governador Tarso Genro não convida o ex-vice governador Paulo Afonso Feijó para integrar o Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social do Rio Grande do Sul?

Postado por Sarico as 22:12 e tem 0 comentarios


Tarso e a Agergs

O que o governador Tarso Genro está fazendo com alguns adversários políticos seus soa a revanchismo e estabelecem precedente perigoso no Estado. Ele bateu o pé e posicionou-se contra as indicações de Vicente Britto, na Agergs, e Mário Bernd, no BRDE. Desde o governo Borges de Medeiros não se via nada parecido no Rio Grande do Sul. Por que isso?

Na questão envolvendo o ex-diretor geral do DAER, Vicente Britto Pereira, que teve seu nome revogado pelo governador para ingressar, como conselheiro, na Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos (Agergs), não se sabe o motivo do veto. Se foi a pessoa dele ou a própria Agência. Se foi a pessoa, Tarso deseja “liquidar” um adversário, mas se for a Agergs, ele precisa da maioria lá dentro.

A Agergs possui 7 conselheiros e Tarso tem minoria lá dentro, com apenas 1. Para obter a maioria basta mudar 3 votos. E como ele faria isso? Da seguinte maneira: 1º – Nomear novo nome para o lugar de Vicente Britto, 2º – Nomear o substituto de Guilherme Villela, cujo mandato está no fim e 3º – Substituir Gertrudes dos Santos, que sai no dia 3. Fazendo isso, Tarso vira o jogo fácil para 4 x 3.
Tarso Genro quer a maioria na Agergs porque dentro de dois anos terá que renegociar os contratos de concessão de estradas (pedágios) em todo o RS, assunto que inevitavelmente passará pelo crivo dela.

Será que Tarso conseguirá?

Postado por Sarico as 22:12 e tem 0 comentarios


A aposentadoria dos ex-governadores

Tenho um amigo que é “doente” do PMDB, daqueles que diz que, quando morrer, quer a bandeira do partido sobre seu caixão, assim como as dos seus clubes, de campo e de salão. E ele é apaixonado pelo ex-governador e ex-senador Pedro Simon, por sua oratória e conduta. Meu amigo sempre se gaba dele por ser o único ex-governador que não recebia aposentadoria. E falava bem alto, para todo mundo ouvir. Pois, o meu amigo terá de rever seu ídolo, isso porque Pedro Simon requereu a aposentadoria de ex-governador que tinha abdicado quando deixou o Piratini. Ele já recebeu cerca de R$ 52 mil, referentes aos meses de novembro e dezembro, e uma parte do 13º de 2010.

Conforme noticiado pela imprensa, Pedro Simon não é um homem de posses, ao contrário do que muitos pensam por sua longa vida pública. E ele não esconde que passa por dificuldades.

O deputado estadual Luciano Azevedo (PPS) anunciou que em fevereiro pedirá apoio da OAB-RS ao projeto que extingue as pensões vitalícias de governador do RS. Segundo ele seis ex-governadores (Jair, Britto, Olívio, Amaral, Collares e Rigotto) recebem R$ 24,1 mil por mês, mas outros três receberam valores iguais até morrer (Brizola, Guazzeli e Triches).

Postado por Sarico as 22:11 e tem 0 comentarios

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011
Emílio Theis poderá ser nome de rodovia na região

Na tarde de domingo (23), durante a realização do 16º Rodeio Crioulo Interestadual do CTG Piazito Gaudério, realizado no Parque de Exposições José e Rosalina Koehler, a diretora do jornal Integração das Cidades, Renata Brenner, entregou ao deputado estadual reeleito Pedro Westphalen, que almoçou em Tapera com amigos, e ao prefeito taperense, Ireneu Orth, uma sugestão da família Theis para que seja dado o nome do empresário Emilio Theis à rodovia RS 332, trecho entre Tapera e Não Me Toque, que está sendo asfaltada. A família argumenta que seria uma justa homenagem a quem foi pioneiro no transporte coletivo regional.

O deputado Pedro Westphalen prometeu que, tão logo aconteça a posse da nova legislatura e o conseqüente início das atividades na Assembléia Legislativa, entrará com o pedido solicitando sua aprovação. Já o prefeito Ireneu Orth prometeu levar o pleito à Amaja (Associação dos Municípios do Alto Jacuí), na assembléia que aconteceria em Selbach, na segunda-feira (24).

Emilio Theis, avô de Renata Brenner, fundou a empresa Rainha da Serra e seus ônibus faziam o trajeto Tapera-Carazinho, entre as décadas de 60 e 70. No final dos anos 80 a empresa passou para o controle da Helios, hoje São Jorge. A sede da empresa ficava em Tapera, na residência de Emilio Theis, próxima a Igreja Matriz.

Viajei muito a Carazinho com os ônibus da Rainha da Serra. Mas, bonito era o estado que ficavam as roupas com o pó que existia na rodovia, sem asfalto. Melhor ainda era no forte do verão, com alta temperatura e ausência de chuvas. Mas a viagem de ônibus relevava qualquer problema.

Acho justa a homenagem pelo que Emilio Theis foi e fez. Ah, se Tapera tivesse outros iguais a ele.

Postado por Sarico as 23:01 e tem 2 comentarios

domingo, 23 de janeiro de 2011
Os 150 anos de nascimento de Padre Landell de Moura, o pai do rádio e de outros inventos


Na última sexta-feira (21), comemorou-se os 150 anos de nascimento de Roberto Landell de Moura, o “pai” da Radiodifusão e de outros tantos inventos. O gaúcho Padre Landell, nasceu em Porto Alegre, no dia 21 de janeiro de 1861.

Até hoje se faz esta pergunta: quem inventou o rádio? Foi o brasileiro ou o italiano? Para o mundo foi Gugliemo Marconi, cientista e inventor, em 1895, mas um ano antes, em 1894, Padre Landell já falava com seu invento, fato que foi testemunhado pelo cônsul britânico no Brasil. Não poderia ter havido testemunha melhor, mas o mundo preferiu dar o crédito ao italiano, por estar na Europa. Com Alberto Santos Dumont, que inventou o avião, aconteceu o mesmo. Quem levou a fama foi os irmãos Wright, dos EUA.

Gaucho de Porto Alegre e tendo estudado em São Leopoldo e na Universidade Gregoriana de Roma, Itália, em 1892, Padre Landell era pároco de Campinas, interior de São Paulo, onde se dedicava ao ministério sacerdotal e aos estudos científicos.

Entre os anos de 1893 e 1894 com aparelhos de sua invenção e fabricação afirmava poder falar, sem utilizar fios, com outra pessoa a quilômetros de distância e o provou com uma sensacional demonstração feita do alto da Avenida Paulista para o Alto de Santana, em São Paulo, numa distância de 8 quilômetros, com a presença de diversas pessoas, entre elas, o cônsul C. P. Lupton, da Inglaterra , que ficou maravilhado com o aparelho.

Tal fato ocorreu mais de um ano antes da primeira e rudimentaríssima experiência de Guglielmo Marconi que só começou a transmitir em 1895 com sinais fracos a uma distância de 100 metros.
Em 11 de outubro de 1904, com grandes dificuldades financeiras e dissabores, consegue finalmente nos Estados Unidos a patente do transmissor de ondas e a 22 de novembro a do telefone sem fio e do telégrafo sem fio. Ele ainda deixou manuscritos do que seriam, mais tarde, a televisão, o teletipo – que antecedeu o fax – e a fibra ótica.

Rejeitando propostas sedutoras nos Estados Unidos, Padre Landell regressa ao Brasil para entregar seus inventos ao nosso governo. Propõe ao presidente Rodrigues Alves, solicitando dois navios da Esquadra, para uma demonstração pública de seus inventos. O presidente pergunta a que distância queria que os navios se colocassem na Baía de Guanabara. Ele respondeu que queria os navios fora da barra, na maior distância possível e afirma então decidido: “Meus aparelhos podem estabelecer comunicação com qualquer ponto da Terra e futuramente servirão até mesmo para comunicações interplanetárias”.

Diante dessas palavras o consideraram maluco e no dia seguinte recebeu um telegrama gentil da presidência da República informando não ser possível naquele momento atender seu pedido e que aguardasse outra oportunidade. Esta oportunidade nunca surgiu e o resto da história Marconi e os livros contam.

Tivesse o presidente Rodrigues Alves atendido ao pedido de Landell de Moura teria sido um grande sucesso e glória para o Brasil.

Ah, os nossos políticos. Sempre eles...

Postado por Sarico as 09:57 e tem 1 comentarios

sábado, 22 de janeiro de 2011
América 2011

Segundo informações que colhi de amigos da imprensa, o América virá neste ano na Série Prata, competição que ele conquistou em 1996. Parece que a direção estaria buscando nomes para montar um time bom e competitivo. Seriam três nomes que estão sendo sondados, sendo um deles um pivô, "artigo" que faltou à equipe ano passado. Diógenes, do São Luiz, teria sido sondado, mas acabou renovando com sua equipe. Os nomes que estão sendo buscados seriam de jogadores diferenciados. Ótimo!

Parece que o goleiro Paredes não ficará em Tapera em 2011. Mas, o time tem goleiro. Tem o Ban, grande responsável pela boa campanha de 2010, e tem também o Sacolé. O América estaria bem servido de goleiros.

A Prefeitura continuaria ajudando a equipe, talvez com um aporte financeiro maior. Tomara que a direção encontre um bom patrocinador que lhe dê condições de contratar e assim montar um time para brigar novamente pelo título.

Postado por Sarico as 09:06 e tem 6 comentarios


Sério ou brincadeira?

Na quadra do Centro Administrativo, na Avenida Tancredo Neves, existe um monte de entulho na esquina e nele há uma placa dizendo que lugar de lixo é no lixo. Aquilo me deixou confuso. Afinal, a placa foi colocada onde havia o lixo ou o lixo foi colocado onde estava a placa? De qualquer forma aquilo precisa ser retirado de lá porque estraga o belo visual daquela quadra.

