ff

Blog do Sarico - (54) 8135 1778 - fabiocrestani11@gmail.com
segunda-feira, 31 de janeiro de 2011
Morreu o Pedro Mattei

O amigo Pedro Mattei faleceu prematuramente à noite passada, vítima de acidente de trânsito. O acidente aconteceu na ERS 332, entre Tapera e Espumoso. Pedro perdeu o controle de sua Ranger e capotou. Ele chegou a ser socorrido com vida, mas morreu a caminho do Hospital Roque Gonzalez, em Tapera. O seu sepultamento será nesta segunda aqui em Tapera.

Eu conhecia o Pedro há muitos anos, mas tive uma relação maior com ele quando trabalhou na Estratégia Agrícola, onde atuou como vendedor. Após a sua saída da empresa a gente se encontrava de vez em quando. Nos encontrávamos em alguns almoços e jantas na cidade e também no Bar do Seco, reduto dos colorados para ver os jogos do Inter.

Darci Pedro Dupont Mattei, 25 anos, que era filho de Darci Pedro Mattei, ex-patrão do CTG Guido Mombelli, era bastante conhecido na região e tinha grande circulo de amigos. Na última segunda-feira (24) ele havia enterrado seu avô, Bernardo Mattei.

O Pedro era um brincalhão e estava sempre de bom humor. Tocava gaita e também cantava músicas gauchescas. Eu brincava com ele dizendo que ele não tocava nem cantava nada, para desespero dele que ficava brabo. Nos jogos do Inter, quando o time ia mal ele dizia que eu era o pé frio e eu dizia que era ele o pé frio. O engraçado é que quando o Inter ganhava o Pedro não aparecia nos jogos. Nunca saberei quem de fato era o pé frio de nós dois.

Não importa o motivo de sua morte, importa, sim, é que mais um jovem integra a lista de vitimas de acidentes de trânsito que aumenta a cada semana no Rio Grande do Sul. E o pior de tudo é que o último nome desta lista desgraçada é de um querido amigo.

Vá em paz, Pedrinho. Foi um prazer te conhecer e conviver contigo. Adeus!

Postado por Sarico as 08:38 e tem 25 comentarios
25 Comments:
Anonymous Anônimo disse...

Ninguém nessa hora tem palavras o suficiente para acalmar a dor e o sofrimento da familia e dos amigos...Nunca esperamos uma tragédia para nós... Mas Deus escolhe as flores que ele quer no seu paraiso e vem buscá-las ,pois necessita do seu perfume,beleza. Fica em Paze um dia te reencontrarás com os q te querem e tu querias bem. Sentimentos aos familiares

31 de janeiro de 2011 10:12  
Anonymous Anônimo disse...

Sempre q um acidente vitima um jovem em Tapera nos vem a lembrança outros q ja foram:Caetano e Thiago Henrich,Fabricio Marasca e Billy Petter,Deise Viero, Janaina Orth, Juliano Petter,Luciano Cerutti e outros tantos jovens q perderam prematuramente a vida nas estradas.Fica aqui os sentimentos de pesares a todas as familias que passaram por esse momento de profunda dor e a frase de Renato Russo para toda essa gurizada q iluminam o céu " ...é tão estranho,os bons morrem jovens..."

31 de janeiro de 2011 10:36  
Anonymous Anônimo disse...

Não importa o motivo de sua morte? Importa, sim! Se estava correndo, alcoolizado, ou se foi imprudente, então ele foi o único responsável por seu destino trágico. Antes morrer quem é imprudente do que esse alguém fazer alguma vítima inocente, é o que sempre digo. Jovens sem consciência alguma usando automóveis e motos como armas contra os outros e contra si próprios: isso é bem comum entre as elites taperenses.

31 de janeiro de 2011 11:34  
Anonymous Anônimo disse...

Acho sem fundamento comentarios do anonimo acima sobre se importa a causa morte ou não.Engraçado q sempre q um jovem é vitima de um acidente a causa morte segundo faladores é o uso de alccol ou drogas ou a velocidade em q estava. Meu Deus a morte esta em toda parte ,basta estar vivo.Comentarios maldosos sempre vem de pessoas q não sabem o q significa a dor de perder alguem importante,quem somos nós pra julgar quem é imprudente ou não quem é inocente ou não se foi assim ou assado ,A CAUSA DA MORTE NÃO IMPORTA ,o q importa é que Tapera perdeu mais um jovem tragicamente...sonhos se perdem pessoas morrem e para as pessoas q buscam achar se os jovens estão certos ou errados façam por eles uma oração e para si prórios rezem um terço para nunca perderem ninguem tragicamente!

