ff

Blog do Sarico - (54) 8135 1778 - fabiocrestani11@gmail.com
quarta-feira, 30 de novembro de 2011
TRE lança Carta de Serviços aos Cidadãos em Tapera

Ontem, no final da tarde (17h30min), em uma rápida solenidade realizada no Salão do Júri, anexo ao Fórum de Tapera, foi lançada a Carta TRE de Serviços aos Cidadãos. Participaram da mesma o Juiz diretor da Comarca, Rodrigo de Azevedo Bortoli; o promotor de Justiça, Valdoir Bernardi de Farias; e o servidor do Cartório Eleitoral da 109a Zona Eleitoral, Sérgio Murilo do Amaral, além da imprensa local e representantes de partidos políticos dos quatro municípios que compõem a 109ª ZE: Tapera, Serlbach, Colorado e Lagoa dos Três Cantos.

Inicialmente o juiz Rodrigo de Azevedo Bortoli falou sobre a importância da Carta para os cidadãos, especialmente os eleitores. Após o servidor Murilo do Amaral falou sobre a sistemática da carta e o que ela fará para auxiliar as pessoas a partir de agora, além de tirar muitas dúvidas.

A Carta visa a informar a população quais os serviços prestados pela Instituição, as formas de acesso a eles e os compromissos e padrões de atendimento estabelecidos, disponibilizando, assim, instrumentos de controle e informação adequados aos cidadãos. O documento traz a missão, visão e valores do TRE-RS, seus compromissos no atendimento ao público e detalhes sobre os procedimentos para obtenção do título de eleitor, da certidão de quitação eleitoral e da filiação/desfiliação partidária, entre outros serviços.

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul (TRE-RS) lançou ontem a Carta TRE-RS de Serviços aos Cidadãos nas 173 Zonas Eleitorais do Estado.

ELEIÇÕES – Após o lançamento da Carta TRE-RS de Serviços aos Cidadãos, o Juiz, o Promotor e o servidor, falaram com os representantes dos partidos políticos sobre a eleição municipal do próximo ano. O primeiro assunto tratado foi a duplicação de filiações partidárias, que na 109ª ZE existem 15 casos. Também foi falado sobre o Calendário Eleitoral para a eleição 2012 e os principais pontos são estes:
05 de Julho – Último dia para registro de candidaturas.
06 de julho – Início da propaganda eleitoral.
21 de agosto – Início da propaganda eleitoral no rádio e na televisão.
05 de outubro – Último dia para comícios.
06 de outubro – Encerramento da propaganda eleitoral na rua.
07 de outubro – Eleição.
06 de novembro – Última data para a prestação de contas dos partidos.
19 de dezembro – Diplomação dos eleitos.

Postado por Sarico as 09:40 e tem 1 comentarios


Bombeiros: A verdade sobre o caminhão

Tenho por principio a liberdade de expressão, mesmo que venha na forma de uma completa bobagem, mas bem longe de excessos do tipo ofensa, humilhação ou acusação infundada. A liberdade, pura e simples, sempre é muito bem vinda aqui, porém o que tenho visto nas últimas horas com relação a este fato do caminhão dos bombeiros de Tapera, passou muito além do aceitável, do tolerável. Muita, mas muita besteira foi escrita aqui. Alguns comentários descritos, sem fundamento, vêm de dois grupos distintos. O primeiro é aquele dos que lêem uma coisa e entendem outra ou ainda, que acreditam em uma versão sem saber se existe outra. E o segundo é aquele dos adversários, do outro "lado", de quem procura tirar proveito de uma situação em benefício próprio ou de um determinado grupo.

Mas, voltando ao caminhão. Em 2005, no primeiro ano do governo Nestor Arnemann, o Grupo de Bombeiros Misto de Tapera, com um grupo de homens, militares e civis, e um caminhão de última geração, foi entregue à região, em uma solenidade realizada sobre a carroceria de outro caminhão, no terreno lateral do Clube Aliança. Naquele dia as autoridades regionais se encontraram aqui para comemorar uma conquista a muito pleiteada. O evento contou com a presença do então secretário de Estado da Segurança e Justiça, José Otávio Germano. Eu estava naquele evento e lembro dos discursos inflamados em agradecimento ao governo Germano Rigotto, que enviou os Bombeiros para o Alto Jacuí tendo ele - a região - pedido no Projeto de Participação Popular (PPP), filho do Orçamento Participativo, ferramenta criada pelo partido do governador Tarso Genro.

Depois da entrega dos Bombeiros a vida continuou em Tapera e região. A idéia era de que o Estado colocaria os homens e o caminhão e os municípios entrariam com o prédio e a manutenção do grupamento. Isso eu ouvi de uma autoridade na época. Mas, naquele ano não foi assinado nenhum documento. Os anos foram se passando e o Estado nunca teve um documento firmado entre a Brigada Militar e o municípios que, num primeiro momento deveria ser toda a região, mas que se transformou em oito municípios. O tempo passou até que neste ano uma portaria, assinada pelo comandante-geral da Brigada Militar, determinou que o grupamento de Tapera fosse fechado e transferido para Ibirubá. A alegação era de que não havia nada oficial assinado entre o Estado e os municípios.

Em uma reunião na Câmara de Vereadores, neste ano, verificou-se que o documento que havia sido assinado pelo prefeito de Tapera, Ireneu Orth, não seguiu a Porto Alegre para receber a assinatura do secretário de Estado da Segurança, Airton Michel, e do comande-geral da Brigada Militar. Sem estas assinaturas o acordo não valia e, portanto, o grupamento estava irregular em Tapera. Assim, o Estado não tinha nenhum compromisso com os oito municípios do Alto Jacuí. Esta é a história verdadeira.

Não tenho que defender a atual administração municipal taperense, porque não tenho compromisso com ela, apesar de tê-la ajudado a ser eleita, mas se ela tem uma culpa nesta história é a de demorar para em entrar em "campo" para vencer a partida, tendo entrado na prorrogação, no último minuto. Mas, antes tarde do que nunca...

A decisão de mandar embora o Corpo de Bombeiros Misto de Tapera e o caminhão foi tomada pelo Estado porque não havia nenhum acordo entre Estado e municípios, mas graças a mobilização dos municípios, tendo a frente o prefeito Ireneu Orth, conseguiu-se, em uma reunião no gabinete da prefeitura de Tapera, recentemente, demover o comandante-geral da BM a voltar atrás em sua decisão. Ele determinou - o comandante - que o grupamento fosse mantido em Tapera e que o caminhão retornasse ao município, assim como o efetivo fosse aumentado.

Esta é, pois, a verdade sobre o caminhão dos Bombeiros de Tapera. Tudo que for além disso é excesso, para não dizer outra coisa.

Postado por Sarico as 08:48 e tem 26 comentarios

terça-feira, 29 de novembro de 2011
Caminhão dos Bombeiros está em Tapera

Precisou acontecer uma tragédia em Tapera para que o caminhão do Corpo de Bombeiros Misto retornasse para o município. O veículo-tanque havia sido levado para Ibirubá na transferência da guarnição taperense para aquela cidade, distante 25 quilômetros, por ordem do comando-geral da Brigada Militar. Menos mal que a comunidade taperense e regional, através de suas lideranças, se mobilizou e conseguiu sensibilizar o comando da BM para voltar atrás e devolver o caminhão para Tapera. O retorno só aconteceria depois que os bombeiros civis concluíssem o curso que estão fazendo em Ijuí, para operação do mesmo.

O caminhão dos Bombeiros está em Tapera e tomara que fique aqui para sempre, assim como a guarnição. Alguém do Bombeiros falou que, se o caminhão estivesse em Tapera, pela distância da guarnição até a casa incendiada, a mesma teria sido salva.


Passei à tarde pelos Bombeiros e registrei a presença do caminhão em Tapera. Agora é esquecer diferenças e mágoas e tocar o barco para frente, se possível com um bom e completo grupo cuidando de nossa segurança.


Postado por Sarico as 23:42 e tem 6 comentarios


Incêndio e protesto

Após o fogo ter consumido a residência dos Pletsch, em Tapera, a comunidade começou a pensar em segurança no tocante a parte elétrica de suas casas, sempre um perigo iminente. Mas, depois do sinistro e do vai e vem nas imediações da casa, algumas pessoas foram para a rua protestar contra o envio a Ibirubá do caminhão do Corpo de Bombeiros de Tapera por ordem da Brigada Militar, do Governo do Estado. Agora, a BM voltou atrás e determinou que o caminhão retorne a Tapera, mas porque os bombeiros civis taperenses não estão aptos para sua condução, estes foram enviados à capital para fazer curso e o caminhão mantido em Ibirubá. Tão logo os bombeiros estejam aptos para conduzir o caminhão-tanque, este voltará a Tapera. Pelo que soube o caminhão estaria quebrado em Ibirubá. O assunto ainda repercute na cidade, e com força.