Postado por Sarico as 09:04 e tem 10 comentarios


Intel pensa em fábrica de US$ 1 bilhão no RS

Fico imaginando uma empresa desse porte anunciando que iria se instalar em Tapera neste ano. Imagino ainda o que seria do município em 10 anos. Como estaria a pequena e pacata Tapera depois de uma década?

Uma fábrica dessas geraria quantos empregos? Quantas pessoas viriam de fora para trabalhar (e morar) aqui? Quantos técnicos seriam formados aqui? Quanto o município faturaria com ela?

É possível “viajar” muito nesse devaneio.

Postado por Sarico as 09:02 e tem 4 comentarios


Brasil peca na organização

O Brasil, que se prepara para sediar dois grandes eventos mundiais de grande porte nos próximos anos, a Copa do Mundo (2014) e as Olimpíadas (2016), teve uma previa do que terá pela frente com a realização da Campus Party Brasil, um dos maiores eventos de tecnologia, entretenimento e cultura digital do mundo, que acontece de 17 a 23 de janeiro, no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo (SP). O evento foi acompanhado por mais de 7 mil pessoas, ou campuseiros como são chamados, do mundo todo. Mais da metade delas ficaram acampadas, em barracas, no local.

Além de atividades como oficinas e exposições, a Campus Party Brasil 2011 teve inúmeras palestras com gente renomada. Estiveram aqui o ex-vice-presidente dos EUA, Al Gore; Tim Berners-Lee, pai da "www"; e Jon Maddog Hall, presidente da Linux International, entre outros.

A Campus Party 2011 tinha tudo para ser perfeita, mas não foi. Houve falhas de todo tipo e o evento acabou prejudicado. A nota (conceito) do Brasil caiu, consideravelmente.

OS PROBLEMAS:

FILAS – As filas se formaram porque havia apenas um portão de entrada. Teve gente que esperou nove horas para poder entrar. O mundo não gosta de filas.

CREDENCIAMENTO – Havia pouca gente para atender tantas pessoas e houve problemas de impressão dos crachás. Muitos erros de impressão.

CADASTRAMENTO – Na porta do evento, todos precisavam cadastrar seus laptops, netbooks e desktops junto com o RG para garantir a segurança do aparelho.

INTERNET – Várias vezes houve problemas de conexão. E todos se queixaram da lerdeza do serviço.

ENERGIA – Houveram várias quedas de energia elétrica o que assustou os campuseiros e os revoltou. Em uma das vezes, o que levaria 10 minutos para ser solucionado, levou mais de duas horas.

Se agora houve problemas de infra-estrutura, como será durante a Copa do Mundo e a Olimpíada? Brasil, prepare-se.

CAMPUS PARTY BRASIL 2011
Nascida na Europa, em 1997, a Campus Party é um dos maiores eventos de tecnologia, entretenimento e cultura digital do mundo que, em 2011, chega a sua quarta edição brasileira. Além do Brasil, são tradicionais os encontros realizados na Espanha, na Colômbia e no México.

Postado por Sarico as 09:00 e tem 1 comentarios


O fiasco de 2011

Mas, o que estão fazendo com o ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) e com o SISU (Sistema de Seleção Unificado)? Que confusão é essa?

Como é que, num País que é modelo de sistema eleitoral eletrônico e que consegue fazer a declaração do Imposto de Renda pela internet, não consegue realizar uma prova escolar?

Esses exames são uma forma de valorizar aqueles que estudam o ano todo e que dão duro na busca de boas notas; e que ainda não estudam apenas em época de vestibular. Esses brasileiros precisam dessas importantes ferramentas para ter acesso à universidade. E o governo tem de dar um basta nisso, porque o fiasco é muito grande. Virou chacota.

Postado por Sarico as 08:59 e tem 0 comentarios


Saúde nota zero

Até quando irá essa sessão de horrores que é a saúde no Brasil? As imagens que a televisão está mostrando são humilhantes e degradantes. O governo, que se elegeu em cima do social, do povão, deveria olhar para essa questão como que por honra. E poderia começar a ver a saúde com outros olhos, com humanidade e seriedade, e terminar com o sofrimento de nossa gente.

Alô, Dona Dilma, olha o povão na fila e nos corredores clamando por dignidade. Esse mesmo povão não consegue pagar consulta médica, nem ter um leito.

O governo pode acabar com essa humilhação por que passa o brasileiro nas emergências dos hospitais. É só querer.

Postado por Sarico as 08:57 e tem 0 comentarios


Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social do Rio Grande do Sul

O que o governador Tarso Genro deseja com ele? Claro que é desenvolver o Estado, mas como fará isso se, ao invés de convidar notáveis dos setores da economia, administração, finanças e outros, convidou professores, sindicalistas, artistas e outros? Como esse pessoal conseguirá ajudar Tarso a desenvolver o RS? Ao final de quatro anos saberemos.

Postado por Sarico as 08:55 e tem 0 comentarios


MST

Será que o MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) terá palanque no governo Tarso Genro? Tem gente de dentro do PT que garante que não. Vamos ver.

Postado por Sarico as 08:55 e tem 0 comentarios

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011
Os vinhos do ano

Estes são os vinhos do ano, segundo a revista Gula:

Tinto: Quinta do Seival, Sauvigon 2004, (Miolo, RS) - R$ 74,00.

Branco: Sanjo Maestrale, Chardonay/Sauvignon Balnc, Serra Catarinense, São Joaquim (SC) - R$ 85,00.

Rosé: Pericó Taipa Rosé, Cabernet Sauvignon+Merlot, 2010, São Joaquim (SC) - R$ 46,00.

Postado por Sarico as 18:53 e tem 0 comentarios


Inclusão digital e mídia

Se o prefeito de Ibirapuitã (RS) queria mídia para valer, ele conseguiu. E da boa. Conseguiu através de algo grande e imprescindível nos dias atuais: a internet. Pois, o homem decidiu colocá-la de forma gratuita no município. A ação foi um tremendo sucesso com repercussão estadual. O assunto foi veiculado em todos os principais veículos do Grupo RBS: jornal Zero Hora e RBS TV (Bom Dia Riogrande e Jornal do Almoço, de Passo Fundo e estadual).

Ibirapuitã colherá muitos frutos com toda essa exposição (gratuita). Parabéns ao prefeito pela visão.

Postado por Sarico as 13:55 e tem 4 comentarios


Morreu Amândio Alcântara

Morreu nesta manhã (21) o ex-presidente da Cotrisoja e ex-professor Amândio Alcântara, aos 83 anos. Seu corpo foi velado, por algumas horas em Tapera, cidade que viveu por muitos anos e onde casou, com Odila Irene, e onde teve seus quatro filhos: Neri, Nelcir, Neomir e Euclésio. Na metade da manhã ele foi levado para Capão do Cipó, onde será sepultado.

Conheci o Amândio Alcântara na Escola Dionísio Lothário Chassot, depois de vir do Grupo Escolar Barão de Caçapava, onde ele lecionava matemática e contabilidade. Fui ser seu aluno no Dionísio. Ele era uma grande pessoa e sua marca era o sorriso largo e o bom humor.

O que guardo do Amândio foi em um exame de Matemática, à noite. Eu sentava no fundo da sala e, não sei por que cargas d’água, ele separou a turma do fundão e me colocou no pior lugar da sala de aula: o meio. Eu estava a perigo em matemática, quase na linha de fundo e para piorar, matemática nunca foi meu forte. Pois havia preparado uma boa colinha, com as fórmulas e tudo mais, e me fui para a aula, para o tudo ou nada. A sala é a mesma que fica sobre a Sala dos Professores, na entrada nova para a direção e a secretaria. O Amândio não caminhava em sala, especialmente durante as provas. Ele sentava em sua mesa e ficava lendo o jornal, o Correio do Povo ou a Folha da Manhã, não lembro bem, porém, um dos olhos ficava grudado nele e o outro “caminhava” pela sala. Em dado momento puxei a cola para conferir uma questão. Sentado em cima dela, puxei-a para o lado e comecei a conferir. Antes olhei para o professor para ver se ele estava no seu lugar, lendo o jornal. Como ele estava lá baixei a cabeça e fui com tudo para cima do pequeno papel e adivinha quem aparece do meu lado, como um raio? Ele, Amândio Alcântara. Não fez nada, nem falou nada, apenas se abaixou e falou no meu ouvido, quase que sussurrando: “Tua cola está aparecendo embaixo da perna. Guarda ela, Fábio”. E saiu. Ele não me tirou a prova, nem descontou pontos dela. O certo é que eu passei. E não vi mais ele, porque era dezembro e logo em seguida vinham as férias. No outro ano eu me transferi para o Colégio Imaculada e ai perdi o contato com ele, mas sabia dele quando transmitia jogos, pela então Rádio Gazeta, do Estadual de Amadores ou do Municipal de Campo de Selbach, quando encontrava seu filho, o Chico, que jogava. Nunca consegui agradecê-lo pela “mão” que me deu naquela prova de matemática.

Em 1983, eu e o Leo Utteich, então gerente da Gazeta, fomos até a Cotrisoja, e lá, na sala da presidência, o Leo me deu o gravador para fazer uma matéria com o presidente Amândio, que estava para sair porque em alguns dias aconteceria nova eleição. Era uma espécie de um faz de conta. Eu era operador da rádio e nunca tinha pegado em um gravador – fita cassete. Pois, peguei-o e falei com ele, mas a gravação nunca foi para o ar. O Leo disse que ficou ruim, mas eu e o Amândio achamos que ficou boa. Foi minha primeira “entrevista” no rádio. E menos de um ano eu estava no jornalismo e no esporte da emissora.

Amândio Alcântara nasceu em Olhos D'Água, distrito de Santo Ângelo (RS), em 28 de junho de 1927. Era filho de José e Marília de Alcântara. Foi presidente da Cotrisoja de 1972 a 1983 e entre suas realizações estão as construções do novo escritório, do supermercado e do refeitório.





Postado por Sarico as 10:39 e tem 3 comentarios

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011
Futsal 2011

A Federação Gaúcha de Futsal e os clubes participantes do Estadual de Futsal se reuniram ontem (19), em Porto Alegre, para começar a definir as atividades salonísticas de 2011.