31 de janeiro de 2011 14:39  
Anonymous Anônimo disse...

sarico naum tah na hora de fazer um comentario sobre as ambulancias da cidade,talvez deveriam ficar de plantao no hospital assim seria mas rapido o socorro...pense nisso

31 de janeiro de 2011 14:58  
Blogger Sarico disse...

Para o das 14:58:

Já escrevi sobre isso nos dias 04 de outubro e 28 de dezembro do ano passado.

No dia 04, falei sobre a quem devemos recorrer em um caso de emergência em Tapera. E no dia 28 de dezembro postei os telefones de emergência da cidade.

O engraçado é que na primeira postagem, um comentarista esteve mais preocupado em me atacar, me pedindo porque eu não atendi o homem em questão, do que pela necessidade da informação a ser repassada a nossa gente. Eu não sou médico, nem paramédico. O camarada não entendeu nada.

A informação que tenho da secretária de Saúde de Tapera, Lizete Borgmann, é que sempre há um motorista da ambulância de plantão e com ele o telefone (54) 8409 4050. Quanto ao tempo do atendimento não tem como se prever.

31 de janeiro de 2011 18:09  
Anonymous Anônimo disse...

Para a sociedade taperense so sofre os familiares que tem algum poder aquisitivo ou finge que tem . So lembram desses jovens que ja partiram . Lembre-se meus caros comentaristas ... tivemos outros jovens de poder aquisitivo inferior aos citados no comentario que partiram da mesma forma mas que nunca são lembrados e nem seus familiares.A burguesia fede...

31 de janeiro de 2011 23:09  
Anonymous Anônimo disse...

Engraçado essa lembrança dos jovens que ja partiram. Tivemos outros jovens taperense de poder aquisitivo inferior que tambem se foram da mesma forma. Mas esses nao sao lembrandos e nem citados PQ??? Que sociedade idiota a que vivemos. Sempre quem tem um pouco mais a dor é maior a perda é maior.A Burguesia fede.....

31 de janeiro de 2011 23:16  
Anonymous Anônimo disse...

Tem gente que tem maldade no coração até com a dor da perda das pessoas. Que triste!!

Aos familiares, muita força e muita fé.
Saudade é o amor que fica.
Descansa em paz, jovem Pedro!

1 de fevereiro de 2011 07:18  
Anonymous Anônimo disse...

Se é pobre que morre de acidente, colocam a culpa no morto, ou nos pais dele, se for um jovem. Se é rico, aí não importam as causas. É sempe assim. Todos têm de se emocionar e chorar a morte dele, mesmo que nem o conheçam.

1 de fevereiro de 2011 11:40  
Anonymous Anônimo disse...

Anonimo do comentario da burguesia, cite mais 8 nomes de jovens que já foram e que segundo a tua concepção não fazem parte da burguesia! Os que eu citei faziam parte da minha convivência, cite os da tua convivência então, cite nomes já que estão na sua memória, e só para completar a morte acontece para todos a dor é a mesma para os pais do rico ou do pobre, aproveite o tempo que tu tem e leia mais pra ver se a sua ignorância diminui! A dor é igual para todos que já sentiram na pele a dor dessa situação

1 de fevereiro de 2011 12:49  
Anonymous Anônimo disse...

Como tem gente em Tapera que não tem o que fazer na vida, não é...
O anônimo aí, preocupado com as classes sociais, e sofrendo as "dores" dos que faleceram e não foram lembrandos, com tanta importância que o Pedro está sendo lembrado, você poderia começar por você. Porque você não cria um blog pra falar destas pessoas, não espere que as pessoas façam por você, invés de criticar e tentar ofender famíliares e amigos em luto, poderia você começar a defender seu ponto de vista, mas sem ofender as demais pessoas.

O Pedro Mattei está sendo lembrando, pela pessoa maravilhosa e especial que ele foi à todos que o conheciam. Eu sou uma pessoa que conheço ele e nunca quis saber o quanto de dinheiro ele carregava na carteira, ou teria na conta bancária, o importante era a pessoa, especial que ele era, autêntica, alegre, feliz, amigo... quem sabe seja isto que cause uma certa inveja à você aninônimo que está tão preocupado com a causa da morte dele.

1 de fevereiro de 2011 13:55  
Anonymous Anônimo disse...

eu deus q pessoa pequena, metendo R$ no meio de tanta dor, não sabe respeitar o sentimento dos outros, as pessoas q morrem são lembradas pelas marcas q deixaram...por serem pessoas boas, amigas, quem sabe tu faz algo bom tbm, ja seria o suficiente melhorar tua vida deixar essa amargura de lado, ser menos egoísta, ou até mesmo cuidar mais dela ao invés d cuidar da vida dos outros.