No início desta tarde passei na esquina da Rua Rui Barbosa com a Antônio Libório Bervian e me deparei com duas faixas. É o protesto silencioso de uma comunidade assustada e indignada com o descaso político.

Postado por Sarico as 15:55 e tem 11 comentarios


Vem polêmica ai

O incêndio que consumiu completamente a residência de Renato Plestch, na Rua Rui Barbosa, nesta manhã, será objeto de comentários por um bom tempo em Tapera, isso porque o caminhão dos Bombeiros, que foi dado pelo Estado para o município e mais sete municípios da região, dentro do Projeto de Participação Popular de 2005, não voltou a Tapera e o socorro teve de vir de Ibirubá, município distante 25 quilômetros. Quando a velha viatura chegou aqui nada pode fazer.

Até onde sei, e esta é a posição do Estado, o caminhão dos Bombeiros segue em Ibirubá até que os Bombeiros civis concluam o curso que estão fazendo em Porto Alegre. Depois disso eles retornam a Tapera, juntamente com o caminhão.

Mas, se tivesse havido uma mobilização mais cedo, este caminhão estaria ai, a casa do Renato Pletsch teria sido salva e Tapera teria seguido com sua vida, normalmente.

Por outro lado, me coloco na pele do Renato e da Eva Plestch. Que coisa! Muita força a eles.

Em tempo. Uma ligação me comunicou que o pessoal não está deixando os Bombeiros de Ibirubá voltar para seu município e que, inclusive, chamaram a RBSTV Passo Fundo para vir a Tapera. E a equipe de gravação estaria a caminho.

Postado por Sarico as 10:34 e tem 81 comentarios


A corrupção e o sistema de governo

A corrupção sempre existiu no Brasil, assim como acontece em todos os países, mas aqui ela se acentuou de um jeito os últimos anos... Isso é uma realidade apesar de alguns acharem que não.

Vivemos no presidencialismo e aqui já aconteceu de tudo na política. Já vimos de tudo e ainda vamos ver muito mais. Mas, diante de tudo isso que acontece quase que semanalmente e que vemos e vimos pela imprensa, uma pergunta me vez à cabeça: se vivêssemos em um regime parlamentarista, quanto tempo duraria um governo com todos estes escândalos? E os gabinetes seriam trocados de quanto em quanto tempo?

Postado por Sarico as 10:32 e tem 0 comentarios


Corrupção

Quanto mais o ministro Lupi (Trabalho) e demais resistem, mais casos de corrupção serão denunciados. Parece que só permanecem nos cargos porque ainda não cumpriram a cota de prevista de desvio de dinheiro público. Não estaria na hora de parar?

Postado por Sarico as 10:31 e tem 0 comentarios


Que explicação dará?

O ministro das Cidades Mário Negromonte (PP), envolvido em fraude de R$ 700 milhões em um projeto de transporte para a Copa 2014, em Cuiabá (MT), deverá dar explicações no Senado. Mas, o que será que o homem dirá diante de provas mais do que claras? Certamente vai dizer que não sabia de nada, o que é uma regra em Brasília. Lá, alguns não sabem de nada.

Postado por Sarico as 10:30 e tem 0 comentarios


Dilma e a Copa do Mundo

Se Dilma Rousseff estivesse à frente da nação quando o Brasil se candidatou para sediar a Copa do Mundo de 2014, será que o País teria se candidatado?


Postado por Sarico as 10:29 e tem 0 comentarios


Sem controle, custo de obras da Copa já subiu R$ 2 bilhões

A fraude que abriu caminho para a aprovação do projeto de Veículo Leve sobre Trilhos em Cuiabá (MT), R$ 700 milhões mais caro que o original, é só um exemplo de como o custo das obras da Copa do Mundo fugiu do controle público. Também houve aumento de preço nas obras de mobilidade urbana em Belo Horizonte, Manaus, Porto Alegre, Recife e Rio de Janeiro. A informação é do O Estado de SP.

TEMPO – Os estádios que estão sendo construídas para a Copa 2014 em quatro capitais – Cuiabá, Natal, Brasília e Manaus – vão demorar de 130 a 198 anos para se pagar. É o que mostra estudo da empresa de consultoria BSB – Brunoro Sport Business, levando em conta o nível atual de rentabilidade das arenas esportivas nos Estados. A informação é do Valor Econômico.

No final das contas, quanto custará esta Copa do Mundo para o País? E o que mais veremos na imprensa até 2014?

Postado por Sarico as 10:28 e tem 0 comentarios

segunda-feira, 28 de novembro de 2011
O futuro da Câmara de Vereadores

Tapera tem hoje nove partidos políticos – PP, PMDB, PTB, PDT, PT, PSB, PSDB, PRB e PPS – legalizados e aptos a participar da eleição do próximo ano. E pelo visto todos deverão participar dela, indicando pelo menos nomes à vereança. Como o município tem nove vagas para sua Câmara de Vereadores, será que cada partido faria uma cadeira? Teremos partidos que farão duas ou mais cadeiras? E teremos partidos que não terão representatividade na Casa no ano que vem?

Diante disso me vem à cabeça o seguinte:

1 – Quem continuará na Câmara de Vereadores de Tapera – reeleito?

2 – Qual será o índice de renovação do Legislativo?

3 – Será que tem vereador com força suficiente para trocar de sala, para trocar o lado direito da escadaria do Centro Administrativo para o esquerdo, no final do corredor?

Tem nomes novos e de peso vindo ai para o Legislativo, alguns com força para se eleger.


Depois falo mais sobre o assunto.

Postado por Sarico as 08:34 e tem 50 comentarios


TRE lançará Carta de Serviços Cidadãos em Tapera

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RS) lançará em Tapera a Carta de Serviços Cidadãos. A solenidade acontecerá nesta terça-feira (29), às 17h30min, na Sala do Júri, anexa ao Fórum.

Aproveitando, o juiz Rodrigo de Azevedo Bortoli, que dirige a 109ª Zona Eleitoral, que engloba os municípios de Tapera, Selbach, Colorado e Lagoa dos Três Cantos, estará se reunindo com os dirigentes dos partidos políticos dos quatro municípios para falar sobre o pleito municipal do ano que vem.


Postado por Sarico as 08:33 e tem 4 comentarios


Apresentados os resultados da 7ª Expotapera

A Comissão Central da 7ª Expotapera, reunida no último dia 25, no gabinete da Prefeitura de Tapera, fez uma breve prestação de contas ao prefeito Ireneu Orth. A Comissão esteve formada pelo vice-prefeito de Tapera, Roberto Visoto; a secretária Délcia Maldaner (Desenvolvimento); a diretora Kelly Lopes (Cultura); o presidente da ACIT, Renato Gehlen; e pela secretária-executiva Isaura Bervian (ACIT).

Conforme os números passados ao prefeito taperense as receitas da Expotapera 2011 somaram R$ 205.251,48 e as despesas R$ 152.837,19, havendo um superávit de R$ 52.414,29.

Conforme os organizadores, a maioria dos expositores demonstrou satisfação pelo movimento de público e volume de negócios efetuados nos quatro dias da Expotapera, que aconteceu de 06 a 09 de outubro, no Tenarião.

A realização da 7ª Expotapera foi da Prefeitura de Tapera, ACIT, Câmara de Vereadores e Comunidade Católica.

Postado por Sarico as 08:31 e tem 1 comentarios


Saúde: 1 milhão de brasileiros terão câncer em 2 anos

Estimativa do Instituto Nacional do Câncer é de que 1 milhão de brasileiros receberão diagnóstico da doença nos próximos dois anos. É a segunda causa de morte no País, atrás de doenças cardiovasculares. A informação é do jornal O Estado de São Paulo.

A questão é prevenção. Fique esperto.


Postado por Sarico as 08:29 e tem 1 comentarios

domingo, 27 de novembro de 2011
O Inter e 2012

A penúltima rodada do Brasileirão, que acontece hoje (27), poderá definir o rumo do Inter para 2012: a Libertadores ou a Sulamericana.


Na verdade, o Inter teve várias oportunidades de integrar o G4 e até mesmo de ser campeão, mas “apagões” deixaram escapar este objetivo perseguido 32 anos. Agora, no último minuto o Colorado terá mais uma oportunidade de participar novamente da Libertadores da América.


Uma combinação de resultados poderá sacramentar sua participação na maior competição de futebol das Américas já neste domingo. Se o Inter vencer o Flamengo, no Rio; o Palmeiras vencer o São Paulo e o Atlético MG vencer o Botafogo, o Inter poderá ir para o Grenal, do dia 04, fincado na Libertadores. Mas, se essas combinações não acontecerem, terá de vencer o Flamengo e depois vencer o Grêmio, no Beira-Rio. É pouco? Este será o preço a ser pago por quem brincou a segunda fase toda de chegar no topo e teimar de não sair do sétimo lugar. Se o Inter quiser o alto em 2012 terá de vencer o Flamengo fora, hoje, e o Grêmio, em casa. È mole?