Estiveram na reunião representantes dos seguintes clubes; AABB, AAV, ACA, ADS, Afusca AGE, AGSL, AJUC, ALAF, América, AMSM, Assoeva, ASTF, Cepe, Copa dos Campeões, Clube Brilhante, Corintians, Cruz Alta Futsal, Grêmio Imembuy, Lagoense, POA FC, Real Academia, Recreio da Juventude, Ser Antonio Prado, Sobradinho, Top Sports, UCS e UJR. A sopa de letrinhas será grande nesta temporada.

Algumas definições da reunião:

1 – Nesta temporada haverá duas divisões. As mesmas passarão de 1ª e 2ª Divisões para séries Ouro e Prata.

2 – Estão de volta as categorias de base (obrigatória).

3 – A Série Ouro irá de 09 de abril a 17 de dezembro e a Série Prata de 12 de março a 12 de novembro.

5 – As equipes voltarão a se reunir para falar de futsal no mês que vem. A Prata se reunirá no dia 03 e a Ouro no dia 09.

O América, ao que tudo indica, disputará a Série Prata neste ano.

Postado por Sarico as 15:33 e tem 0 comentarios


INTER

Assisti Inter e Porto Alegre, ontem. O teste não foi só para os jovens jogadores, mas para cardíaco também. Deus do céu! Quando essa gurizada tiver de entrar no time principal vai ser um Deus nos acuda.

O Porto Alegre será rebaixado neste ano.
E as contratações?

Postado por Sarico as 09:58 e tem 7 comentarios

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011
Pai bandido

Fazer o quê com um Pai, de 45 anos, acusado de abusar da filha de 5 meses? O fato aconteceu ontem (17), em Ijuí, no noroeste do RS. Fazer o que com um “exemplo” de homem desses?

Postado por Sarico as 14:14 e tem 7 comentarios


Meteorologia

No mundo todo a meteorologia serve para antever fenômenos naturais e evitar ao máximo as tragédias humanas. No Brasil ela tem um só propósito: informar a população se vai ou não chover, ou ainda se as pessoas devem ou não sair com guarda-chuva ou agasalho mais quente.

Sobre esses desastres que estão acontecendo no mundo – enchentes, furacões e incêndios – e que estão matando centenas de pessoas, será que, com toda a tecnologia disponível, não é possível antevê-los?

E isso tudo será obra do destino ou imprevidência?

Sobre a tragédia que se abateu no Estado do Rio de Janeiro, que já matou mais de 700 pessoas. Será que os políticos, que aumentaram (e bem) seus vencimentos, já ajudaram os desabrigados? Bem que a imprensa poderia fazer este levantamento.

Postado por Sarico as 14:13 e tem 0 comentarios


Tarso, o ministro

O governador do RS, Tarso Genro, em entrevista ao jornal italiano, La Stampa, falando sobre a extradição do terrorista Cesare Battisti, preso no Brasil, informou que, nas condições em que Battisti foi julgado na Itália, sua condenação está impregnada de dúvidas. Mais: que em qualquer sistema jurídico democrático, a dúvida em relação às provas também é uma dúvida sobre o próprio crime. Quem conhece o caso não entendeu nada.

Quando Tarso Genro esteve à frente do Ministério da Justiça, das decisões que tomou só duas ficarão registradas por muito tempo na cabeça dos brasileiros. E do mundo:

1 – Tarso não concedeu asilo político a dois atletas olímpicos cubanos, os lutadores de boxe Erislandy Lara e Guillermo Rigondeaux, ambos com ficha limpa, que acabaram sendo deportados para a Ilha-presídio. Ninguém nunca mais ouviu falar deles. O que será que aconteceu com eles? Será que estão bem?

2 – Tarso fez das tripas coração para impedir que o assassino Cesare Battisti fosse extraditado para a Itália, onde é condenado à prisão perpétua por quatro assassinatos. Como será que estão as famílias dos mortos? Será que elas superaram a perda?

Ao que tudo indica, o governador dos gaúchos está com a consciência tranqüila. Pazienza. Cosa fare?

Postado por Sarico as 14:13 e tem 5 comentarios


Déficit zero

A ex-governadora deixou o governo dizendo ter deixado a “casa” em ordem para o novo e de tabela, deixado dinheiro em caixa e condições para captar recursos fora do País. Pois, o governo Tarso assumiu e diz que não tem nada disso. Tem, segundo ele, déficit de 4,6 bilhões de reais. Certo. Já os defensores de Yeda ainda não se manifestaram a respeito. Nem aqueles que a defendiam com unhas e dentes em seus blogs.

Qual a verdade dos fatos? O Rio Grande precisa saber.

Outra coisa. Yeda deixou o governo se queixando da RBS (TV e ZH) e Tarso diz que ela colaborou com Yeda nos quatro anos. Quem fala a verdade?

Postado por Sarico as 14:12 e tem 2 comentarios


Gauchão 2011

Alguma coisa me diz que o campeão deste ano será do Interior. Também, com os times que a dupla tem.

Postado por Sarico as 14:11 e tem 0 comentarios


Ronaldinho, a estrela

Mas o que é o Ronaldinho Carioca no Flamengo? O cara é tratado como se fosse um pop star. Todos os flashes, as imagens e os olhares são todos para ele. E o resto do grupo fica só vendo. Pelas caras do resto do elenco, jogado ao segundo plano, o ambiente já está pesado na Gávea. Vamos esperar, talvez nem até a metade do ano, para ver como estará o Mengão, o clube mais popular do Brasil.

E será que o robozinho, agora do “Framengo”, recuperará seu futebol?

Postado por Sarico as 14:09 e tem 0 comentarios


Venda de calmantes dispara no governo Lula

Esta deu na Folha de SP (16):

A venda do ansiolítico Clonazepam disparou nos últimos quatro anos no Brasil, fazendo do remédio o segundo mais comercializado – entre as vendas sob prescrição. Entre 2006 e 2010, o número de caixinhas vendidas saltou de 13,57 milhões para 18,45 milhões, um aumento de 36%. O Rivotril domina esse mercado, respondendo por 77% das vendas em unidades (14 milhões por ano). O levantamento foi feito pelo IMS Health, instituto que audita a indústria farmacêutica, a pedido da Folha. O tranquilizante só perde hoje para o anticoncepcional Microvlar (em média, 20 milhões de unidades por ano).

Por que será deste aumento?

Postado por Sarico as 14:08 e tem 0 comentarios


Traíra na vila

Ontem, a RBS TV mostrou uma Escola, na Capital, que foi “visitada” seis vezes nos últimos meses. Mas, quem é o precioso que vai roubar a escola da sua vila? Bem que o pessoal de lá, que certamente conhece o infeliz, podia dar um corretivo nele, daqueles do tipo “aos costumes” para aprender a lição.

Postado por Sarico as 13:57 e tem 0 comentarios

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011
A preocupação com o cliente (e com as vendas)

Essa me foi enviada por um amigo e, pelo tema, merece divulgação. Nele, uma loja de departamentos de São Paulo, com filiais espalhadas pelas grandes cidades brasileiras, resolveu que deveria ouvir seus clientes, porque seus diretores e analistas – internos e contratados – previam um cenário de dificuldades. A empresa montou um questionário, com 20 perguntas, e o espalhou nas suas lojas, material publicitário e também na internet. O resultado foi muito além do esperado.

Entre as 20 perguntas do questionário, cinco chamaram minha atenção:
1 – O que você acha mais importante para uma empresa conquistar você como cliente?
2 – O que você considera "atendimento excelente"?
3 – O que mais irrita você no relacionamento com uma empresa?
4 – Quando você entra numa loja, você prefere que o(a) vendedor(a):
5 – Quando você compra um produto ou serviço pela primeira vez:

A seguir as respostas, de mais de 50 mil pessoas:

1 – O que você acha mais importante para uma empresa conquistar você como cliente? atendimento excelente (45,7%), cumprimento do que prometeu (37,3%), qualidade dos produtos (13,4%), preço baixo (2,8%), ter marca(s) famosa(s) (0,4%) e fazer publicidade (0,4%).

2 – O que você considera "atendimento excelente"? falar a verdade em qualquer circunstância (38,9%), cumprir o que prometeu (23,2%), fazer acompanhamento após a venda (11,3%), ser ágil e rápido (9,7%), acompanhar você durante o atendimento (8,7%), falar olhando nos seus olhos (5,8%) e sorrir para você (2,4%).

3 – O que mais irrita você no relacionamento com uma empresa? o mau atendimento – as pessoas são despreparadas para atender (40,6%), a mentira – não cumprir o que promete (32,2%), a arrogância – as pessoas são arrogantes (11,6%), a demora – não respeitar o meu tempo (6,3%), a falta de qualidade – os produtos e serviços são ruins (6%) e a incoerência nos preços – há vários preços para clientes diferentes (3,3%).

4 – Quando você entra numa loja, você prefere que o(a) vendedor(a): se apresente e se distancie deixando você livre (80,5%), faça várias perguntas para saber o que você deseja (13,9%), fique junto de você o tempo todo (2,8%), finja nem notar a sua presença (1,5%) e não faça pergunta alguma (1,4%).

5 – Quando você compra um produto ou serviço pela primeira vez: compro pela indicação de outras pessoas (57,5%), compro pela marca (24,1%) e compro pelo preço (18,4%).

Muito interessante o trabalho desta grande empresa. Com toda certeza, se mudou sua sistemática de trabalho após o levantamento, deve ter aumentado consideravelmente seu faturamento.

Postado por Sarico as 09:15 e tem 15 comentarios


Big Brother Brasil

Mas, o que o brasileiro vê de interessante no BBB para dar toda essa audiência ao programa? O que ele tem que encanta o nosso povo? Alguém explica isso?