1 de fevereiro de 2011 14:47  
Anonymous Anônimo disse...

PARABENS ANONIMO ACIMA pelo feliz comentario sobre o anonimo preocupado com a classe social dos jovens citados acima,tem pessoas q sentem-se preocupadas com o ter e não com o ser,se todos esses jovens foram lembrados é porq de fazem falta para quem os lembrou e q assim como jovem Pedro teve sua vida interrompida por um ACIDENTE, independente de causas ou porques .independente tbm de classes sociais.PESSOAS SÃO LEMBRADAS POR QUE DEIXAM SAUDADE E NÃO PELOS BENS QUE POSSUEM!!! SE LIGA ANONIMO INTERESSEIRO,VAI VER Q NA SUA VIDA O Q FAZ FALTA É AMOR E AMIZADE COISA Q DINHEIRO ALGUM COMPRA!! E A TODOS OS JOVENS CITADOS CONTINUEM NA PAZ DE DEUS ILUMINANDO O NOSSO ANDAR DE CIMA!

1 de fevereiro de 2011 14:50  
Anonymous Anônimo disse...

o anonimo preocupado com os q não foram citados alem de ignorante é burro ,a pessoa q postou diz"e outros tantos jovens q perderam prematuramente a vida nas estradas.Fica aqui os sentimentos de pesares a todas as familias que passaram por esse momento de profunda dor" e a criatura anonima preocupada com nomes ou classes...anonimo respeite a dor das familias q passarm por isso e se sentem comovidos por mais um jovem taperense que perdeu sua vida.

1 de fevereiro de 2011 15:18  
Anonymous Anônimo disse...

alguém lembra do LEANDRO LEAL da Vila Elisa que morreu afogado no Rio Colorado com 13 ou 14 anos? não né? então?

1 de fevereiro de 2011 15:31  
Anonymous Anônimo disse...

Ao anônimo do 10:36. Todos os nomes que citaste foram meus grandes amigos (as). Foram padecendo, um a um nas estradas. Foste feliz em teu comentário, lembrando pessoas queridas que, não importa o motivo ou classe social, poderiam estar entre nós, assim como tantos milhares outros jovens brasileiros anônimos. Não conhecia pessoalmente o Darci, mas lamento profundamente o ocorrido pois lembro da dor que senti em cada um dos acima citados. Fica com Deus, Darci.

1 de fevereiro de 2011 16:24  
Anonymous Anônimo disse...

Leandro Leal,tem ate uma rua na vila elisa para homenage-lo ,se ele não foi citado no comentario 10:36 é porq os comentarios são sobre ACIDENTES NAS ESTRADAS NÃO NA ÁGUA,NÃO TEM HAVER COM CLASSE SOCIAL!

1 de fevereiro de 2011 17:40  
Anonymous Anônimo disse...

O Pedro, esse cara tão feliz e que cativava a tdos deve tah rindo a toa lah encima com essa briguinha besta.

O Pedro vai deixar saudades, vai fazer falta, pq ao contrario de vcs q tão aí brigando, ele tinha amigos em tdos os lugares, bairros, cidades, com ou sem grana. Foi um guri feliz e bom, como ele mesmo dizia "eu sô um piá bom".

A igreja cheia de jovens, adultos, velhos e crianças tdos emocionados, bem como os sorrisos q os amigos davam em meio as lágrimas ao lembrar do Pedro e de suas histórias são a maior prova do quanto ele era querido.

É mais um amigo q se vai, mas ficam as lembranças das rizadas, do som da gaita, do canto arrastado da bohemia...

Obrigado Pedro por ter feito, mtas vezes, mais alegres os dias de seus amigos.... Fica em Paz

1 de fevereiro de 2011 22:40  
Anonymous MARIAH MATTEI disse...

Para todos estes anônimos, amigos, companheiros e solidários... independentemente da ignorância posta no comentário sobre a 'burguesia' eu só quero agradecer. Obrigada pelo grande carinho, pelo amor com ele e com nós familiares. Com certeza, o meu irmão não se importava com o dinheiro. Tem amigos de todas as classes sociais. Enfim, eu não preciso ficar dando estas explicações, pois cada um de nós o conhecia e sabia realmente porque ele estava aqui.Nunca acalmaremos a dor nem a saudade. O sentimento é inexplicável... mas até nessas horas temos de agradecer. DE CORAÇÃO, OBRIGADO A TODOS QUE CONHECIAM E QUERIAM BEM O NOSSO PEDRO. O meu irmão, amante, amigo, companheiro, cozinheiro, gaiteiro... uma parte de mim.
E com certeza eu vou fazer muito e tudo o que eu puder para orgulhá-lo...
Mariah Mattei

2 de fevereiro de 2011 14:58  
Anonymous luana schultz disse...

