ff

Blog do Sarico - (54) 8135 1778 - fabiocrestani11@gmail.com
sábado, 19 de novembro de 2011
Lua de Mel

Pelo visto está terminando a Lua de Mel entre o CPERS Sindicato e o Governo do Estado. Os professores, que querem aumento, estão ameaçando com paralisação às portas do final do ano. Imagine o transtorno que isso causará para todo mundo. Toda forma de pressão é valida, especialmente por aumento salarial, e principalmente se houve promessa de campanha, mas quem pagará o “pato” será a sociedade.



O Rio Grande está parando. Nós protestamos e reivindicamos e vamos ficando para trás em relação aos demais Estados na federação. Quem sai do RS sabe do que falo. E isso é um processo que vem se arrastando há muitos anos. Nós estamos que nem aquela pessoa que vai vendendo patrimônio para manter as aparências e que participa de tudo. E quando não houver mais nada para ser vendido?


Postado por Sarico as 07:52 e tem 34 comentarios
34 Comments:
Anonymous Anônimo disse...

quando não tem m ais o que ser vendido, aí começam a vir os calotes, perdem os bens mas não perdem a pose

19 de novembro de 2011 10:33  
Anonymous Anônimo disse...

Na briga entre o professor e o governo que paga é o aluno!

Sempre assim, e depois os dois briguentos querem respeito!

Claro que o professor tem direitos
mas usar crianças como escudo em uma guerra é moralmente aceitável?

Chega!
Nossos filhos não são saco de pancada e nem tem culpa de nada.

Que achem outra forma de mostrar ao Tarso/PT que estão se sentindo traídos por eles.

Façam campanha com os pais na saída da escola, peçam para apoiar a sua luta ou organizem passeatas pelo centro MAS DEIXEM AS CRIANÇAS FORA DISSO!

Mostrem que tem alma, que se preocupam com os alunos e merecem ser apoiados!

19 de novembro de 2011 12:26  
Anonymous Anônimo disse...

Parabéns,10:16 essa frase serviu prá muuuitaas cabeças.....PERDEM OS BENS MAS NÃO PERDEM A POSE..AHAHAHAHAHAHAH....Gostei.....

19 de novembro de 2011 13:37  
Anonymous Mauro Knijnik,Secretário de Desenvolvimento disse...

(...)formou-se uma visão que nosso Estado perdeu terreno no campo da competitividade empresarial, incompatível com o resultado das nossas empresas. Trata-se de uma ideia falaciosa e rençosa, ainda somos atraentes, ousados e inovadores.

Zero Hora, sábado, 19/11/11

20 de novembro de 2011 07:02  
Anonymous Anônimo disse...

Curiosa a manchete de capa do Correio do Povo de sexta, 18/11/11, em letras garrafais:

ECONOMIA GAÚCHA AVANÇA ACIMA DA MÉDIA NACIONAL.

E cita dados: de janeiro a setembro, o crescimento gaúcho atingiu 5,6% e no país chegou a 3,5%.
Sugerimos a leitura do artigo ao ansiado blogueiro, que deve ter vindo de Marte ontem e talvez tenha se referido ao Grêmio e Inter.
Que ranço.

20 de novembro de 2011 07:11  
Anonymous Anônimo disse...

profesoras väo trbalhar como donas de casa fasendo fachina o dia inteiro ......... dai voces podem pedir mais salario väo trabalhar mais ta ''''''''''''

20 de novembro de 2011 09:44  
Anonymous Anônimo disse...

09:44 você deve ficar mesmo brabo com as professoras, principalmente com a de Português, que não conseguiu te ensinar a escrever. Mas, tu deve ser mesmo um grande profissional na tua área.

20 de novembro de 2011 09:58  
Anonymous Anônimo disse...

07:11
Quem faz a economia crescer são os empresarios e os trabalhadores com os investimentos, estratégias e trabalhos duro.

Quem atrapalha são os governantes que usam mal os impostos permitindo desvios de verbas públicas e beneficiando amigos e partidários.

Se um povo quer evoluir e crescer deve diminuir o tamanho do estado e aumentar o poder do setor privado.

Empresários e trabalhadores unidos contra o estado absoluto e perdulário é a fórmula do desenvolvimento de um povo.

Basta estudar a história!

20 de novembro de 2011 10:28  
Anonymous Anônimo disse...

Se fosse só isso!
Então basta ser contra o estado, e resolvemos tudo.
Mas isso o Sarico já vem fazendo, à longa data.
E pelos resutados MEDIDOS POR NÚMEROS,deve ter funcionado.

20 de novembro de 2011 18:10  
Anonymous Anônimo disse...

Ao inocente das 18:10

Ser "contra o estado ABSOLUTO E PERDULÁRIO"

Não sabe ler ou é para confundir mesmo?

20 de novembro de 2011 21:48  
Anonymous Anônimo disse...

"Quem atrapalha são os governantes que usam mal os impostos ..."
Aí tu abriu outro sub-grupo de governantes. Acho que tu quis é englobar tudo. O ódio é tanto que vocês não distinguem nada de nada. Votou no PT, é petezada.

