ff

Blog do Sarico - (54) 8135 1778 - fabiocrestani11@gmail.com
domingo, 13 de março de 2011
Rodeio em Tapera

Sábado (12), passado das 11h, em uma loja no centro da cidade, três homens conversavam e tomavam chimarrão, quando chega um quarto, taperense igual aos outros, e, após cumprimentar a todos, pergunta ao proprietário da loja:
- Quando é o rodeio?
Um dos que estavam no local, se antecipa, olha para ele, e responde:
- Começou ontem.
- Bah! Eu nem sabia – respondeu ele.
Por aí dá para se ter uma ideia do que está sendo os rodeios em Tapera atualmente. Eles não têm mais a participação do público em geral. Hoje, são uma festa restrita a CTGs, piquetes e grupos de artes.
Ou o rodeio está sendo mal divulgado ou o evento não agrada mais a comunidade.
Lembro dos rodeios passados, principalmente do CTG Guido Mombelli, quando as ruas centrais do Parque de Exposições eram tomadas por pessoas de toda a região e da quantidade de espaços de empresas e particulares presentes. Também, dos almoços e jantas que o pessoal promovia nestes para seus amigos e clientes. Que tempos aqueles...
Hoje, o rodeio é uma festa fechada. Se os seus promotores querem público no parque terão que estudar uma forma de levá-lo de volta para lá. “Os rodeios de Tapera não tem atrativos”, disse o homem que perguntou quando era o rodeio.

Postado por Sarico as 14:22 e tem 19 comentarios
19 Comments:
Anonymous Anônimo disse...

Parabéns Sárico!!!!Eu concordo com vc e acho que os primeiros rodeios de Tapera sem duvida foram os melhores hj não tem graça nenhuma os rodeios.Se realmente querem público tem que ser mais divulgado e com certeza será um sucesso novamente.

13 de março de 2011 15:57  
Anonymous Anônimo disse...

Sarico gostaria de sugerir um tema:

E o recolhimento do lixo na nossa cidade?

Obrigado.

13 de março de 2011 16:56  
Anonymous Anônimo disse...

ainda bem que veio um parque de diversões, porque senão o que iríamos fazer no rodeio?
aquele tempo não voltará, em que era divertido e bom de ir com a família.
os patrões dos CTGs deveriam repensar se querem um rodeio só de laço ou se querem que a comunidade participe como um todo.

13 de março de 2011 19:57  
Anonymous Anônimo disse...

Rodeio é sempre a mesma coisa: aquele ambiente fedendo a bosta de cavalo e a fumaça, o gritedo daquelas competições que lembram os homens das cavernas, e aquelas apresentação "artísticas" que são sempre exatamente iguais, as mesmas dancinhas e musiquinhas que já não têm significação alguma. Essa "cultura" dos CTGs é algo totalmente artificial e alienante, é o culto de um passado e de uma civilização que nunca existiram, foram inventados para forjar uma identidade regional e evitar o esfacelamento de uma sociedade marcada pela pluralidade e pelo constante conflito cultural.

13 de março de 2011 20:58  
Anonymous Anônimo disse...

Sarico...

Você viu o Fantástico dessa noite? O esquema fraudulento de lombadas aqui no Rio Grande do Sul?

Se não viu, em breve deve estar no youtube. Assim espero...

Uma das empresas acusadas de fraudes é a Kopp. Adivinhe de quem são as lombadas instaladas em Tapera...

http://www.tapera.rs.gov.br/noticias/2006/abril/release51-2006-02.html

13 de março de 2011 22:43  
Anonymous Anônimo disse...

Para o anonimo das 20:58, concordo com voce no sentido de que tudo é sempre repetido, músicas,dança e tudo mais, vai se passar mais uns 100 anos e tudo vai continuar na mesana.Mas essa é a nossa cultura de tradição. Eu particularmente também não gosto, porque não tem novidades, perdeu-se a graça de como era uma vez, mas temos que respeitar aqueles que cultivam e tentam manter essa tradição.Tempos passados em quinta-feira de rodeio, não se tinha mais espaço de barracas e o público ja tomava conta para a festa começar oficialmente na sexta-feira. Hoje se formos analisar, vários grupos gaúchos mudarão seus estílos tocando um Tche music e uma batida um poco diferente e tudo mais. São poucos os grupos que conseguirão se manter dentro do tradicionalismo.A questão é que muita coisa mudou e para termos grandes rodeios tradicionalista aqui em Tapera, deve ser melhor divulgado, participar de grandes rodeios para que outras entidades participem também e trazer alguma atração principal , mas que seja dentro do tradicionalismo, ou então mudar algumas regras.
Abraço a todos!