Postado por Sarico as 09:14 e tem 3 comentarios


O preço da arrogância

Uma senhora, usando um vestido de algodão já desbotado, e seu marido, trajando um velho terno feito à mão, desceram do Trem em Boston, capital de Massachusetts, EUA, e se dirigiam timidamente ao escritório do presidente da Universidade Harvard, uma das maiores e mais importantes do mundo. Eles vinham de Palo Alto, Califórnia, e não haviam marcado entrevista.
A secretária, num relance, achou que aqueles dois, com aparência de caipiras do interior, nada tinham a fazer em Harvard.
- Queremos falar com o presidente – disse o homem em voz baixa.
- Ele está ocupado o dia todo – respondeu rapidamente a secretária.
- Está bem – respondeu o homem. Nós vamos esperar.
A secretária os ignorou por horas a fio, esperando que finalmente desistissem e fossem embora. Mas, eles ficaram ali e a secretária, um tanto frustrada, decidiu incomodar o presidente, embora detestasse fazer isso.
- Se o senhor falar com eles apenas alguns minutos, talvez resolvam ir embora – disse ela.
O presidente suspirou com irritação, mas concordou. Alguém da sua importância não tinha tempo para gente daquele tipo e ele detestava vestidos desbotados e ternos puídos em seu escritório. Com o rosto fechado foi até o casal.
- Tivemos um filho que estudou em Harvard durante um ano – disse a mulher. Ele amava Harvard e foi muito feliz aqui, mas, há um ano morreu num acidente e gostaríamos de erigir um monumento em honra a ele em algum lugar do campus.
- Minha senhora, disse rudemente o presidente. Não podemos erigir uma estátua para cada pessoa que estudou em Harvard e morreu. Se fizéssemos esse lugar pareceria um cemitério.
- Oh, não, respondeu rapidamente a senhora. Não queremos erigir uma estátua. Gostaríamos de doar um edifício à Harvard.
O presidente olhou para o vestido desbotado da mulher e para o velho terno do marido e exclamou:
- Um edifício! O senhores tem sequer uma pálida idéia de quanto custa um edifício? A Harvard tem mais de sete milhões e meio de dólares em prédios...
A senhora ficou em silencio por um momento, e então disse ao marido:
- Se é só isso que custa uma universidade, por que não termos a nossa própria?
O marido concordou.
O casal Leland Stanford levantou-se e saiu, deixando o presidente de Harvard confuso.
Viajando de volta a Palo Alto, eles fundaram lá a Universidade Stanford, uma das melhores do mundo, em homenagem ao filho, Leland Stanford Junior, ex-aluno de Harvard.

Postado por Sarico as 09:12 e tem 1 comentarios


WikiLeaks

Quando o WikiLeaks divulgou material secreto, certos governos, como o dos EUA e da Inglaterra, caíram de pau em cima dele pedindo a prisão do responsável pelo site. Ora, onde está o crime se o cara apenas buscou informações, conferiu sua veracidade com fontes “quentes” e mandou tudo para o espaço, para todo o mundo ver (e saber)? Preso, acusado por outro crime, teve de ser libertado. E o cara prometeu não parar.

E onde está o erro do WikiLeaks? Não tem erro. Ele apenas fez o trabalho que a imprensa deveria fazer, que é levantar a informação, a sua veracidade e divulgar. O WikiLeaks não bancou o chapa-branca, o jornalismo atrelado aos governos, como querem 100% dos governos e como acontece com quase 100% da imprensa brasileira.

Postado por Sarico as 09:12 e tem 0 comentarios


Como é que é?

A Justiça rejeitou novo pedido de prisão preventiva do assassino da Miss Itália Nel Mondo, em Caxias do Sul. O cara é matador confesso e está solto. Mas, quem mata e existem provas ou confissão, não deveria estar preso? Por que a lei não é igual para todos?

Postado por Sarico as 09:10 e tem 0 comentarios


Qual a diferença entre Cesare Battisti e Jared Loughner?

Nenhuma. Os dois são assassinos e como tal deveriam ser tratados. O ex-presidente Lula e o governador do RS, Tarso Genro, criticaram o brutal atentado a um grupo de eleitores com deputada em Tucson, Arizona, EUA. Jared Loughner, um terrorista de ultra-direita, matou 6 pessoas e feriu outras 13, entre as quais uma deputada democrata.

Cesare Battisti também é um terrorista e sua organização, a PAC (Proletários Armados pelo Comunismo) é responsável pelo assassinato de pelo menos 6 pessoas na Itália. Ele foi condenado à prisão perpétua. Fugiu e veio para o abrigo do PT no Brasil.

Coincidentemente, o número de mortos por Jared Loughner e Cesare Battisti é o mesmo: 6.

Mas, com que autoridade o governo brasileiro – Lula, Tarso e o PT – condenam o ato brutal nos EUA se aqui no Brasil eles doa guarida a outro assassino, só que de ultra-esquerda? Aliás, nos EUA, um atentado como o de Tucson, seu autor será condenado à prisão perpétua, sem interferência do Estado. E sem compaixão. Lá a lei funciona. Até demais.

Em tempo. Será que existe diferença entre assassinos sendo um de direita e o outro de esquerda?

Postado por Sarico as 09:09 e tem 0 comentarios

domingo, 16 de janeiro de 2011
INTER

Acompanhei Cruzeiro e Inter há pouco. O Colorado perdeu por 1 a 0. O Inter – Time B – foi uma coisa em campo. Não dá para se iludir. Não tem time para ser campeão do Regionalito e não tem gente para atuar na Libertadores. E ai?

E o Grêmio empatou ontem em casa, com o Lajeadense: 2 x 2.

Postado por Sarico as 18:55 e tem 0 comentarios


Planalto apresenta foto oficial de Dilma Rousseff

O Palácio do Planalto apresentou na sexta-feira (13) a foto oficial da presidente Dilma Rousseff, que será afixada em prédios e salas da administração pública federal. Com um terninho off-white com gola em pesponto bege, a presidente escolheu pessoalmente a foto oficial final.

Com brincos de pérola em base de ouro e brilhantes, o mesmo utilizado na posse, e batom cereja, Dilma foi fotografada pelo fotógrafo oficial da presidência, Roberto Stuckert Filho, na marquise do Palácio da Alvorada, residência oficial para qual a presidente deve se mudar em breve.

A pose de Dilma Rousseff, com a faixa presidencial, foi finalizada após uma sessão de fotos de uma hora e meia organizada no dia 9 de janeiro.

Postado por Sarico as 14:12 e tem 4 comentarios

sábado, 15 de janeiro de 2011
América 2011

O Grêmio Esportivo América está se mexendo com vistas à temporada 2011. Na próxima quarta-feira (19), às 09h, em Porto Alegre, haverá reunião entre a Federação Gaúcha de Futsal e os clubes interessados. Na oportunidade Federação e clubes decidirão a fórmula do certame, o número de divisões, se uma ou duas; entre outras coisas.

Segundo colegas da imprensa a direção americana está analisando o mercado atrás de contratações. Alguns jogadores de 2010 permanecerão em Tapera e outros não. Ela também está vedo a questão do patrocinador.

Ao que parece neste ano o futsal será dirigido pela Federação Gaúcha de Futebol, a de campo, que vai gerenciar o futsal a partir de agora no Estado.

Outra coisa que se está sabendo é que equipes grandes de 2010 não deverão retornar em 2011.

Postado por Sarico as 10:38 e tem 3 comentarios


Adrenalina na água

Essa me foi enviada por um amigo e pela sua originalidade merece a postagem. Um grupo de amigos, aqui de Tapera, que gosta de acampar no verão e também de se divertir, criou um bote com garrafas PET para navegar nos rios da região. Eles recolheram 700 garrafas PET, retirando-as do meio ambiente. Fizeram uma armação de arame e colocaram as garrafas dentro construindo assim o bote. No último final de semana, a gurizada fez um teste de, mais ou menos um quilometro com o invento no rio Colorado, com sucesso. O invento deu certo com remos e agora a idéia deles é adquirir um motor
para equipá-lo e assim conseguir enfrentar o rio Jacuí, o maior do Estado.

A idéia é maravilhosa e a adrenalina deve ser altíssima. Só peço aos meninos que usem coletes salva-vidas e manerem com a “sede” quando na água.

As fotos são de Anderson Silveira.

Postado por Sarico as 10:20 e tem 6 comentarios

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011
Rio, o inferno é lá

Tudo aquilo que estamos vendo no Estado do Rio de Janeiro é quase a visão do fim do mundo. Aquilo é o resultado da ocupação desordenada, da falta de investimentos em obras de prevenção e da falta de gerencia dos governantes. Deixar a população ocupar áreas perigosas dá voto, diferente de garantir-lhe segurança. E obras de prevenção não aparecem e por isso não dão voto. O jogo (e a conta) é esse.

Nada justifica a perda de uma vida. Imagine você, na sua casa com sua família, e de repente uma montanha de barro, árvores e pedras vir para cima de vocês e levar tudo junto, inclusive vidas. A dor de quem passou por isso é inimaginável. Pergunte a um pai (ou mãe) que perdeu um filho. Ou mais de um.

No Estado do Rio de Janeiro se repete o que aconteceu no começo do ano passado e em anos anteriores. Nada foi feito para se prevenir aquela catástrofe. Por que o governo estadual – todos eles – não fez nada? Será que a vida não é importante?

Do jeito que vai a coisa, o número de mortos no Rio deverá chegar próximo a 600. É o maior desastre natural da história do Brasil. Mas, isso não acontece onde não existem vales e montanhas.

Outra coisa. Como é que alguém vai morar, em uma casa simples ou em uma mansão, em um morro? E como alguém, com conhecimento e estudo, deixa esse alguém habitar naquele lugar? No final das contas, de quem é a culpa?

SÃO PAULO – Já em São Paulo o problema são as enchentes que alagam tudo e param a maior cidade do Brasil. O maior problema dela é a falta de investimentos em prevenção, especialmente do rio Tietê, e a impermeabilização do solo (asfalto).

Um amigo que mora em São Paulo disse que é bom viver lá, porque é uma cidade com muitas possibilidades e de muitas opções. “O problema de morar em São Paulo é que precisamos estar (muito) atentos ao que acontece ao nosso lado, em cima de nós e até embaixo de nós. E sermos rápidos”, disse.

Enfim, presidentes, governadores e prefeitos são todos iguais. Respeitando-se as raras excessões, claro.