Por outro lado o Grêmio não tem mais nada a fazer no campeonato a não ser tentar tirar o Inter da Libertadores. O Tricolor já está confirmado na Sulamericana 2012. Vai fazer o impossível para não deixar o Inter continuar a voar alto no ano que vem.


Vamos ver o que teremos neste domingo. No final do dia já saberemos se vamos tentar um TRI ou um BI. Que domingo vai ser esse, amigo...


Postado por Sarico as 15:53 e tem 11 comentarios


Os melhores de 2011 na Prata

Quem foram os melhores da temporada: goleiro, beque, alas e pivô?


Postado por Sarico as 09:59 e tem 16 comentarios


Não deu

O América, jogando à noite passada em Cachoeirinha a final do Estadual da Série Prata, não resistiu a boa equipe da Afusca e acabou goleado. Com a derrota o time taperense ficou com o vice-campeonato, pelo segundo ano consecutivo. O titulo da competição ficou, com toda justiça, com a melhor equipe da temporada: a Afusca, que muito bem se preparou para isso.

O Grêmio Esportivo América (GEA) viajou levando na bagagem a vantagem de jogar pelo empate no tempo normal, pois havia vencido o jogo da ida, em Tapera, por 3 a 2, no sábado passado. Mas, a vantagem foi logo apagada porque a Afusca, com bons jogadores e boa proposta de jogo, na frente e atrás, foi logo para cima do América. O time de Javali até que tentou, mas não pode fazer muito porque lhe faltou muito. Enquanto o time de Cachoeirinha trocava com freqüência seus atletas, poupando-os para a prorrogação, onde o empate lhe servia, o América carecia de plantel e quem entrou, quando entrou, não pode fazer muito. Houveram chances de gol, mas foram desperdiçadas e isso foi preponderante para a perda do título.


O GEA sentiu a quadra pequena (18x30) estando acostumado à grande (20x40) e este fator foi outro ponto negativo contra si. O goleiro linha, utilizado por Javali não funcionou.


O tempo normal terminou 4 a 1 para a Afusca. Na prorrogação, com dois tempos de 5 minutos cada lado, a Afusca fez mais dois e sacramentou a vitória e o título. A equipe da Grande Porto Alegre é campeã aos três anos de idade. Com todos os méritos.


Javali começou a partida, sem Borghetti, suspenso, com Ban, Spada, Kiko, Márcio e Mauricio. Depois entraram Jaison, Iuri, Marcelo e Vini Souza. O gol taperense foi de Maurício que foi o goleador da temporada 2011 com 53 gols.


A perda do título pelo América e o conseqüente BI-vice não tira o mérito da equipe que fez milagres neste ano. A direção, com um orçamento estrangulado, fez mágica e muita ginástica para chegar até onde chegou. O plantel, reduzido e mediano, teve competência para chegar à final e entrar na Série Ouro, na elite do futsal gaúcho ano que vem. Estão de parabéns os jogadores, que se doaram e suaram sangue; a direção que mostrou extrema organização e competência; e a torcida, a maior da Série Prata, que sempre esteve ao lado da equipe. Todos estamos de parabéns pela campanha 2011.


E agora a Prata é passado. Vamos descansar e logo em seguida voltaremos a falar de futsal, desta feita de Série Ouro. Tenho muito que falar sobre isso, mas no tempo certo.


Parabéns América – jogadores, direção e torcida. Caímos, mas caímos lutando, como fazem os grandes guerreiros. A Afusca deve estar muito feliz por ter vencido um grande adversário. Mesmo sem título, Tapera mais uma vez fez história. Até 2012.


Postado por Sarico as 09:24 e tem 17 comentarios

sábado, 26 de novembro de 2011
América é vice

Não deu. O América até que tentou, mas não conseguiu vencer a boa Afusca, lá em Cachoeirinha. O time anfitrião levou a melhor e venceu a partida por 6 a 1, na prorrogação. Amanhã eu conto mais sobre o jogo. Os dois times estão na Série Ouro 2012.


Postado por Sarico as 22:07 e tem 7 comentarios

sexta-feira, 25 de novembro de 2011
Em busca do BI

Sábado passado, quando o América entrou em quadra para enfrentar a Afusca, no primeiro jogo da final do Estadual Série Prata, lá no meu lugar de assistir os jogos, me passou um filme na cabeça sobre a história de quatro décadas da pequena Tapera, de apenas 10,5 mil habitantes, no futsal.


Antes, durante o aquecimento das equipes na quadra do Poli, lembrei de uma série de fatos que presenciei nestes quase 40 anos de participação de Tapera no futsal quando este se chamava futebol de salão e tudo era diferente. As bolas eram costuradas em gomos e eram pesadas e duras, o goleiro não podia sair da área, gol dentro da área não valia, segundo árbitro não existia, assim como o placar eletrônico; os jogadores calçavam tênis Rainha, preto e branco; arremesso lateral e de canto eram feitos com as mãos, entre outros.


Eu vivi tudo isso e também tenho muitas histórias para contar, umas boas, outras mais ou menos e algumas não boas. Mas, tudo é história que precisa ser registrada para ser lembrada.


Lembro dos jogos que assistia no Tenarião, entre 1972 e 1982, do Kings Club, meu time do coração, contra equipes da época. Depois surgiu a Agrotap e continuei presenciando grandes jogos, mas desta feita do lado dentro da rede, sentado no banco com o treinador e os suplentes dos times taperenses, como repórter da então Rádio Gazeta de Tapera. Do Tenarião, pavilhão da Comunidade Católica, os jogos foram para a Afuco (Associação dos Funcionários da Cotrisoja), entre 1983 e 1988, e em 1989 para o majestoso Poliesportivo, orgulho de Tapera, onde acontecem os jogos.


Tapera jogou muitos anos o Estadual de Futsal quando não existiam divisões. Se não ganhou títulos, chegou bem perto deles algumas vezes e fez partidas memoráveis contra as grandes equipes gaúchas de várias épocas. Enfim, o que quero dizer é que o América é Tapera e os dois estão indo para mais uma final. Quem sabe, se assim os deuses da bola quiserem, a minúscula e pacata Tapera tenha novamente seu nome colocado em evidência lembrando a todos que, lá no meio do Alto Jacuí, se joga um dos melhores futsal do Estado e que, por sua história, organização e pegada, merece estar onde está, “beliscando” o título mais uma vez. E este título seria um brinde a tudo o que se fez e faz aqui, com recursos escassos do tipo contando moedas, mas com organização, seriedade, competência e determinação as coisas acontecem aqui. O título seria um prêmio de reconhecimento pelo trabalho hercúleo feito em favor do esporte e de uma comunidade que é apaixonada pelo futsal.


O América, mais do que ninguém, e isso sem querer desmerecer ou diminuir as outras equipes que também são grandes e maravilhosas e que já tem uma história, merece levantar este “caneco” por uma série de coisas. Mas, para mim, a maior delas é o fato de termos nossa cidade taxada de perigosa e nossa torcida de violenta fato que não procede. Mas, o América possui algo que as outras equipes talvez não tenham: sobrevida, o poder de tirar fôlego quando ele insiste em ir embora. O América é grande e o difícil para ele é apenas um detalhe insistente no seu dia a dia. Para o América, barbada é coisa rara e tem outro significado.


Neste sábado, quando a equipe entrar em quadra para enfrentar a boa Afusca no jogo da volta, na grande decisão, não sei onde estarei se, em Tapera ou em Cachoeirinha, mas de qualquer jeito estarei torcendo para que a nossa equipe vença e levante mais um título para honrar e sacramentar nosso nome no salonismo rio-grandense. Prá frente, América, nós taperenses acreditamos em você. E faça por nós o que nós sempre fizemos e gostamos de fazer: história.


Postado por Sarico as 08:30 e tem 16 comentarios


Ministério das Cidades é a bola da vez

E a corrupção no Brasil não para. A bola da vez é o Ministério das Cidades. Conforme o jornal O Estado de São Paulo, o ministro Mário Silvio Mendes Negromonte (PP) aprovou uma fraude produzida para dar respaldo técnico a um acordo político que encareceu um projeto de transporte para a Copa de 2014, em Cuiabá (MT). Documento forjado pela diretora de Mobilidade Urbana da pasta, Luiza Vianna, mudou o parecer que vetava uma alteração defendida pelo governo de Mato Grosso. Em reunião e cuja gravação o Estado teve acesso, Luiza disse que a ordem foi do chefe de gabinete de Negromonte, Cássio Peixoto. A troca fez o custo do projeto saltar de R$ 700 milhões para R$ 1,2 bilhão.


Este foi o primeiro estouro e outros mais deverão aparecer. É sempre assim. Quanto tempo vai até cair o sétimo ministro de Dilma?