14 de março de 2011 09:41  
Blogger Jornal disse...

Este comentário foi removido pelo autor.

14 de março de 2011 11:55  
Anonymous MR. disse...

Ainda Lombadas...

Sou o mesmo Anônimo das 22:43...


Acabou de passar a matéria sobre as lombadas no Jornal do Almoço, dizendo ser, inclusive, ilegal que parte do dinheiro arrecadado vá para a empresa. Certo?

http://blog-br.com/sarico/77036/Valores+gerados+pelas+lombadas+eletr%F4nicas+de+Tapera+s%E3o+conhecidos.html

Tá na hora da coisa feder.

14 de março de 2011 12:34  
Anonymous Anônimo disse...

A nossa cultura não foi inventada, se não fosse ela nem chimarrão se tomava até hoje.
As pessoas criticam que não se é mais como antigamente, mas o que elas fazem para mudar o presente?
As danças e apresentações não são iguais coisa nenhuma, todo o ano as regras mudam, já as músicas ficam a cargo de cada entidade incrementá-la de acordo com o seu estilo, e se não tem significado algum, porque acha que tantos seguem essa tradição, essa cultura?! Esta tradição conta na verdade o que um povo sofreu e lutou para conquistar seu espaço, para ter justiça, vez e voz. E se você não gosta de "bosta de cavalo e fumaça" por que te interessou pelo tema rodeio publicado neste blog?!

Se cultivamos esse passado é porque esta civilização realmente existiu, e se a seguimos é por que nos orgulhamos das atitudes que tiveram e do amor que demonstraram por terem sido quem foram.

Se a sua identidade é Gaúcha, deveria como Gaúcho orgulhar-te deste povo e como pessoa estudar e se informar mais sobre essa cultura.
Não basta ter nascido aqui no RS, mas sim verdadeiramente ter orgulho do seu povo e da sua tradição e cultura.

Att. M.A.S

14 de março de 2011 14:01  
Anonymous Anônimo disse...

ISSO AÍ EU ME ORGULHO MUITO EM PODER DIZER QUE SOU GAUCHO E TAMBEM SOU TRADICIONALISTA......

14 de março de 2011 16:22  
Anonymous Anônimo disse...

SE NÃO GOSTA DE CHEIRO DE BOSTA DE CAVALO ENTÃO NÃO GOSTA DO TEU PROPRIO CHEIRO. HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

14 de março de 2011 16:24  
Anonymous Anônimo disse...

Acredito que o evento não agrade mais a comunidade porque a mesma acha mais fácil acreditar que tudo (danças, músicas) é mesmice, ao invés de procurar conhecer ou se informar mais sobre a cultura Gaúcha.
Hoje com tanta tecnologia (telefonia e internet), é tão fácil ficar sabendo do que acontece ou já aconteceu, que as pessoas preferem acreditar que é tudo igual ou a mesma coisa, é muito mais fácil, cômodo.

Pra uma cidade CULTURA, nosso povo sabe quase nada sobre essa palavra e seu significado.

E se as entidades tem pouco público em seus eventos, caberia ao poder público apoiá-las e ajudá-las a se manter, já que tudo hoje tem custo, e é caro, custa dinheiro para manter uma entidade com as portas abertas, afinal temos cidades vizinhas como exemplo, que recebem ajuda de custo da prefeitura para ajudar com as despesas.

Obs.: As entidades tradicionalistas não levam consigo somente o nome da entidade que representam, mas também o nome do município ao qual residem.

14 de março de 2011 19:37  
Anonymous Anônimo disse...

Comentário deste cidadão das 20:58 é de dar pena,deve ser de uma pessoa que queria mas não teve a possibilidade de participar de uma invernada de dança, que talvez gostaria de saber laçar como muitos jovens que estão participando hoje de quadro de laçadores e não tem coragem de montar em um cavalo, alias será que ele sabe por qual motivo surgiu as disputas de tiro de laço? Pede para este indivíduo se ele sabe quem representa a estátua do laçador que esta próxima ao aeroporto Salgado Filho.