O nosso grande amigo PEDRO nao era uma pessoa irresponsavel assim como dizem esses tais anonimos.Pedro era uma uma pessoa muito querida,amada que por sua simpatia,simplicidade causava inveja em muita gente...Pedro era um menino bom e com certeza deixara saudades por todos os lugares onde passou.Só tenho a agradecer por ele ser meu amigo por ele fazer parte da minha historia...saudades eternas

2 de fevereiro de 2011 18:21  
Anonymous Anônimo disse...

Pra começar seria bom cada um de nóa assumir o que dizemos assinando embaixo.
Sou a tia do Pedro, moro no Uruguai e tive a sorte de passar a última semana da vida de Pedro com ele na casa dele, lá na linha Vitoria, e vi como este burgues fez a vianda do único empregado que a familia tinha colhendo feijao, preparando com muito cuidado a comida dele e depois levando-o, de camioneta os 200 metros onde o cara almoçava.
Passando 72 horas sem dormir para cuidar do Nono em seus últimos momentos de vida.
Este é meu sobrinho e do qual me encho de orgulho e felicidade.....Boa alma, nao importando a clase porque suas raízes sao na verdade de muito pouca opulencia......
Estou de acordo com que ele, com certeza, está rindo muito dos comentários aqui postados...
Oxalá todos aprendamos algo de tudo isto.

7 de fevereiro de 2011 12:19  
Anonymous NEIDA DUPONT disse...

Eu sou Neida e dei meu filho pro mundo muito cedo...ele aprendeu tudo que precisava.Principalmente ter bom relacionamento com as pessoas ..nao gostava de brigas..era alegre desde que nasceu.Entao como posso chorar sua falta...Ele me deixou tudo o que o dinheiro nao compra.Amigos de verdade ..após tres meses da sua morte tivemos uma romaria em nossa propriedade.Eu recebo todo o amor qpoiue ele espalhou por todos os lugares onde ele passou .Ate hoje ele é lembrado , mesmo com polemicas.

14 de maio de 2011 22:43  
Anonymous Anônimo disse...

Na hora que a morte entra em nossas vidas não importa a classe social, o motivo ou qualquer outra coisa.Quando se perde alguém que ama a unica coisa que resta são as lembranças,a saudade e a infeliz certeza que eles jamais voltaram.Meus pesames a todos que tiveram que sepultar e enterrar seus entes queridos.Sempre vamos ama-los independente de sua presença fisica.

31 de maio de 2011 20:36  
Anonymous Victória Dupont Mattei disse...

Ignoro a parte infeliz de alguns comentários deploráveis, indignos de qualquer resposta. Sou Victória Dupont Mattei, irmã do Pedro... agradeço o carinho recebido... demonstração que nesses momentos, nos corações dos fortes e dignos, o que bate mais forte é o sentimento de solidariedade, compaixão e amor. Meu irmão com certeza já deixa SAUDADES! Quem o conheceu verdadeiramente sabe: sua essência era pura. Um guri bom! Como ele mesmo dizia. E jamais vai deixar de ser esse guri... os amigos que conquistou provam o qto era querido e amado. AMO ELE! Nossos corações só não choram mais pq sabemos que ele era tão feliz que não gostaria que ficassemos tristes por ele. Terei mtos motivos para orgulhá-lo. O meu irmão. Sempre estará junto comigo, onde eu estiver.

11 de outubro de 2011 22:05  

Postar um comentário

Voltar ao blog



Posts mais recentes Posts mais antigos

 
Google
 

?timos Posts

GreNal
Lixo na avenida
Concurso de limpeza
Desinsetização
Automóvel faz 125 anos
Ranking dos jornais em 2010
Lá sim. Aqui não
RS poderá ter fábrica da Taser, a arma que paralis...
Goiana procura familiares de seu padrasto em Taper...
Cachês

Arquivos

Agosto 2010 Setembro 2010 Outubro 2010 Novembro 2010 Dezembro 2010 Janeiro 2011 Fevereiro 2011 Março 2011 Abril 2011 Maio 2011 Junho 2011 Julho 2011 Agosto 2011 Setembro 2011 Outubro 2011 Novembro 2011 Dezembro 2011 Janeiro 2012 Fevereiro 2012 Março 2012 Abril 2012

 

 

 

WM INTERNET