Continuaremos vendo visões do inferno, de norte a sul deste País, até o dia em que o nosso povo acordar e souber que, com seu voto, poderá mudar sua cidade, seu Estado e seu País. E que também poderá escolher quem vai lhe governar. E o dia que os partidos políticos sentirem que o povo deseja proposta, comprometimento e seriedade de seus homens públicos, colocará nas campanhas gente séria e honesta e com conhecimento de administração, deixando de lado as tradicionais figuras populistas que não levam a lugar nenhum.

Postado por Sarico as 18:44 e tem 1 comentarios


Caos em Rondônia

Quem viu o Jornal Nacional nesta semana, mostrando pessoas com sérios problemas de saúde sendo atendidas nos corredores dos hospitais em Porto Velho, capital de Rondônia, e sendo acomodadas em cadeiras, deve ter ficado assustado com as imagens. Aquilo é a degradação humana em sua plenitude, sem falar na humilhação do ser humano. E de quem é a culpa?

Imagine você, ou alguém da sua família, precisando de atendimento médico de urgência e na sua cidade não haver ambulância para levá-lo ao hospital e lá não haver lugar para acomodá-lo. Ainda ter de deitar no chão ou sentar em uma cadeira e demorar para ser atendido. Se for um caso de urgência, foi-se. Acabou.

Será que algum dia imagens como aquelas não serão mais vistas no Brasil?

Torço para que a presidente Dilma, cujo partido se preocupa (e muito) com o social, tenha visto as imagens e que olhe para a Saúde dando um fim à degradação e à humilhação dos brasileiros. Dêem dinheiro para o povo, mas dêem também saúde, dignidade e valorização a ele.

Postado por Sarico as 08:37 e tem 3 comentarios


Universal condenada a indenizar Xuxa

A Editora Gráfica Universal, pertencente à Igreja Universal do Reino de Deus e que edita o jornal Folha Universal, foi condenada a indenizar Xuxa em R$ 150 mil.

A matéria, baseada na "tese" controversa do pastor Josué Yrion, um missionário radicado nos EUA, famoso pelo discurso polêmico, vinculava a apresentadora ao "satanismo", afirmando que ela teria vendido a alma ao Demônio por US$ 100 milhões.

Os advogados da Universal alegam que o caso já fora veiculado em outros veículos de comunicação brasileiros.

O julgamento foi em primeira instância e cabe recurso à Universal do Bispo Edir Macedo.

O caso me lembra um antigo filme, que vi há muitos anos, e cujo nome não lembro. Nele, um menino, que chamarei de João, que passou necessidades com sua família, quando pequeno, jurou que iria ter muito dinheiro e que não importava o que faria para consegui-lo. Faria tudo. O tempo foi passando e João transformou-se em um homem. Certo dia outro homem, que chamarei de Paulo, bem trajado, numa limusine preta com chofer, chegou até ele e lhe propôs uma sociedade. Disse-lhe que se se associasse a ele teria tudo que quisesse na vida. João aceitou a proposta e imediatamente começou a ganhar dinheiro. E com o dinheiro João comprava tudo que queria e também o que não queria. Viajava bastante e saia com qualquer mulher que quisesse. Fez e aconteceu. Até que um dia na meia idade, João recebeu a visita de Paulo, seu sócio, a quem não via há muitos anos e que apenas lembrava dele quando depositava sua parte da “sociedade” em uma conta bancária. João se assustou porque estava velho e Paulo continuava igual, estava como no primeiro que dia em que se encontraram. Paulo veio cobrar sua parte no pacto: buscar a alma do sócio. Então, João entendeu quem era seu sócio e o porquê de todas as facilidades obtidas ao longo da vida. Ele tentou negociar, ganhar tempo, mas o Diabo não negocia com ninguém. No final João aparece entrando em um túnel, com Paulo, aos prantos. Paulo (o Diabo) pára, vira-se para a câmera e diz: “Propostas como essa eu faço diariamente, em todos os lugares do mundo, para todas as pessoas. Nem todas aceitam, mas a maioria, que é “cega” (pelo dinheiro), não se importa com o “acordo”, que é muito claro (nas entrelinhas) e o aceita. E aqui mesmo, na sua cidade, tenho muitos sócios que um dia virei cobrá-los”. O filme termina com um grito de João, vindo de dentro do túnel: “NÃAAAAAAAAAO! O que foi que eu fiz, meu Deus?”. Fez o que não devia, João.

E você, acredita na tentação do Demônio?

Postado por Sarico as 08:36 e tem 8 comentarios


Preparo para o crescimento

O Brasil do PT é o Brasil do social. Isso esta explicito. Mas, e as melhorias de que tanto o País necessita (estradas, aeroportos, saúde, educação, energia elétrica, portos...)? Será que o Brasil se preparou para crescer?

E tem ainda as reformas que tanto necessitamos: política, tributária, judiciária, previdenciária, trabalhista e agrária.

Postado por Sarico as 08:36 e tem 2 comentarios


Situação do RS

Afinal, qual a situação que o novo governo pegou o Rio Grande do Sul? Yeda, que saiu, disse que deixou as contas do Estado em dia. Tarso, que entrou, disse que não. Com a palavra o Tribunal de Contas do Estado.

Postado por Sarico as 08:35 e tem 1 comentarios


Oposição no RS

A oposição ao PT no Rio Grande do Sul, formada por DEM, PMDB, PP, PPS e PSDB, está perdida ou sem identidade. É o começo, talvez mude com o passar do tempo, mas o que acontece agora, como ela se posicionou na votação de terça, preocupa.

Existem três formas clássicas de se fazer oposição:
1 – Oposição ideológica, que é o combate ao governo no campo das idéias, atendendo ao que decidiu sua própria base eleitoral;
2 – Exercício da atividade de fiscalização e legiferante.
3 – Estressar os problemas reais existentes (factóides, não) e ampliar no tempo o debate sobre eles.

Ao final de quatro anos, como estará a oposição gaúcha? E em que lado?

Postado por Sarico as 08:34 e tem 2 comentarios


Ronaldinho Carioca

Ronaldinho Gaúcho agora é Carioca, do Mengão. E está “morrendo” de amores pelo “Framengo”. Após assinar o contrato a presidente rubro negra deu uma estocada no Grêmio: “O Flamengo é um clube que cumpre o que promete à sua torcida”.

Depois, na festa de apresentação, em pleno inferno que vive o Estado do Rio de Janeiro com as incessantes chuvas e todas aquelas mortes, Ronaldinho respondeu perguntas da imprensa, todas pré- selecionadas por ele e pelo clube. Um fiasco aquilo.

Algumas perguntas que precisam de resposta:
1 – O Flamengo terá um grande ano?
2 – O clube vai conquistar títulos importantes em 2011?
3 – Ronaldinho vai recuperar seu bom futebol?
4 – Como estará o Flamengo ao final de quatro anos do contrato com Ronaldinho?
5 – Um dia, Ronaldinho vai acordar e ver a m.... que fez e ai sua consciência vai querer que ele fique em paz com o time do seu coração, se é que é o Grêmio. Como ele fará para apaziguar sua alma e seu coração fora dos gramados?

E todos nós estaremos vivos para ver as respostas.

Em tempo. O presidente Paulo Odone diz agora que o Grêmio se safou por não ter contratado Ronaldinho. Mas, e se tivesse contratado? A direção gremista não tinha medido as conseqüências desta contratação? Isso não seria perigoso?

Postado por Sarico as 08:32 e tem 3 comentarios


INTER

E as contratações virão ou não?

Postado por Sarico as 08:31 e tem 0 comentarios

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011
PP gaúcho

O PP, com exceção do deputado Jerônimo Goergen, votou favorável ao governo nos projetos na última terça-feira (11). O que será que quis dizer esse alinhamento com o governo Tarso Genro? Ele sugere que o partido possa vir a integrar o governo, para desespero de alguns setores seus.

Existe no PP o temor de que o partido não tenha argumentos para enfrentar o PT nas próximas eleições.

E será que o PP, ao final de quatro anos, permanecerá na oposição?

Postado por Sarico as 08:45 e tem 5 comentarios


AIDS

A AIDS está completando 30 anos neste ano. E não se fala mais nela, ou pouco se fala. Enfim, o pessoal está se cuidando? E como está a AIDS em nosso município?

Postado por Sarico as 08:44 e tem 5 comentarios


Soja na rua

Esse pé de soja está localizado na Rua Almirante Barroso, quase na esquina com a Avenida Dionísio Lothário Chassot. O mesmo está muito bonito graças às chuvas que vem caindo na cidade. O pessoal da Prefeitura, que executava trabalho de capina na segunda-feira (09), queria cortá-lo, mas pedimos que o deixassem para que o acompanhássemos e fomos atendidos. Vamos ver o que dará nosso pé de soja. Este é um sinal claro de que a natureza não tem local, nem hora para mostrar a vida.

Já tem gente na vizinhança querendo saber quanto o pé vai produzir e, certamente, já pensa até em preço. Brincadeira.

A propósito. Como estão as lavouras de soja da região? Até aqui tem chovido bem, mas e sobre essa seca que estão falando? E além do mais estamos em ano de La Niña. Fevereiro e março não deverão ser igual a janeiro.

Postado por Sarico as 08:42 e tem 3 comentarios


IFFHS libera ranking dos 100 melhores clubes de futebol do mundo de 2010

A Federação Internacional de História e Estatísticas do Futebol (IFFHS, na sigla em inglês), liberou nesta semana o ranking dos 100 melhores clubes de futebol do mundo. Entre os 10 primeiros aparece o Inter (7º lugar) como único brasileiro.

Confira os melhores clubes do ranking da IFFHS:
1 – Inter de Milão (ITA) 300,0
2 – Bayern de Munique (ALE) 268,0
3 – Barcelona (ESP) 266,0
4 – Atlético de Madrid (ESP) 244,0
5 – Estudiantes (ARG) 235,0
6 – Liverpool (ING) 232,0
7 – Internacional (BRA) 231,0
8 – Chelsea (ING) 222,0
9 – Manchester United (ING) 222,0
10 - Porto (POR) 219,5
11 – Real Madrid (ESP) 218,0

Os outros brasileiros no ranking dos 100 melhores: Cruzeiro (14º), São Paulo (16º), Corinthians (23º), Palmeiras (51º), Flamengo (63º) e Santos (74º).