Postado por Sarico as 08:27 e tem 5 comentarios


MST x Governo

O MST (Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra), braço “armado” do PT, quebrou os pratos com o partido. Não falam a mesma língua a um bom tempo. Quando o PT era oposição, o MST é quem colocava a cara para bater em seu nome. Hoje, com o PT no governo, a entidade foi deixada à margem.


Antes, quando o PT precisava se mostrar, precisava do MST. Agora, no comando da nação, as ações e a luta do MST não servem mais.


Pode parecer ingratidão, mas o governo não pode caminhar à margem da lei. Esta é a explicação para esse “gelo” governamental no movimento que insiste em não mudar.


Postado por Sarico as 08:25 e tem 2 comentarios


Lei antifumo valerá em todo o País

O Senado aprovou nesta semana medida provisória que veta o fumo em ambientes fechados em todo o País. Com isso, ficam proibidos os chamados fumódromos.

A medida, que já vigora em São Paulo, Rio e Paraná, passará a valer a partir da sanção da presidente Dilma, que apoia a proibição.


Postado por Sarico as 08:02 e tem 0 comentarios

quinta-feira, 24 de novembro de 2011
Natal Alegria 2011








Postado por Sarico as 09:03 e tem 30 comentarios


ADAJ é Campeã da Tacinha RBS Sub 11

A ADAJ/Ordegel/Gelgás/Regional Supermercados é Campeã da Tacinha RBS de Futsal na Categoria Sub 11. O quadrangular final aconteceu em Tapera, no último domingo (20), no Ginásio Poliesportivo.

A premiação do evento, que é promovido pelo Grupo RBS, será entregue em Passo Fundo, no dia 01 de dezembro.

Parabéns ao professor Carlos Alberto Abreu e a seus comandados.

Gurizada, caprichem porque daqui a pouco vocês poderão estar vestindo a camisa do América e disputando o Estadual de Futsal. Já pensaram nisso?

Postado por Sarico as 09:01 e tem 1 comentarios


SARA

O taperense Luiz Alberto Feck, o “Feka”, que reside fora de Tapera há vários anos, e é leitor do Blog do Sarico, me enviou um recorte do Jornal da Integração, de 1976, onde aparece a conquista pela SARA (Sociedade Atlética Rua Azul) do Torneio da Integração, promovido pela Prefeitura de Tapera, em comemoração à Semana Pátria daquele ano. Nas fotos aparecem o time campeão e o capitão Queixo recebendo o troféu das mãos do prefeito Isidoro Gregório Simon. Os jogos foram no Tenarião.

Postado por Sarico as 08:59 e tem 0 comentarios


Cleptocracia

Você sabe o que é cleptocracia? Vem do grego: Klepto (roubar) + Cracia. É o sistema político que admite a corrupção. Que tal?


Postado por Sarico as 08:53 e tem 3 comentarios

quarta-feira, 23 de novembro de 2011
Carreta tomba no trevo de Tapera

A carreta Mercedes Benz, placas IHM 4044, de Encruzilhada do Sul, tombou nesta manhã, próximo ao meio-dia, no trevo da ERS 223, em Tapera. O caminhão, carregado com toras, vindo de Triunfo, ia em direção à Fronteira, quando no local o motorista não venceu a curva tombando-o sobre o canteiro. Com o tombo a carga se espalhou pelo chão e houve vazamento de óleo diesel. A Polícia Rodoviária Estadual foi chamada e cuidou no trânsito, bastante intenso naquele momento. O Departamento de Meio Ambiente da Prefeitura de Tapera foi acionado tendo em vista que poderia haver acidente ambiental. O motorista nada sofreu.

Postado por Sarico as 15:34 e tem 9 comentarios


Futsal de antigamente

A foto ai ao lado, enviada a mim por um amigo, é da equipe da Loja Maldaner, que disputava o saudoso (e grandioso) Municipal de Futebol de Salão de Tapera, que acontecia no Tenarião, entre os anos 70 e 80. Os jogos, três por noite, nas segundas, quartas e sextas-feiras, levavam grande público ao Salão da Comunidade Católica, que lotava.

Quem ia ao recém construído Tenarião, nos anos 70, via muito e bom futebol de salão. Tapera já era um celeiro de craques naquela época. Pena que eles não se reproduzem hoje em dia com a mesma velocidade de antigamente. Tivemos muitos jogadores aqui que não se confirmaram por motivos variados, mas nasceram com talento com a bola e mostraram isso em quadra e também na grama, só não tiveram continuidade.

Tapera tinha uma porção de times e de craques. Além da Loja Maldaner, havia o Fórmula 1, o Bomba H, a AABB, o Fênix, a Toniollo & Busnello, que aqui veio para construir a RS 223; entre muitos outras. Cada jogo era um clássico e todos os times tinham torcida composta por familiares, colegas de trabalho e amigos. Havia papel picado, corneta, tambor e muito barulho.

Para se ter uma idéia, o Kings Club dava seus primeiros passos no Estadual de Salão, tendo começado em 1972. Muitos times gaúchos vinham a Tapera jogar contra o Kings. E uma década depois surgia a A Associação Atlética Agrotap que também fez bonito no cenário esportivo estadual. Que tempos aqueles, gente...

A propósito. A Loja Maldaner, de propriedade da família Maldaner, trabalhava com materiais para construção, móveis e eletrodomésticos. A empresa ficava na esquina da Avenida XV de Novembro com a Rua Dom Pedro II, onde está hoje a Loja Uzzinna. Ali, quando criança, nos finais de domingo, depois do tradicional cinema (do Gentil Batistella), o Giba Maldaner reunia os amigos para brincar na loja, na “galeria” (mezanino) e no depósito. A alegria da gurizada não tinha tamanho. Grandes tempos aqueles, também.

Postado por Sarico as 08:49 e tem 9 comentarios


Mensagem criativa de uma Escola

Não sei que Escola é esta, nem de onde ela é. A mensagem, que chegou até mim pela internet, mostra a criatividade dos seus professores em uma gravação na secretária-eletrônica do educandário.

A escola cobra responsabilidade dos alunos e dos pais perante as faltas e trabalhos de casa e, por isso, ela e os professores estão sendo processados por pais que querem que seus filhos sejam aprovados, mesmo com muitas faltas e sem fazer os trabalhos escolares.

Eis a mensagem gravada:

- Olá! Para que possamos ajudá-lo, por favor, ouça todas as opções:
- Para mentir sobre o motivo das faltas do seu filho – tecle 1.
- Para dar uma desculpa por seu filho não ter feito o trabalho de casa – tecle 2.
- Para se queixar sobre o que nós fazemos – tecle 3.
- Para insultar os professores – tecle 4.
- Para saber por que não foi informado sobre o que consta no boletim do seu filho, ou em diversos documentos que lhe enviamos – tecle 5.
- Se quiser que criemos o seu filho – tecle 6.
- Se quiser agarrar, esbofetear ou agredir alguém – tecle 7.
- Para pedir um professor novo pela terceira vez este ano – tecle 8.
- Para se queixar do transporte escolar – tecle 9.
- Para se queixar da alimentação fornecida pela escola – tecle 0.
- Mas se você já compreendeu que este é um mundo real, e que seu filho deve ser responsabilizado pelo próprio comportamento, pelo seu trabalho na aula, pelas tarefas de casa, e que a culpa da falta de esforço do seu filho não é culpa do professor, desligue e tenha um bom dia!

Como diz um amigo: mataram a pau. Escola e professores falaram a verdade. Disseram tudo com muita criatividade e bom humor. E não é assim?