14 de março de 2011 21:36  
Anonymous Anônimo disse...

O Rodeio em Tapera, tanto do Piazito, como o do Guido, sempre tiveram apoi0 da Prefeitura, e este ano os dois receberam os mesmos valores em recursos, e vale lembrar ainda nenhum CTG faz rodeio sem o município, pois o parque e toda estrutura lá é do município, assim como sempre tem ajudado em tudo que é possivel, ou do alcançe do município.

15 de março de 2011 22:51  
Anonymous Anônimo disse...

Ao anônimo das 22:51

Já que o parque e toda a estrutura é do município, gostaria de saber pq que o Piazito tem que pagar ALUGUEL para o Guido, quando faz o seu rodeio?

16 de março de 2011 08:19  
Anonymous Anônimo disse...

22:51, questionamento altamente pertinente. Se o Parque de Exposições é municipal, porque o CTG Piazito Gaudério precisa pagar aluguel para o CTG Guido Mombelli? Alô Poder Público!!!!!

16 de março de 2011 08:27  
Anonymous Anônimo disse...

Porque essas duas belas Entidades no prócimo ano não se juntam e fazem um unico rodeio só com parceria da Prefeitura e de patrocinio de grandes Epmresas rádios e tudo mais? Ao menos um ano para ver se da certo e com grandes divulgações, tenho certeza que a comunidade toda se mobilizaria e todos saem ganhando com isso. Tendo uma boa organização e força de vontade da certo sim. Diz o velho ditado " a união faz a força", entrigas e rivalidades devem ficar de lado.
É apenas uma opinião, ninguem precisa concordar ou se ofender, mas esse espaço é para sugestões sim, e não ficar menospresando o tradicionalismo como o comentario do cidadão das 20:58 que faltou respeito com nossa cultura gaúcha,se é que ele sabe oque é e oque representa.Respeito é bom e pessoas civilizadas gostam!!
Abraço a todos!

16 de março de 2011 10:51  
Anonymous Anônimo disse...

Aí sim né !
Explique melhor !
O Piazito quando faz Rodeio lá no parque, Paga prá quem Aluguél ?

Prove !
Pois deve ter Lei que regula isto aí e, se está em Lei, deve ter provavelmente uma TX. de uso ou aluguél. Se não tem, não precisa pagar, somente permissão/autorização do Poder Público.

16 de março de 2011 11:06  
Anonymous Anônimo disse...

Quando o parque foi construido, instalado, ou aterrado, ou limpado o mato, unhas de gato, feito as mangueiras etc etc. não existia o CTG Piazito Gaudério. Então o Município celebrou um contrato do comodato com o Guido Mombelli, que ajudou na instalaçao da estrutura do parque, pagando toda mão de obra e outras despesas mais, entre outras coisas no comodado, que esta em vigor até hoje, com algumas pequenas adaptações, permitia que o Guido, cedesse para outras entidades do município, seu uzo, porém o Guido continua o responsavel pela manutuenção de todo parque até hoje, dai a razão da cobrança de taxas pelo uzo por outras entidades. certo.....

17 de março de 2011 00:20  

Postar um comentário

Voltar ao blog



Posts mais recentes Posts mais antigos

 
Google
 

?timos Posts

As bandeiras do Piratini
Peixinho na linha
Brasileirão na REDETV
Tsunami, a visão do fim do mundo
E a estação rodoviária de Tapera?
Só a educação liberta. Epicteto
Ministros fora
Saldo de Carnaval
Mãe bandida e mentirosa
ANO NOVO

Arquivos

Agosto 2010 Setembro 2010 Outubro 2010 Novembro 2010 Dezembro 2010 Janeiro 2011 Fevereiro 2011 Março 2011 Abril 2011 Maio 2011 Junho 2011 Julho 2011 Agosto 2011 Setembro 2011 Outubro 2011 Novembro 2011 Dezembro 2011 Janeiro 2012 Fevereiro 2012 Março 2012 Abril 2012

 

 

 

WM INTERNET