E se o Inter tivesse faturado o Mundial de Clubes FIFA, em Abu Dhabi, que lugar estaria?

Postado por Sarico as 08:31 e tem 22 comentarios


Coisas de Brasil

Aqui, se pode votar com qualquer documento, menos com o Título de Eleitor. E aqui, até os diplomatas tem passaporte diplomático.

Postado por Sarico as 08:30 e tem 1 comentarios


BBB 11

Ainda bem que começou o BBB na última terça-feira (11). Já não agüentava mais esperar. Agora ficarei na frente da TV para conferir a “casa mais vigiada do Brasil”. E de lambuja poderei gastar um dinheirinho (no telefone) para ajudar a decidir os rumos do programa. Que bom que o BBB está de volta. Agora poderei dormir mais sossegado e serei mais feliz.

Mas, o que o brasileiro pensa da vida? Por favor!

Postado por Sarico as 08:26 e tem 4 comentarios

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011
Os cedros do Hospital

A última edição do jornal Integração das Cidades traz matéria sobre os cedros existentes ao lado do Hospital Roque Gonzalez, que estão causando problema em razão do seu porte e do tamanho dos seus galhos, que ameaçam pessoas e veículos, sem falar das raízes que levantaram a calçada. Pois, esse problema não é novo. Já escrevi muito sobre ele quando trabalhava no semanário. Eu mesmo vi, da porta da redação, galhos de porte considerável caindo sobre carros e pessoas em dias de chuva e de vento. Felizmente tudo não passou de susto, a não ser uma vez que um galho caiu sobre uma caminhonete com placas de Ibirubá, que se encontrava estacionada em frente ao Raio X. A marca deixada no capô foi considerável, principalmente pelo veículo ser zerinho.

Pela matéria do jornal ouve um desencontro de informações entre o Hospital e a Prefeitura. Não quero aqui saber de quem seria a responsabilidade de poda, da substituição das árvores ou de qualquer outra coisa. O certo é que, aqueles cedros não são para a cidade. Pelo seu porte são árvores de mato, mas que foram plantadas há muitos anos quando não havia uma consciência ecológica e estudos ambientais como hoje. Para ficar bom acho que o Hospital deveria, constantemente verificá-las evitando que galhos secos ou quebrados caiam sobre as pessoas e os carros.

O bom seria trocar aquelas árvores por outras, já que se cortou grande quantidade na cidade, e cortar mais umas 10 não faria nenhuma diferença, Mas ai entra a questão da sombra para os quartos do Hospital, para o repouso dos internados. O certo mesmo é a poda e o controle dos galhos.


Em tempo. Quando um galho de bom porte cair sobre a cabeça de alguém ou sobre um automóvel, quem irá se responsabilizar?
As fotos são do jornal Integração das Cidades.

Postado por Sarico as 08:56 e tem 23 comentarios


América 2011

O Grêmio Esportivo América continua em férias e não existe nenhuma movimentação no clube. O único movimento foi o e-mail que recebi do professor-doutor Robélius De Bortoli, da Universidade Federal de Sergipe, sediada em Aracaju, tentando colocar jogadores sergipanos no América.

O Robélio, que já foi preparador físico do Guarany (Espumoso), da AABB (Passo Fundo), da Pietrobon (Tapejara), entre outros, todos da 1ª Divisão gaúcha (Série Ouro), está querendo colocar jogadores de nível competitivo no Rio Grande do Sul, uma escola para todo o Brasil, e escolheu justamente o América pelo trabalho que realiza e pela seriedade do seu trabalho. Assim, me pediu o e-mail ou telefone de algum dirigente americano. Repassei a ele o do diretor de futebol, Amarildo Nascimento.

Conheci o Robélio De Bortoli no Guarany de Espumoso. Ele era o preparador da equipe, muito competente e avançado tecnicamente, e eu repórter da Rádio Gazeta de Tapera. Nos encontramos muitas vezes em jogos do Guarany, em dois ou três anos.

O Robélio, que acompanha o Blog do Sarico, é professor titular da disciplina de futsal da UFSE e disputa o Estadual de Futsal Sergipano. Ele tem grandes valores que poderiam servir ao América no seu projeto do BI, que foi adiado.

Sobre esta questão de contratar gente de fora, vale lembrar que em 1995 o América, bancado pela CEGEL Concretos, do empresário Cali Crestani, fez baixar em Tapera uma leva de cearenses. Ao todo foram seis e três deles foram titulares da equipe na campanha que levou o clube à Série Prata (2ª Divisão) em 1996 e ao titulo da competição.

Boa parte dos taperenses acredita que não temos jogadores – da terra – com perfil para uma competição de alto nível como é um Estadual. Está comprovado que Tapera se dá bem quando mescla gente de casa com forasteiros. Isso vem desde a década de 80 com o Kings Club e a Agrotap. Quem sabe não esteja ai uma nova jornada excepcional do Grêmio Esportivo América, desta feita com sergipanos.

PROPAGANDA – O Blog do Sarico não é um jornal eletrônico, nem o site oficial do município, mas é sempre procurado por pessoas buscando informações diversas, dando e pedido sugestões e também servindo de fonte.

Postado por Sarico as 08:54 e tem 13 comentarios


Inter

Afinal, vai contratar ou não? Este ano tem Libertadores, Recopa e Brasileiro. E o time?

Postado por Sarico as 08:53 e tem 3 comentarios


Dieese quer salário mínimo de R$ 2.253,20

Segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), o salário mínimo brasileiro deveria ser de R$ 2.253,20. A proposta do governo do PT é elevá-lo imediatamente para R$ 540,00. Isso é quase cinco vezes menor do que o total apontado pelo Departamento.

O salário, para quem paga, é alto, e para quem recebe, é pouco. Agora, imagine um mínimo de R$ 2.253,20 no Brasil. E a que ponto chegaria o consumo no País?

Postado por Sarico as 08:52 e tem 0 comentarios


Datas

Nesta terça-feira tivemos no calendário 11/1/11. Você percebeu? Pois, neste ano teremos ainda 1/11/11 e 11/11/11.

Postado por Sarico as 08:52 e tem 0 comentarios


Participação dos Estados na produção de veículos: 1990 – 2010

Essa deu no jornal O Estado de São Paulo (09)

Em 1990, São Paulo representava 74,8% da produção de veículos. Minas Gerais 24,5%, Paraná 0,5% e Rio Grande do Sul 0,2%. Em 2010, São Paulo passou a representar 45,4%, Minas Gerais 24%, Paraná 10,9%, Rio Grande do Sul 6,9%, Bahia 6,5%, Rio de Janeiro 5,1% e Goiás 1,2%.

Fico imaginando se o Rio Grande do Sul não tivesse mandado embora a fábrica da Ford, para a Bahia, em que lugar estaria.

Postado por Sarico as 08:51 e tem 0 comentarios

terça-feira, 11 de janeiro de 2011
Ronaldinho Carioca

Mas, o que o Ronaldinho Gaúcho e seu irmão, Assis, fizeram ao Grêmio? Em 10 anos eles empulharam o clube duas vezes. Agora, me admira um homem experiente como o presidente Paulo Odone embarcar numa canoa furada dessas.

Na minha visão, todo mundo errou nesse caso. Mas, quem mais errou foi o Grêmio, que entrou na conversa de Assis quando não havia nada acertado entre as partes, e quem mais perdeu, foi Ronaldinho que levará para o túmulo a imagem de mercenário. Para se ter uma idéia do que ele arrumou para ele, gratuitamente, metade do Estado vai odiá-lo para sempre e a outra metade, a vermelha, vai olhá-lo sempre com desconfiança. A fama de um ídolo some quando ele revela seu caráter.

E onde estava o erro desse leilão absurdo? O erro estava em o Grêmio ter dado alta publicidade ao fato. Assis estava na dele, protegendo seu investimento, na verdade seu gordo talonário de cheques, que é o irmão famoso. E quando foi que o presidente Paulo Odone teve certeza que Ronaldinho estava acertado com o Grêmio? Em que momento isso foi afirmado pelos irmãos Assis Moreira? Odone estava tão certo do retorno do ex-craque que chegou a dizer ao grupo de jogadores que o Ronaldinho iria suar a camisa com eles, sem falar que preparou uma festa no Olímpico e depois recuou quando o cenário estava pronto. A imprensa gaúcha anunciou o acerto, quando não havia um. E será que ela inventou tudo? Duvido! Enfim, houve um monte de erros e haverá conseqüências para todos os envolvidos no caso. E essa “novela” ainda não acabou. Até 2015, tempo do contrato com o Flamengo, haverá muitos capítulos. Aguardem.

Agora, Deus é mesmo gremista e deu provas disso ao cancelar esse devaneio Tricolor. Imagine o Grêmio, acertado com o dentuço, a cada 30 dias ter de arrumar para ele R$ 1,6 milhão. Ao final de quatro anos de contrato o clube estaria literalmente “quebrado”. O velhinho é azul, sim. Da cor do céu. Da sua casa.

A impressão que se tem do Ronaldinho Gaúcho é que ele e sua família, se não são Colorados, devem ter alguma mágoa muito grande do Grêmio. Alguma coisa deve ter acontecido no passado para todo esse descaso. Mas o quê?

O que o Assis fez com Grêmio, Palmeiras e Flamengo pode ser visto de duas formas: uma como um negócio, algo profissional, e outra como uma canalhice. E falar sobre a índole dos irmãos fica para outra oportunidade.

Um dia Ronaldinho vai acordar e ver a m.... que fez. Ai a sua consciência vai começar a lhe martelar pedindo paz, um acerto com o Grêmio. Mas como é que este acerto se dará? Quem viver verá.

E que o leilão Ronaldinho Gaúcho agora Carioca sirva de lição para os demais clubes brasileiros, especialmente o Inter, meu clube do coração. Se algum dia aparecer um sonho dessa magnitude, que ele não dure mais de uma semana e que se tenha dinheiro para bancá-lo. Tudo que se estende demais vira problema e nem tudo que brilha é ouro. Outra coisa. Nunca esqueçam que paixão por um clube não exi$te.

