ff

Blog do Sarico - (54) 8135 1778 - fabiocrestani11@gmail.com
terça-feira, 22 de fevereiro de 2011
Furada. Era rapadura

Uma mulher embarca em um ônibus para visitar parentes em outra cidade no Estado e na sua bagagem de mão há um pacote, com uma rapadura enrolada em papel jornal, para dar de presente. Na saída da rodoviária o ônibus é parado pela polícia, em uma blitz de rotina. Na revista das bagagens os policiais abrem o pacote, vêem o “tijolo” e dão voz de prisão à mulher. A mesma é algemada, presa e levada para a Delegacia para ser lavrado o flagrante. A mulher fica presa por alguns minutos até que é desfeito o mal entendido. A polícia achou que a rapadura fosse crack. Parece piada. Mas, não é. Aconteceu nesta semana em Ourinhos, interior do Estado de São Paulo. E foi matéria da Folha de São Paulo.

Mas, será que em SP não conhecem rapadura? Será que a polícia não sabe a diferença entre rapadura e crack? Pelo cheiro ou pelo gosto?

A Folha não disse se a mulher pretende entrar na Justiça buscado reparação do Estado pelo constrangimento passado. O que você acha?

Postado por Sarico as 21:13 e tem 0 comentarios

Posts mais recentes Posts mais antigos

 
Google
 

?timos Posts

Recorde de comentários
Campanha publicitária do Citibank espalhada pela c...
Seriedade
O seu trabalho pode ser simples, mas é de muita im...
Crescimento dos tributos no Brasil
Enfim a manifestação do Curtume
Carnaval 2011
Horário de Verão
Recém nascido é salvo em córrego
Eleição em Tapera

Arquivos

Agosto 2010 Setembro 2010 Outubro 2010 Novembro 2010 Dezembro 2010 Janeiro 2011 Fevereiro 2011 Março 2011 Abril 2011 Maio 2011 Junho 2011 Julho 2011 Agosto 2011 Setembro 2011 Outubro 2011 Novembro 2011 Dezembro 2011 Janeiro 2012 Fevereiro 2012 Março 2012 Abril 2012

 

 

 

WM INTERNET