Postado por Sarico as 08:47 e tem 4 comentarios


O fim dos professores

O ano é 2.209 D.C. – ou seja, daqui a 200 anos – e uma conversa entre avô e neto tem início a partir da seguinte interpelação:
- Vovô, por que o mundo está acabando?
A calma da pergunta revela a inocência da alma infante. E no mesmo tom vem a resposta:
- Porque não existem mais PROFESSORES, meu anjo.
- Professores? Mas o que é isso? O que fazia um professor?
O velho responde, então, que professores eram homens e mulheres elegantes e dedicados, que se expressavam sempre de maneira muito culta e que, muitos anos atrás, transmitiam conhecimentos e ensinavam as pessoas a ler, falar, escrever, se comportar, localizar-se no mundo e na história, entre muitas outras coisas. Principalmente, ensinavam as pessoas a pensar.
- Eles ensinavam tudo isso? Mas eles eram sábios?
- Sim, ensinavam, mas não eram todos sábios. Apenas alguns, os grandes professores, que ensinavam outros professores, e eram amados pelos alunos.
- E como foi que eles desapareceram, vovô?
- Ah, foi tudo parte de um plano secreto e genial, que foi executado aos poucos por alguns vilões da sociedade. O vovô não se lembra direito do que veio primeiro, mas sem dúvida, os políticos ajudaram muito. Eles acabaram com todas as formas de avaliação dos alunos, apenas para mostrar estatísticas de aprovação. Assim, sabendo ou não sabendo alguma coisa, os alunos eram aprovados. Isso liquidou o estímulo para o estudo e apenas os alunos mais interessados conseguiam aprender alguma coisa.
Depois, muitas famílias estimularam a falta de respeito pelos professores, que passaram a ser vistos como empregados de seus filhos. Estes foram ensinados a dizer “eu estou pagando e você tem que me ensinar”, ou “para que estudar se meu pai não estudou e ganha muito mais do que você” ou ainda “meu pai me dá mais de mesada do que você ganha”. Isso quando não iam os próprios pais gritar com os professores nas escolas. Para isso muito ajudou a multiplicação de escolas particulares, as quais, mais interessadas nas mensalidades que na qualidade do ensino, quando recebiam reclamações dos pais, pressionavam os professores, dizendo que eles não estavam conseguindo “gerenciar a relação com o aluno”. O professores eram vítimas da violência – física, verbal e moral – que lhes era destinada por pobres e ricos. Viraram saco de pancadas de todo mundo.
Além disso, qualquer proposta de ensino sério e inovador sempre esbarrava na obsessão dos pais com a aprovação do filho no vestibular, para qualquer faculdade que fosse. “Ah, eu quero saber se isso que vocês estão ensinando vai fazer meu filho passar no vestibular”, diziam os pais nas reuniões com as escolas. E assim, praticamente todo o ensino foi orientado para os alunos passarem no vestibular. Lá se foi toda a aprendizagem de conceitos, as discussões de idéias, tudo, enfim, virou decoração de fórmulas. Com a Internet, os trabalhos escolares e as fórmulas ficaram acessíveis a todos, e nunca mais ninguém precisou ir à escola para estudar a sério.
Em seguida, os professores foram desmoralizados. Seus salários foram gradativamente sendo esquecidos e ninguém mais queria se dedicar à profissão. Quando alguém criticava a qualidade do ensino, sempre vinha algum tonto dizer que a culpa era do professor. As pessoas também se tornaram descrentes da educação, pois viam que as pessoas “bem sucedidas” eram políticos e empresários que os financiavam, modelos, jogadores de futebol, artistas de novelas da televisão, sindicalistas – enfim, pessoas sem nenhuma formação ou contribuição real para a sociedade.

Desconheço a autoria

Postado por Sarico as 08:43 e tem 6 comentarios


Se beber, o motorista não dirige

Pensando nessa necessidade de mercado, a Nissan lançou recentemente um novo conceito que promete fazer o motorista cumprir a lei.

O projeto consiste num conjunto de dispositivos encarregados de monitorar a lucidez do motorista. Caso não passe nos testes, o carro pára e dispara um alerta. E quais são esses testes:

Marcha – O motorista não consegue mudar de marcha sem que o sistema faça um exame de transpiração na palma da sua mão.
Banco – Se o motorista pensar em usar luvas para dirigir, saiba que a segunda etapa dos testes inclui um sensor de odor no banco do motorista e nos assentos dos passageiros.
Rosto – Se abrir as janelas e conseguir enganar o sistema com um aromatizador barato, vem a parte mais interessante deste carro. Uma câmera é apontada diretamente para o rosto do motorista, e com uma leitura de pontos-chaves do rosto, principalmente os olhos, é possível identificar o nível de consciência do motorista. Desta forma, tanto para níveis alcoólicos elevados, como para motoristas com sono, ao detectar uma possível sonolência, o sistema emite o alerta e de quebra dá-lhe um apertão com o cinto de segurança.

Essa é, sem dúvida, uma ótima idéia e esperamos que, ao ser produzido, este carro seja acessível a todos os bolsos em virtude do grande número de acidentes que vemos por ai.

Postado por Sarico as 08:41 e tem 2 comentarios

terça-feira, 22 de novembro de 2011
É lendo que se aprende a ler

Dados do IBGE revelam que mais de 14 milhões de brasileiros são considerados analfabetos. Já o INAF (Indicador de Alfabetismo Funcional) afirma que 25% da população está plenamente alfabetizada, ou seja, apenas esses são capazes de ler e compreender um texto longo, produzir uma síntese textual, entre outras competências.Isso demonstra a dificuldade que muitas escolas encontram para trabalhar competências básicas de leitura e escrita, mais especificamente nas regiões norte e nordeste.

A leitura deve ser vista como a promotora das condições para o exercício da cidadania, porque a pessoa que lê acessa informações, e, assim, conhece o acervo cultural da humanidade.

Logo, ao ler e desenvolver o gosto pela leitura, o cidadão se emancipa, torna-se um agente potencial para agir e interagir socialmente.

O livro é um meio de acesso aos bens culturais, e a leitura é a maneira de democratizar esses conhecimentos. Por isso, ler e escrever são atitudes imprescindíveis para a construção de uma sociedade democrática. Ler, assim, torna-se um ato libertador do pensamento humano, visto que não impõe limite à criação.

O ato da leitura nos possibilita escrever e interpretar melhor, desenvolve habilidades que contribuem para a construção de competências nas diversas áreas do saber.... Mas, ao mesmo tempo, ler é uma experiência que vem contribuir para a criatividade e para a capacidade de sonhar que o mundo pode ser melhor.

O Projeto Caravana da Leitura de Tapera busca democratizar e viabilizar o acesso a leitura, através da itinerância do acervo. Atualmente, a Kombi utilizada no projeto conta com 1170 livros registrados, mais de quinhentos leitores associados e um roteiro organizado mensalmente, de modo a atingir escolas, empresas, entidades e a população em geral. Assim como todo hábito, a leitura também precisa de estímulo para se tornar prazerosa.

É preciso resgatar o valor de uma boa leitura entre nossos jovens. Não se pode afastar o cidadão do universo libertador das palavras!

Caravana da Leitura de Tapera
Márcia Maria Mattei Kumpel
Yeda Kriendges Gregory

Postado por Sarico as 09:23 e tem 5 comentarios

segunda-feira, 21 de novembro de 2011
Greve do magistério

Preocupado, estou acompanhando a greve do magistério, promovida pelo CPERS Sindicato, e o que estou vendo é que ela poderá ser esvaziada porque a maioria dos professores está sinalizando que não irá parar. Mas, se a idéia é pressionar o Governo do Estado por aumento salarial, porque não existe unanimidade na categoria? Será que não seria porque o Sindicato está atrelado ao partido do governador?



Outra coisa. Agora, no apagar das luzes do ano, fazer uma greve?


Postado por Sarico as 12:34 e tem 7 comentarios


Peixe Mazza é campeão de futsal de Brasília

O taperense João Pedro Flach, que reside em Sobradinho (DF) e que esteve no último final de semana em Tapera com a Aveso (Associação dos Veteranos de Sobradinho), me enviou e-mail comunicando que sua equipe, o Peixe Mazza, que disputa a Liga Nacional de Futsal, sagrou-se campeão da Copa Brasília Rede Globo de Futsal. O time, que representou Sobradinho na disputa, venceu Ceilândia, cidade-satélite de Brasília, por 3 a 1, com gols do gaúcho Sacon (2) e Vander Carioca, ex-jogador da Seleção Brasileira de Futsal, contratado para o jogo final.


O João Pedro disse ainda que, de Formosa (GO), estaria torcendo para o América vencer a Afusca e que enviaria de lá muita energia para o time taperense.


Deu sorte, João Pedro. Valeu!

Postado por Sarico as 11:17 e tem 5 comentarios


Bandidos de toga

A Corregedoria Nacional de Justiça, órgão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), com a ajuda do Banco Central, do COAF (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) e da Polícia Federal, investiga o patrimônio de 62 juízes acusados de venda de sentenças e enriquecimento ilícito.


Tem magistrado com patrimônio muito além do considerado normal. Com números assombrosos.


A reportagem da Folha de São Paulo não revelou os municípios e nem os estados dos juízes envolvidos.


Mas, será que até juiz tem preço neste País?

Postado por Sarico as 11:15 e tem 19 comentarios


Deus e perdão

Ontem, assistindo o Esporte Espetacular (Globo), vi uma reportagem do gaúcho Régis Resing sobre o Timor Leste e todos os seus problemas. Numa parte dela ele pediu a uma mulher se ela perdoava os homens que fizeram tanto mal a seu povo. Ela respondeu que sim, apesar de todos os abusos e excessos cometidos. Pois, vendo-a, lembrei de religiões que existem por ai, sendo que em algumas seu Deus manda matar. Diante disso, do que vi e ouvi na reportagem, lembrei do seguinte: um Deus que deixa matar pode perdoar? O que você acha?

Postado por Sarico as 11:13 e tem 3 comentarios


Preso custa mais ao país que aluno

Um aluno no ensino superior custa três vezes menos do que um detento em presídio federal. A diferença sobe a nove vezes nos estados. O contraste revela o baixo investimento na educação e a má gestão no sistema prisional.