Postado por Sarico as 09:25 e tem 4 comentarios

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011
Terno de Reis de Tapera

Como acontece há 34 anos em Tapera, o Terno de Reis saiu mais uma vez neste ano. Foi na madrugada do dia 06. O grupo, com mais de uma centena de participantes, sendo 30 deles músicos, ganhou as ruas e avenidas da cidade, visitando amigos na madrugada e pela manhã e tarde, as empresas locais.

O Terno de Reis em Tapera foi “remodelado” e a festa, de cunho cultural e religioso, voltou à sua originalidade, mantendo a tradição e a amizade. E não poderia ser diferente. Com boa música e muita animação o pessoal vai sendo recebido com a maior alegria pelos taperenses. Tem gente que torce o bico para esta festa popular, mas como já disse é uma festa popular. Com sentido e toda uma história. A remodelação deixou-a como era.

O Terno de Reis é muito bonito, principalmente suas músicas. Tem uma que tocam, que começa dizendo: “Obrigado meu senhor...”, mudando a letra conforme o momento – chegada ou saída. Ela é muito bonita e poderia ser utilizada pelo município, até como forma de identificar o Terno de Reis que é vivenciado em Tapera há mais de três décadas.

E bem que as músicas do Terno de Reis poderiam integrar um CD. Assim o grupo, com sua venda, poderia se manter. O próprio Terno poderia ser utilizado nas festividades do município.

Para 2012 o pessoal esta pensando em fazer algo diferente para comemorar o 35º ano da festa que integra o Calendário de Eventos de Tapera e também o Natal Alegria.

E aquele sax tocado pelo Milton Lavall, que se destaca no silêncio da madrugada, é um espetáculo. Aliás, a melancolia de um sax é algo fantástico. Lembra o falecido Arno Presser, um dos fundadores do Terno de Reis de Tapera, que quando tocava o seu parecia que ele falava. O tempo não volta, mas é sempre muito bom recordar.

Postado por Sarico as 18:12 e tem 0 comentarios


Abusando da sorte

E o trânsito na contramão na Avenida Dionísio Lothário Chassot, em Tapera, continua. O pessoal entra na esquina da Rua Pedro Binni para escapar das “tartarugas” e na esquina da Rua Almirante Barroso retoma a mão certa. Todo dia carros e motos fazem isso. Neste domingo (09), lá pelas 13h35min, foi a vez de um Astra azul se “apresentar”. Nele estavam dois garotos.

Não tem como fiscalizar isso ai. É impossível, assim vai da consciência de cada motorista. Quero ver o dia que algum carro ou moto bater de frente em um veículo que vier embalado pela Almirante e dobrar na Dionísio em direção ao Clube Aliança. Vai dar um bom trabalho para algum mecânico local e também para algum médico. E tomara que o esperto tenha dinheiro para poder pagar o dano do outro carro e o do seu. “Se eu vejo uma coisa dessas não terei pena do irresponsável porque ele não coloca em risco apenas a sua vida. Vou rir do `pepino` que ele arrumou para si”, me disse um antigo morador da Dionísio, que vê essas barbaridades quase que diariamente. Concordo com ele. Vamos rir juntos.

Postado por Sarico as 18:11 e tem 1 comentarios


Notícias de Florianópolis

Um amigo gaúcho, em férias, foi curtir Floripa. Não conhecia e se encantou com a Ilha. Diz que vai vender seu apartamentozinho em Capão da Canoa e se mudar, de mala e cuia, para SC.

Pois, no sábado, ele com alguns amigos, foi na boate Café de La Musique, em Jurerê. Uma “facada”, segundo ele. Disse que estavam em um local privilegiado na casa, rodeado de muita gente “feia”. Imagino a feiura em Jurerê. Por volta de 21h, começou um tumulto na pista. Era Ronaldinho Gaúcho chegando com alguns amigos e amigas (deusas). Deu autógrafos e agüentou no “osso” do peito as provocações, certamente de gremistas furiosos. Em menos de 10 minutos ele foi para um camarote, pago a peso de ouro, já reservado para ele, e lá não ficou mais de 10 minutos. Segundo meu amigo, começaram a voar moedas para dentro do camarote e vários palavrões endereçados a ele, sendo os mais audíveis: “mercenário”, “traíra” e “vendido”. Até de Colorado lhe chamaram. “Aquilo dava eco na boate e superava a música em volume”, contou. Ronaldinho pegou seu pessoal e saiu pela porta dos fundos, de onde havia entrado. “Se aquilo acontecesse comigo, eu não sairia nunca mais de casa. Minha vida teria acabado ali, de tanta vergonha”, disse. Ronaldinho Gaúcho, com tudo que ganhou, deve estar bem preocupado com o que os outros falam dele, não é?

Depois, o camarada foi assistir ao show de Amy Winehouse. “Foi bom, mas a mulher é um ‘coisa’ no palco. Tava perdidona”, disse. Segundo ele Amy, não interage com o público e não esboçou um sorriso sequer durante o show que durou – pasmem – 72 minutos. “Além do medo dela não aparecer para o show, havia o medo de que ela não o terminaria em razão de suas constantes bebedeiras e `viagens`. E o mau humor dela é algo gritante”. Disse mais: “Eu assisti em Porto (Alegre) o show do conterrâneo dela, Sir Paul MacCartney. A diferença entre um e o outro, como artistas e como pessoas, é mais ou menos como o Paraguai e os EUA. Não tem comparação. McC é um luxo e Amy um lixo” disse.

Florianópolis, Jurerê Internacional, nada como o cara estar podendo, não é mesmo? Sorria, periferia.

Postado por Sarico as 18:11 e tem 1 comentarios


Cadê os Professores?

O tema da redação do vestibular da Universidade Federal do Rio Grande do Sul deste ano foi a falta de profissionais na área de Educação. Segundo a UFRGS, é preocupante a diminuição pela procura dos jovens pela profissão de professor. Por que será? Está ai algo para se preocupar, porque se o futuro começa pela Educação, como teremos futuro se quem inicia tudo não quer mais fazê-lo. Nossos governantes não viram isso ainda? Daqui um tempo esse pessoal que ganha salário fabulosos, nos três poderes, poderiam começar – no turno inverso – a dar aula para a criançada. Seria justo, não acha?

E o CPERS, que adora uma política, também está sabendo disso? E tem algum projeto para solucionar esse problema, que é todos nós?

Quando pequeno, quatro profissões faziam a cabeça das pessoas: médico, carreira no Banco do Brasil, professor e padre. Hoje, ao que parece, apenas médico mantém seu glamour.

Postado por Sarico as 18:10 e tem 2 comentarios


Não foi só Lula que teve aprovação de 82% no Brasil

A extraordinária popularidade de Lula ao término do seu governo (82% de aprovação) levou ao endeusamento da sua figura política. Mas, não foi somente ele que atingiu tal índice de popularidade. Quem também chegou a gozá-la foi o general Emilio Garrastazu Médici, gaúcho de Bagé, chefe do governo militar de 1969 a 1973.

A ditadura estava no seu oitavo ano, no terceiro general, e Médici cavalgava em popularidade, progresso e desempenho. O Brasil vivia seu milagre econômico. Tanto é verdade que uma pesquisa do IBOPE, realizada em julho de 1971, atribuíra-lhe 82% de aprovação. Em 1972 a economia cresceria 11,9%, a maior taxa de todos os tempos. Era o quinto ano consecutivo de crescimento superior a 9%. Quando o Brasil voltará a crescer 9%?

Alguns dados daquela época:

1 – A renda per capita dos brasileiros aumentara 50%.

2 – Pela primeira vez na história as exportações de produtos industrializados ultrapassaram a casa de 1 bilhão de dólares. Duplicara a produção de aço e o consumo de energia, triplicara a de veículos e quadruplicara a produção de navios.

3 – A Bolsa de Valores do Rio de Janeiro tivera em agosto uma rentabilidade de 9,4%. Vivia-se um regime de pleno emprego. No eixo Rio – São Paulo executivos ganhavam mais que seus similares americanos ou europeus.

4 – Kombis de empresas de construção civil recrutavam mão de obra no ABC paulista com altos falantes oferecendo bons salários e conforto nos alojamentos.

5 – Um metalúrgico ganhava o bastante para comprar um Fusca novo – seria hoje como um Fiat Uno. Em apenas dois anos os brasileiros com automóvel passaram de 9% para 12% da população e as casas com televisão de 24% para 34%.

6 – O Secretário do Tesouro americano, John Connally, dissera que "os EUA bem poderiam olhar para o exemplo brasileiro, de modo a pôr em ordem a sua economia". Imagine...


Quem quiser saber mais sobre o general-presidente leia o livro "A ditadura derrotada", de Élio Gaspari.

Postado por Sarico as 18:09 e tem 3 comentarios

domingo, 9 de janeiro de 2011
Clarissa Mombelli em 2011

A cantora Clarissa Mombelli esgotou a primeira edição do CD Volta no tempo, e já recebeu a segunda. Quem quiser adquirir o disco da guria deve acessar o e-mail clamombelli@gmail.com.

O principal cliente do CD da Clarissa foi a Marasca Comércio de Cereais, que nasceu em Tapera e hoje está presente em quase 30 municípios gaúchos. A empresa, que é de propriedade do empresário Vitor Bento Marasca, adquiriu 200 cópias.

Conforme o pai da Clarissa, o Jaime Mombelli, a menina está preparando seu segundo disco.

E falando em Clarissa Mombelli, o Segundo Caderno da Zero Hora indicou cinco artistas que merecem ser ouvidos neste ano, pelo seu talento e trabalho, e entre eles esta Clarissa com seu folk melódico. Acesse http://wp.clicrbs.com.br/segundocaderno/2010/12/28/2010-na-musica/ e veja.

A guria da Cintia e do Jaime começa a taxiar para um grande vôo.

Postado por Sarico as 16:58 e tem 20 comentarios


Inflação: 5,91%

Mas, ela não estava controlada? O que fizeram que não a controlaram? Será que o fantasma das máquinas remarcadoras voltará a nos assolar?

Postado por Sarico as 16:57 e tem 2 comentarios


Estou feliz

Esta é a frase preferida dos jogadores de futebol. E como não haveriam de estar, nadando em dinheiro como estão comprando tudo que quiserem e namorando todas que quiserem. Depois que assinar com o Flamengo esta será, com toda certeza, a primeira frase de Ronaldinho Gaúcho, quase Carioca.

Postado por Sarico as 16:50 e tem 19 comentarios


O que é pior?

Ser traído pela soberba ou pela palavra. Perder uma semifinal para um time africano ou “cair” na conversa de dois ex-jogadores? Na novela Ronaldinho Gaúcho/Grêmio quem mais perdeu? E quem pagou a maior saia justa?

Postado por Sarico as 16:48 e tem 3 comentarios


Coisas de Brasil

Como é que dão um passaporte diplomático a quem não integra o corpo diplomático brasileiro ou nem é membro do governo federal do Brasil? Vamos combinar. Os caras brincam de ser sérios, né? E ainda tem gente que acha que isso está certo.

Postado por Sarico as 16:47 e tem 1 comentarios


PT e PMDB

O PT, que é o governo federal, está dando um chá de banco daqueles no PMDB.

O PMDB, que já ganhou seis ministérios – o que é muito – agora quer abocanhar o segundo escalão para aplacar sua fome. O PT acha que já cedeu demais e não quer dar mais nada a ele.
No governo Lula, o PMDB, que foi se chegando, comeu bastante até se empanturrar. Agora, com Dilma, a coisa deverá ser diferente. Se o PT precisa do PMDB para governar, porque será esta guerra surda com seu principal aliado? O que quer o PT, de verdade?

Do jeito que vai a coisa o PMDB corre o risco de sair desmoralizado e arrasado dessa história. O PT não vai mais plantar flor para o PMDB cheirar.

Postado por Sarico as 16:46 e tem 3 comentarios


Tiroteio nos EUA

É normal vermos na televisão pessoas abrindo fogo contra outras nos EUA. Por que fazem isso lá? O governo daquele País já interessou em saber o motivo? Deve ser pelo excesso de liberdade e facilidades de consumo que possuem.

Postado por Sarico as 16:44 e tem 1 comentarios

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011
Trânsito pesado no centro de Tapera

Seguidamente denuncio aqui o trânsito de caminhões pesados pela Avenida XV de Novembro em Tapera. Confesso que gostaria de ouvir os motoristas para saber o que eles dizem sobre isso, a desobediência à lei. Tinha dificuldade para encontrar um, pois nesta semana, em um dos postos de combustíveis da cidade, ouvi a conversa entre dois motoristas de caminhão que se preparavam para efetuar entregas na cidade. E eles falavam exatamente sobre a dificuldade que é trabalhar em Tapera devido à proibição do tráfego de caminhões pelas ruas centrais.

Interessado no assunto fui até eles para saber mais sobre a questão. Os dois profissionais me contaram que quando é preciso vir a Tapera entregar é uma briga nas empresas porque ninguém quer vir em função da lei e das multas que a Brigada Militar aplica. Se nós, taperenses, achamos que a Brigada Militar não está multando os motoristas infratores, estes se queixam que ela não lhes dá folga, mesmo trabalhando. Segundo um deles, existe empresas que descontam a multa do salário do motorista.

Outra coisa que atrapalha os motoristas é quando precisam realizar várias entregas ao longo da avenida. Como trabalham sem ajudante, por motivo de economia das empresas, certamente, eles têm de baixar o pesado fardo do caminhão, carregá-lo em um carrinho e levar a carga até o estabelecimento que fica longe do caminhão e depois retornar para pegar outro fardo e assim por diante até entregar tudo. “Esse vai e vem entre o caminhão e a empresa faz a gente perder metade de uma manhã ou de uma tarde e isso acaba atrapalhando todo o cronograma de entregas na região. Em Tapera é brabo trabalhar. E para piorar, 90% do comércio fica na avenida principal”, disse um dos homens. “Dá vontade de deixar a carga aqui na RS, ou na Polícia Rodoviária, ou no posto de combustível ou em outro lugar, para que o comerciante venha buscá-la”, disse o outro.

Em Tapera existem placas indicando a proibição do tráfego de caminhões pelas ruas centrais, mas elas não são claras quanto à tonelagem, assim a proibição vale para todos. Conforme a lei a tonelagem permitida é 10 toneladas e a carga e descarga é permitida entre 18h30min e 09h30min. Mas, será que todos os caminhões danificam o pavimento das ruas e avenidas? Sabemos que um caminhão maior que um truque causa estragos, mas um baú com rodado simples não deve causar estragos no piso.

Um dos motoristas me questionou sobre onde começavam as ruas centrais de Tapera, porque nas placas não diz. Respondi a ele, pelo que sabia, que a Avenida XV de Novembro vai de trevo a trevo e que as ruas centrais são a avenida e a Rua Rui Barbosa.

Sabendo que precisamos preservar o pavimento de nossas vias e de nossos prédios e casas e que precisamos manter o comércio funcionando, Tapera poderia criar um porto seco na RS 223. Se adquiria uma área junto à rodovia e nela se construiria um galpão para armazenar as cargas que viriam para cá. Os caminhões chegariam ali e iriam embora, sem precisar entrar na cidade. O encarregado do local ligaria para a empresa comunicando-a de que há carga para ela no porto seco. Ai o empresário pegaria seu caminhão ou caminhonete, ou alugaria um, para ir buscar sua mercadoria. Nunca mais veríamos caminhões no centro da cidade. Que se pense nisso.

Postado por Sarico as 17:52 e tem 3 comentarios


Justiça lenta

Acho que descobri porque a justiça é lenta no Brasil. Pelo menos uma das causas. Alguém já entrou num Forum e viu a quantidade de papéis que lá existe, postados em pastas coloridas? É muito papel. Enquanto estão em uso, tudo bem, mas e quando o processo termina, para onde vai tudo aquilo? Haja espaço para acomodar pilhas e pilhas de folhas de ofício. Por que será que o Judiciário não se moderniza e digitaliza tudo aquilo?

E por falar em papel, todo processo deve ter excesso deles. Não sou advogado, mas será que tudo aquilo anexado tem relevância? Digam-me os advogados.

No final do ano precisei de um documento no Forum de Tapera e, enquanto aguardava, observei, junto ao balcão, aquela quantidade de papéis postados em pastas em locais determinados nas estantes. E ai lembrei da digitalização, do espaço para armazenar tudo aquilo e o custo desta manutenção.

Se a justiça é demorada no Brasil, talvez a questão da grande quantidade de papéis e o espaço utilizado para guardar tudo aquilo sejam uma das causas desta demora.

Postado por Sarico as 17:51 e tem 0 comentarios


PMDB barganha

O PMDB usará o aumento do salário mínimo para barganhar cargos no segundo escalão do governo federal. Já ganhou seis ministérios e agora quer mais. A fome de cargos peemedebista é grande.

O PMDB é o maior partido do Brasil, mas não consegue encontrar um nome para concorrer a presidente. E desde o fim da ditadura integra o poder em Brasília. O PMDB não perde tempo.

Postado por Sarico as 17:49 e tem 2 comentarios


PENSAMENTO DO DIA

É dentro de você que o ano novo cochila e espera desde sempre.
Carlos Drummond de Andrade

Postado por Sarico as 17:49 e tem 0 comentarios


Inter caminha para profissionalizar sua administração

Com a contratação de um CEO, o Inter copia os grandes clubes europeus que se transformaram em empresas bilionárias. E o escolhido para este desafio pioneiro no Brasil é o ex-secretário da Fazenda do governo Yeda Crusius, consultor empresarial e do Banco Mundial, Aod Cunha, que chegou a vacilar, porque também examinava convite de Jorge Gerdau para integrar o governo Dilma Roussef.

O que o Inter se propõe a fazer é um atrevimento em um País como o Brasil, mas segue os passos de Manchester United, Barcelona e Bayer Munich, que só alcançaram a posição de empreendimentos bilionários depois de profissionalizar suas administrações.

Conforme Aod Cunha o que o Inter está querendo fazer é inevitável no Brasil. Os clubes terão de partir para isso se quiserem sobreviver, mas poucos dominarão o mercado. E o Inter largou na frente, com folga.

CEO – A sigla, em inglês, quer dizer Chief Executive Office. É algo como presidente executivo contratado por uma empresa para administrá-la. As maiores empresas do planeta possuem um CEO no seu comando e os conselhos só observam os resultados.

Postado por Sarico as 17:48 e tem 0 comentarios


Inter

Estou muito preocupado com o Colorado. Os jogadores estão de férias e a direção também, porque ninguém chegou ao Beira-Rio até agora. Será que a direção acha que temos time para disputar a Libertadores, a Recopa e o Brasileiro neste ano? Por favor!

Outra coisa. O time B vai jogar o “Regionalito”. Será que é para poupar o time principal? Fizemos isso na segunda metade do Brasileiro do ano passado e veja o que aconteceu no final do ano.

Acorda, Inter.

Postado por Sarico as 17:46 e tem 0 comentarios

Posts mais recentes Posts mais antigos

 
Google
 

?timos Posts

O dano é moral, mas para quem?
Enfrentamento político
Quem será a “vitima”?
O Quinto e o Sexto Poder da República
Jogos do América/GF/Fepol na 1ª Fase
Libertadores
SASE Sol América
Recordar no esporte
Hoje tem Mohicans no City Pub
Uma homenagem aos colegas de imprensa

Arquivos

Agosto 2010 Setembro 2010 Outubro 2010 Novembro 2010 Dezembro 2010 Janeiro 2011 Fevereiro 2011 Março 2011 Abril 2011 Maio 2011 Junho 2011 Julho 2011 Agosto 2011 Setembro 2011 Outubro 2011 Novembro 2011 Dezembro 2011 Janeiro 2012 Fevereiro 2012 Março 2012 Abril 2012

 

 

 

WM INTERNET