Tem coisa errada ai, mas onde esta o erro?

Postado por Sarico as 11:12 e tem 2 comentarios

domingo, 20 de novembro de 2011
O América a um empate do BI

E o América larga em vantagem na busca do título da Prata 2011. O time taperense, que recebeu a Afusca, de Cachoeirinha, à noite passada, no primeiro jogo da decisão, venceu a partida por 3 a 2. Com este resultado o América joga por um empate no próximo sábado, fora de casa. A Afusca, para ficar com o título terá de vencer no tempo normal e empatar na prorrogação.


Quem foi ao Poliesportivo ontem a noite viu uma grande partida de futsal, digna de uma final. Os dois times, os melhores do campeonato, com objetivo bem definido, se estudaram do início ao fim do jogo, tendo em vista que voltarão a se encontrar. A Afusca, desfalcada de dois jogadores, se fechou atrás esperando o erro do anfitrião e quando subia o fazia com perigo. O goleiro Ban fez várias defesas importantes. Já o América, sem Spada, tratou de ir logo para cima da Afusca. O time de Javali teve momentos de letargia nos dois tempos e por muito pouco não foi pego de surpresa. Quando “entrava” na partida criava ótimas oportunidades de gol. Enfim, foi um grande jogo assim como deverá ser o de sábado na Grande Porto Alegre.


O América jogou com Ban, Borghetti, Kiko, Márcio e Maurício, entrando mais tarde Jaison, Marcelo e Iuri. Os gols taperenses foram marcados por Márcio (2) e Maurício. Com este gol Maurício passa a ser o goleador da competição com 52 gols.


Mais de 3,5 mil pessoas assistiram a grande partida entre América e Afusca. Achei que a torcida, que sempre teve acesso livre aos jogos no Poli, fosse chiar por conta do valor do ingresso de R$ 7, mas isso não aconteceu. Os taperenses entenderam a nova condição do América. E bom futsal não tem preço.


Sábado (26), lá em Cachoeirinha, o América não terá Borghetti, que levou o terceiro amarelo. O time terá que ter cuidado com a Afusca, que joga muita bola; com as dimensões da quadra (18x30) e os bons Renan e Chico Branco.


Com a vitória de ontem o América passa a ter a melhor campanha da temporada com aproveitamento de 67,7%.


O América treinará nesta semana tentando manter o foco naquilo que quer: o título, nada além disso. A caminhada, ou o trabalho realizado na equipe, começou na partida contra a ACAF, aqui em Tapera, e foi mantida contra a AGF, em casa em fora, e agora contra a Afusca. Deu resultado e deverá continuar em Cachoeirinha. A participação do América na Série Ouro, algo muito esperado pelos torcedores taperenses há muitos anos, não deve ser mais importante do que o título do campeonato. Isso está bem claro na quadra, na arquibancada e nas ruas de Tapera.


O delegado da Federação Gaúcha de Futsal, que esteve em Tapera ontem, passeou normalmente entre jogadores e torcedores, dentro e fora da quadra. Em momentos em que a partida parava ele ia até a torcida Comando Vermelho, que fica próxima à rede lateral, para conversar com a meninada. Quem viu a cena, repetida várias vezes, deve ter achado que eram velhos conhecidos. O ato serviu para demonstrar que Tapera é da paz e do futsal.


Antes do começo da partida a direção do América, tendo a presença do prefeito Ireneu Orth, ofereceu um coquetel aos diretores da Afusca e a imprensa que lá esteve, na sala de reuniões do Ginásio Poliesportivo. Lá, foi possível ver o início de uma amizade que começou a que perdurará por muito tempo, mesmo que uma das duas equipes perca o Estadual 2011. E em 2012 os dois times se cruzarão novamente, desta feita na Série Ouro, na elite do futsal gaúcho, um dos melhores do Brasil.


Parabéns ao América e a Afusca pelo jogo e a torcida taperense que foi ao Poli empurrar seu time à vitória.

Postado por Sarico as 08:36 e tem 45 comentarios

sábado, 19 de novembro de 2011
América venceu e leva vantagem para a finalíssima

O América bateu a Afusca (Cachoeirinha) hoje à noite, no Poli, em Tapera, por 3 a 2.



O time de Javali joga pelo empate sábado que vem, fora.



Depois falo mais sobre o jogo.


Postado por Sarico as 23:38 e tem 4 comentarios










Postado por Sarico as 07:57 e tem 6 comentarios


Revelação goleadora

O meu amigo Thiago Pastório, 11 anos, ala da ADAJ (Tapera), foi o goleador do Campeonato Regional de Categorias de Base, na sua categoria (Sub 11). E não contente o rapazinho foi eleito o melhor atleta da competição. A decisão aconteceu no Poli, aqui em Tapera, no feriado da última terça (15).


Tomara que esteja surgindo ai alguém que possa vestir a camisa do América, amanhã ou depois, e dar continuidade à história de Tapera nas quadras de futsal por este Rio Grande amado.


Parabéns, Thiago. Que moral, hein?

Postado por Sarico as 07:53 e tem 3 comentarios


Lua de Mel

Pelo visto está terminando a Lua de Mel entre o CPERS Sindicato e o Governo do Estado. Os professores, que querem aumento, estão ameaçando com paralisação às portas do final do ano. Imagine o transtorno que isso causará para todo mundo. Toda forma de pressão é valida, especialmente por aumento salarial, e principalmente se houve promessa de campanha, mas quem pagará o “pato” será a sociedade.



O Rio Grande está parando. Nós protestamos e reivindicamos e vamos ficando para trás em relação aos demais Estados na federação. Quem sai do RS sabe do que falo. E isso é um processo que vem se arrastando há muitos anos. Nós estamos que nem aquela pessoa que vai vendendo patrimônio para manter as aparências e que participa de tudo. E quando não houver mais nada para ser vendido?


Postado por Sarico as 07:52 e tem 34 comentarios


A guerra contra a violência

Que o Brasil está perdendo a guerra para o crime todos sabemos. A bandidagem está muito mais armada que a polícia, mas não tem organização, disciplina e preparo. Estas últimas ações das policiais e forças armadas no Rio de Janeiro, mostraram que o Brasil pode, sim, ganhar esta guerra e colocar esse pessoal mau a correr. Então, porque o Governo – Uniao e Estados – não une todas estas forças – Exército, Marinha, Aeronáutica e policias federal, militar e civil – e coloca-as nas ruas para trabalhar. Duvido que algum bandido faça alguma coisa tendo uma dupla de policiais ou soldados a cada duas quadra, fortemente armados e treinados para o combate urbano.



Esta guerra pode ser ganha, sim, mas é preciso usar bem a força que se tem.


Postado por Sarico as 07:52 e tem 0 comentarios


O futuro do Euro

A Zona do Euro está com os dias contados. Tem País no grupo que não teria condições de entrar nele. Quem não tem carro competitivo não deve entrar em corrida e competir com carrões. A Inglaterra não entrou no Euro e sua moeda só cresceu, assim como sua economia. Agora a Alemanha é quem está chiando. Ela quis ajuda os demais países europeus, talvez para esquecer seu passado, e sacramentar a unificação com a parte Oriental, mas está desistindo. Os alemães já começam a questionar o financiamento de países falidos. Não dá para bancar “quebrado” por muito tempo. A Alemanha está parando por conta disso e um carro com o motor que ela tem não pode andar devagar.



A pane seca no Euro é questão de tempo.


Postado por Sarico as 07:50 e tem 0 comentarios

sexta-feira, 18 de novembro de 2011
América participou da reunião da Ouro

O América participou da reunião que a Federação Gaúcha de Futsal (FGFS) realizou ontem em Porto Alegre para definir a Série Ouro 2012. A mesma aconteceu na sede da Federação Gaúcha de Futebol (FGF), às 15h30min, com a presença de dirigentes dos 13 clubes que participarão da Primeira Divisão do salonismo gaúcho na próxima temporada.

Participaram da reunião o presidente da FGFS, Dárcio da Silva Castro; o diretor-executivo da Federação, Diogo Rimoli; e o presidente do Grupo Record no Rio Grande do Sul, Fábio Tucilho.

Viajei a Porto Alegre, para participar desta reunião histórica para Tapera, na companhia dos supervisores Jonas Muller e Evandro Henrique e do atleta Márcio Paulus, que responde pelo Esporte no município.

Falo em reunião histórica para Tapera, porque neste grande momento por que passa o futsal no Rio Grande do Sul, no ano que vem, quando o município retorna à Primeira Divisão, estará completando 40 anos que a disputou pela primeira vez. E desde então, com Kings Club e Agrotap, times que estiveram nas quadras gaúchas antes do América, jogou por muitos anos a principal competição de salão do Estado.

No encontro tratou-se da inscrição dos atletas, do plano de marketing da Federação e os clubes com a Rede Record e o sorteio dos jogos para a temporada 2012, entre outras coisas.

Na reunião, cada representante de clube foi chamado até a mesa principal para retirar dois envelopes, em dois recipientes separados, sendo um com os nomes das cidades e o outro com número de 1 a 13. Este foi o sorteio dos jogos da 1ª Fase, que começará no dia 17 de março e terminará em 29 de setembro. O campeonato terá quatro fases – Quartas de Final, Semifinal e Final. A grande final acontecerá no dia 01 de dezembro de 2012.

Na reunião o pessoal do América teve um primeiro encontro com a direção da Afusca, de Cachoeirinha, equipe que disputará o título da Prata 2011 com o time taperense. O primeiro jogo será neste sábado (19), em Tapera, e o segundo e decisivo, em Cachoeirinha, no dia 26. Estavam na reunião de Porto Alegre o presidente Everson Bitencourt e o diretor esportivo Manoel Mallet, dois novos amigos que a gente fez graças ao futsal e a quem mando aqui um grande e caloroso abraço a eles.

Postado por Sarico as 13:55 e tem 14 comentarios

quarta-feira, 16 de novembro de 2011
América participará da reunião da Série Ouro 2012

O América, representante do Alto Jacuí e da região norte gaúcha, que disputa a partir deste final de semana e do próximo a final da Série Prata de Futsal, já com um pé na Série Ouro, estará presente na reunião técnica que a Federação Gaúcha de Futsal (FGFS) promoverá amanhã (17) com as equipes que participarão da série na próxima temporada. A reunião será na sede da Federação Gaúcha de Futebol (FGF), às 15h.



Fui convidado pela direção americana e viajarei com alguns dirigentes da equipe amanhã pela manhã a Porto Alegre. Na reunião se tratará sobre composição da tabela de jogos, regras de marketing, inscrições de atletas e assuntos gerais. Conforme a FGFS, ao final da mesma, os clubes terão em mãos a definição dos jogos, regulamento, inscrição de atletas, regras do marketing e do televisionamento, entre outras coisas.



A Série Ouro 2012 inicia no dia 16 de março e finalizará em 01 de dezembro.



No meu retorno trarei maiores informações sobre a reunião.



E lembrando. Neste sábado (19) tem América e Afusca, na partida de ida da final da Série Prata. A região está sendo convidada para este jogão que promete lotar novamente o Poliesportivo taperense.


Postado por Sarico as 19:47 e tem 21 comentarios


Uma justa homenagem

A última edição do jornal Integração das Cidades publicou matéria sobre uma homenagem que o sargento PM Sidnei Barbosa de Souza recebeu em Soledade. A homenagem foi justa, mas lendo-a lembrei de uma passagem que vivi ao lado do então soldado Barbosa aqui em Tapera, nos anos 90.

Não lembro ao certo a data, mas o ano era 1991. Cedo da manhã, eu vinha de Selbach, onde residia, para trabalhar na Rádio Gazeta, atual Cultura e, próximo ao silo da antiga OHF, atual Rações Extra, fui parado por dois PMs de fora. Parei o Gol branco da emissora, que era sua unidade móvel, me identifiquei e, pedi o que estava acontecendo. O soldado que me parou, de Victor Graeff, me contou que havia uma força tarefa das três policiais – militar, civil e rodoviária – da região na caça a uma quadrilha de assaltantes de bancos que parou em Tapera, na madrugada, para roubar um carro e seguir sua fuga. Os homens, fortemente armados e altamente perigosos, entraram na cidade pela Rua Vicente Basso e pararam em uma casa no Bairro Progresso, tentando roubar o carro que estava no pátio. Alguém, vendo a movimentação, chamou a polícia que veio e houve troca de tiros. Os elementos fugiram a pé pela mesma rua, passaram pela ERS 223 e entraram no pátio da antiga OHF indo em direção à Vila Raspa. Lá eles entraram em uma lavoura e no mato existente próximo tentando fugir da polícia que chegava aos poucos de todos os lugares. Naquela manhã havia uns 50 policiais em Tapera.

Querendo matéria para o programa diário de notícias que era apresentado pelo Egon Elias Zir, recentemente falecido, fui para a Vila Raspa e, chegando lá, fui apresentado aos comandantes da operação: um delegado de polícia e um tenente PM, ambos de fora. Naquele tempo as viaturas não possuíam comunicação entre si – rádio – e celular ninguém sabia o que era. Então, alguém teve a idéia de utilizar a unidade móvel da emissora para a comunicação entre as viaturas espalhadas pela região. E lá ia eu, de Gol, de um canto para o outro cheio de informações. Do carro eu as passava ao Egon, na rádio, e para os policiais que estavam na operação. Naquele dia a comunidade taperense e regional acompanhou uma operação policial, ao vivo. Isso tudo há 20 anos. Hoje em dia isso é normal.

Na metade da tarde os policiais prenderam três dos quatro bandidos, inclusive o líder que era famoso e que seguidamente aparecia na imprensa estadual por conta de suas ações ousadas. No final da tarde estive na DP para ver os homens, buscar mais informações e ajudar na identificação dos bandidos. Passando em frente à cela, ouvi os três homens conversando e chamou minha atenção as palavras usadas por eles. Tudo em código. Consegui conversar com eles por alguns instantes e o líder se mostrou uma pessoa bastante esclarecida.

O mais alto deles tinha uma ficha que não era extensa, mas havia nela, no mínimo 10 mortes em vários assaltos a bancos e a carros fortes. Ele não parecia ser quem era. Se alguém o visse na rua conversaria tranquilamente com ele.

No outro dia, tive de ir ao Fórum para reconhecer os elementos na frente do juiz. Entrei lá, vi os mesmos, identifiquei-os, respondi algumas perguntas do magistrado e fui liberado.

Depois os caras foram levados a Porto Alegre e apareceram em Tapera mais uma ou duas vezes para prestar depoimento e não se ouviu mais falar neles.

Mas, duas coisas me chamaram atenção naquele dia. A primeira diz respeito ao inspetor Nelson Edi da Silva, que se aposentou na Polícia Civil. Durante perseguição aos bandidos, nos fundos da hoje Comercial Bortolan, um dos três homens se escondeu em uma valeta cheia de folhas de bananeira e lixo, levados pela água. Ele entrou nela e se cobriu com o que havia lá dentro. Na Delegacia, o bandido baixinho me contou que estava com o inspetor Nelson na mira de sua pistola e que ele ficou nela por mais de um minuto. Pedi a ele porque não atirou e ele me respondeu que o inspetor estava com dois ou três soldados armados com fuzil e metralhadora. “Sou bandido, mas não sou burro”, me disse o homem com um sorriso de dar medo. Mais tarde contei o fato ao Nelson que me disse. “É, são ossos do ofício. Veja o que a gente passa em nosso trabalho”.

A outra tem a ver com o agora sargento Barbosa. Inteligente, valente e consciente, ele saiu em perseguição a um dos elementos, acompanhado por um grupo de soldados. Durante a perseguição o bandido se virou e começou a atirar contra os PMs que estavam com o Sidnei. Quando ele viu aquilo, tentando ajudar os companheiros, efetuou quatro disparos contra o bandido e todos os quatro negaram. O homem se virou, mirou o Sidnei e atirou contra ele. A bala passou raspando sua cabeça. Depois de tudo, o Sidnei me disse que nunca mais esquecerá aquela cena. Mais tarde, quando baixou a poeira, era uma indignação só dos policiais que estavam mal armados, com pouca munição e a maioria falhando, sem efetivo e não havia equipamento de comunicação. Mas, o gritante foram os disparos dados e falhados. Teve outros disparos falhados. Os quatro homens tinham mais munição do que todos os 50 policiais juntos. Vi isso com o armamento que estava sobre uma mesa na DP taperense.

Lembro que estive no estúdio da Gazeta, falando com o Egon, e relatei tudo isso, inclusive os tiros do PM Sidnei que falharam. Recebemos vários telefonemas naquela manhã de pessoas pedindo informações, dando sugestões e até mesmo criticando. Mais tarde fiquei sabendo que o Estado queria cobrar as balas disparadas pelos PMs naquela operação. Até hoje não sei se isso de fato aconteceu.

Mas, o Sidnei e o Nelson estão ai para confirmar a história. São dois policiais que honraram suas corporações colocando suas vidas em perigo. Fui testemunha disso e se eles estão vivos hoje é porque Deus tinha outros planos para eles. E aproveito aqui para parabenizá-los pelo belo trabalho executado em prol de Tapera e de seus cidadãos na sua atividade.

Por outro lado, o sargento Sidnei está fazendo um bonito trabalho com a Polícia Mirim aqui em Tapera. Aproveitando o gancho quero dizer a ele que fui, nos anos 70, um integrante da Polícia Mirim de Tapera. Tenho inclusive foto do grande grupo, fardado, tirada na Praça Central, com o então prefeito Isidoro Gregório Simon. Mas, isso é outro assunto para outra oportunidade.

E a titulo de informação. Sempre fui um parceiro das três forças policiais de Tapera apoiando todas as campanhas realizadas por elas e pela comunidade, tanto na rádio como nos jornais em que trabalhei. Sempre fui um amigo das policias e dos policiais. Perdi a conta de quantas lutas por melhoria de salários ajudei, assim como as campanhas para aquisição de equipamentos de trabalho e de materiais para as viaturas e de expediente para as guarnições e delegacia. Os sargentos Sidnei, Melo e Primaz e o inspetor Nelson, todos da velha guarda, estão ai vivos para confirmar isso. Um grande abraço a eles. E parabéns pelo seu trabalho em favor da segurança dos taperenses.

Postado por Sarico as 08:12 e tem 15 comentarios


Lupi mentiu

O ministro do Trabalho, Carlos Lupi (PDT), mentiu no Congresso o que é crime. Aliás, mentir para os brasileiros também é crime. Lupi não permanecerá no Governo.


E a Veja não inventou nada.

Postado por Sarico as 08:10 e tem 28 comentarios


Gratificação

Esse pessoal que passou o ano botando valendo a mão no dinheiro do povo receberá alguma gratificação de final de ano? Ou algum prêmio por sua atuação?

Postado por Sarico as 08:09 e tem 0 comentarios

segunda-feira, 14 de novembro de 2011
Inter

O ano de 2011 acabou para o Inter. Agora é pensar em 2012. A direção já está projetando a próxima temporada? E os erros deste ano serão repetidos em 2012? E foram tantos...


E vamos de Sulamericana, mesmo.


Postado por Sarico as 13:34 e tem 2 comentarios


Frase do dia

Antigamente os cartazes nas ruas, com rostos de criminosos, ofereciam recompensas. Hoje em dia, pedem votos.

Postado por Sarico as 09:22 e tem 19 comentarios


Nove montadoras de automóveis estão interessadas em abrir novas fábricas no Brasil

Segundo corre no centro do País, pelo menos nove montadoras de automóveis estão querendo abrir fabrica no Brasil. Até agora nada oficial saiu de alguma delas. E ai vai a pergunta: quantas virão para o Rio Grande do Sul? Pelo menos uma?


No dia 28 de abril de 1999, após o governador Antônio Britto ter acertado a vinda da Ford, seu sucessor, Olívio Dutra, mandou-a embora embrulhada para presente para os baianos. Tarso Genro, há poucos dias, sabendo o valor de uma montadora para um Estado, tentou flertar com a Volkswagen, mas a atraente alemoa não quis namoro.


Será que o RS ganhará uma montadora de automóveis destas nove?


Postado por Sarico as 09:21 e tem 31 comentarios


Quanto será que pesa a internet inteira?

Você sabe quanto pesa a internet? Parece impossível, mas a equipe de um canal de ciências no YouTube, chamado Vsauce, conseguiu chegar a um resultado: 50 gramas, ou o peso equivalente a um morango.


De acordo com o Daily Mail, esse número é o resultado do peso de todos os elétrons necessários para fazer a internet funcionar, ou seja, é o peso dos 75 a 100 milhões de servidores que a suporta, sem incluir os PCs. Se colocarmos os computadores pessoais na conta, o peso triplica. Mas, se contarmos apenas a informação que está armazenada na web, chegamos a um grão de areia.


Michael Stevens, um dos responsáveis pela matemática, calculou o peso usando a estimativa de Eric Schmidt, presidente do conselho do Google. O executivo acredita que a internet possui cerca de 5 milhões de terabytes de informação. Então, ao cruzar essa informação com a quantidade de elétrons necessários para formar um único byte, foi fácil chegar a uma conclusão.


Apesar do cálculo parecer coerente, ainda assim é extremamente difícil garantir qual é o peso exato da internet.


Postado por Sarico as 09:17 e tem 0 comentarios


F1

Alguém sabe quando foi a última vez que tivemos um brasileiro no alto do pódio? Que saudades do Emerson, do Piquet e do Senna.


Postado por Sarico as 09:16 e tem 4 comentarios

domingo, 13 de novembro de 2011
América x Aveso V

A equipe da Associação dos Veteranos de Sobradinho (Aveso), do Distrito Federal, retornou a Tapera para mais um encontro esportivo. A equipe, que tem a frente os taperenses João Pedro Flach e Darci Schwantes, veio para seu quinto encontro de amigos.

O João Pedro, que chegou em Tapera na sexta (11), reuniu um grupo de amigos, do América e da Agrotap, para um jantar. O mesmo aconteceu no restaurante do Clube Aliança.


No encontro o JP presenteou as duas equipes de veteranos com um fardamento completo. Os dois blogueiros de Tapera, que mantém o pessoal de Brasília, Formosa, Sobradinho e arredores informados sobre Tapera, também não foram esquecidos.


Após a entrega dos presentes e dos discursos, o pessoal jantou e depois a conversa se estendeu por várias horas. Muitas histórias de Tapera e de gente que ainda reside aqui, que já foi embora daqui ou que já partiu desta vida, foram lembradas.


No sábado (12), com a delegação do DF em Tapera, pela manhã, aconteceu o jogo entre América e Aveso, no Estádio Dr. Avelino Steffens. Depois foi servido um almoço e na tarde e noite os amigos também puderam colocar a conversa em dia. E já trataram do próximo encontro, o 6º, que deverá acontecer ou em Tapera ou em Brasília no ano que vem.


Ao João Pedro e o Schwantes um grande abraço. Obrigado a eles pela lembrança e pelo carinho que eles têm para com Tapera, com os taperenses e com este amigo aqui. Eles acessam o Blog do Sarico e interagem com ele através de comentários e sugestões, e também via e-mail e telefone.


Postado por Sarico as 09:22 e tem 10 comentarios


América é novamente finalista

O América, pelo segundo ano consecutivo, está na final do Estadual da Série Prata. A equipe conseguiu o direito, e também o de jogar a Série Ouro em 2012, ao passar pela AGF, em Guaíba, à noite passada. O time taperense perdeu por 7 a 4 no tempo normal e venceu na prorrogação por 3 a 1. A enquete que o site RSFutsal realizou se confirmou: Afusca e América farão a final em dois jogos.


Falei em um comentário anterior que seria um jogão entre as duas equipes desconhecidas o que também se confirmou. O América, no tempo normal, jogando pelo empate, foi muito confuso, tanto atrás como na frente. Quem escutou o jogo sentiu que a noite seria bem complicada. O time de Javali esteve apagado na maior parte do tempo e não vibrava em quadra.



No tempo normal só deu AGF, mas na prorrogação, quando o time anfitrião jogava pelo empate, o América mudou tudo, inclusive as regras. O time cresceu tanto em quadra que envolveu a boa equipe de Guaíba que pouco pode fazer devido à pegada americana. E o América surpreendeu mais uma vez. O time cresce quando apertado.



Na prorrogação, quando a AGF mostrava sinais de cansaço, o América mantinha a pegada, outra característica sua, e voava baixo em quadra conseguindo seu objetivo.



Javali saiu jogando com Ban, Spada, Kiko, Márcio e Maurício. Depois entraram Borghetti, Jaison e Marcelo. Os gols taperenses foram marcados por Maurício (3), Borghetti (3) e Márcio. Mauricio agora tem 51 gols no campeonato.



Na outra semifinal, jogando em Cachoeirinha contra a UCPel, a Afusca empatou em 2 gols e é o outro finalista.



Na final os jogos serão em Tapera, no próximo sábado (19), e em Cachoeirinha, no outro sábado (26).



O América, batendo um a um seus adversários, está na final da Prata e com os dois pés na Ouro 2012.



O América é o norte do Rio Grande do Sul na Prata. O bicho-papão continua solto e vai continuar fazendo estripulias. Parabéns, gurizada. Tapera está muito orgulhosa de vocês.


Postado por Sarico as 08:40 e tem 126 comentarios

Posts mais recentes Posts mais antigos

 
Google
 

?timos Posts

O dano é moral, mas para quem?
Enfrentamento político
Quem será a “vitima”?
O Quinto e o Sexto Poder da República
Jogos do América/GF/Fepol na 1ª Fase
Libertadores
SASE Sol América
Recordar no esporte
Hoje tem Mohicans no City Pub
Uma homenagem aos colegas de imprensa

Arquivos

Agosto 2010 Setembro 2010 Outubro 2010 Novembro 2010 Dezembro 2010 Janeiro 2011 Fevereiro 2011 Março 2011 Abril 2011 Maio 2011 Junho 2011 Julho 2011 Agosto 2011 Setembro 2011 Outubro 2011 Novembro 2011 Dezembro 2011 Janeiro 2012 Fevereiro 2012 Março 2012 Abril 2012

 

 

 

WM INTERNET