Mas me fale do desempenho econômico do RS. Pelos resultados do C. do P. nossos empresários são excepcionais, exímios combatentes ao Governo do Estado?
Até nosso prefeito está gostando, e pronto para usar todo esse progresso em benefício próprio, na próxima campanha.
Ou você acha uma coincidência que todos os municípios ao redor (e do estado) são todos "bem" administrados?

21 de novembro de 2011 09:58  
Anonymous Anônimo disse...

Sim, e todo mundo quer ir embora daqui e ninguém quer vir para cá. Que crescimento é este? Outra coisa. O governo gasta mais do que pode e, segundo a Federasul, os investimentos mal chegam a 5%. A Yeda deixou uma situação e estamos vivendo outra, com menos de um ano de governo.

21 de novembro de 2011 10:12  
Anonymous Anônimo disse...

Este país "explodiu", no bom sentido. Se alguém quer sair, certamente vai em busca de um lugar melhor ainda, para investir. E com o dinheiro ganho aqui.
Tu está duvidando do crescimento do estado?
Processa o Correio do Povo, por mentira.

21 de novembro de 2011 20:00  
Anonymous Anônimo disse...

Este país "explodiu", no bom sentido. E se aparece melhor lugar para investir, é consequência deste boom que alguns querem se apropriar indevidamente. As pessoas vão investir lá o dinheiro que ganharam aqui.

P.S.: Se encontrar algum pedreiro, pintor, carpinteiro ou gaiteiro de varde, me avise que estou precisando.

21 de novembro de 2011 21:51  
Anonymous Anônimo disse...

Dinheiro aqui? Mas, tá todo mundo indo embora daqui.

22 de novembro de 2011 08:23  
Anonymous Anônimo disse...

Esqueceu o dedo do FHC. Ou vocês acham que criaram tudo isso ai? Vocês pegaram o trem andando. A milhão.

22 de novembro de 2011 08:48  
Anonymous Anônimo disse...

FHC, Yeda?

Quem são?
O Inter vai contratar?

22 de novembro de 2011 09:50  
Anonymous Anônimo disse...

Indo embora?
Só se for tu mesmo, porque eu quero ficar.
Vou abrir um bar ao lado do quiosque e no fundo vou alugar uma peça à rataiada. Sabe como é, essa gente precisa de um lugar sujo e escuro para se reunir.

22 de novembro de 2011 09:57  
Anonymous Anônimo disse...

Esse pessoal que quer ir embora...
Será que não é a tal rejeição ao nosso Prefeito Orth?
Todo mundo fala que ele tá com medo de concorrer por causa disso.
Não acredito.

22 de novembro de 2011 12:07  
Anonymous Anônimo disse...

09:58

A frase completa é:
"Quem atrapalha são os governantes que usam mal os impostos permitindo desvios de verbas públicas e beneficiando amigos e partidários."

A segunda parte é mais importante do que a primeira...

O que adianta ter um crescimento econômico se os governantes aumentam os impostos para arrecadar mais e depois permitem desvios de verbas públicas beneficiando amigos e partidários?

O que se lê nos jornais hoje: governador não paga o que aprovou quando ministro, outro ministro quase caindo por corrupção, TCU desaprovando contas por desvio de verbas, só 11,3% das obras do PAC2 são concluídas no ano, crescimento da economia pode ser zero no 3º trimestre...

Você acha isso maravilhoso?

22 de novembro de 2011 19:19  
Anonymous Anônimo disse...

Agora sim, mudou o nível e dá para discutir. O problema é que tu lê uma imprensa e eu outra, e dessa forma poderemos ficar discutindo até o fim do mundo, e não quero entrar neste mérito.
Os teus conceitos são tão genéricos que podem ser aplicados para qualquer governo do mundo ( para a Grécia, Itália, Espanha e França, nesta ordem).
E qualquer governo tem as mazelas que tu critica, mas só os rancentos têm a paciência de vocês para ficarem insistindo nessas picuinhas burocráticas. Já sei, já sei, o berro vai ser grande, pelo tamanho da corrupção, mas como já disse, lemos imprensas diferentes e sem as provas necessárias e o julgamento da justiça, até agora, a meu juízo, nem o mensalão existiu como tal.
Mas pula esta parte, que com mensalão ou sem mensalão, o panorama seria o mesmo. E não é possível que as críticas de vocês se resumam a só isso. No resto, até posso concordar contigo, mas dou um desconto em vista da crise mundial onde somos privilegiados com relativo conforto.
Mas o meu assunto é outro. Quero chamar a atenção para o que se sente nas ruas. Essa é a economia que vale. Está todo mundo progredindo, crescendo, empregado e cheio de sonhos. Isso é um fato! Construindo casas, comprando carro novo. A distribuição de renda melhorou e seja onde for, há um clima de progresso, as pessoas estão envolvidas com novos projetos, existem 9 montadoras querendo vir ao Brasil. Isto também é um fato. É muito pessimismo se fixar apenas que é possível que o crescimento da nossa economia pode ser zero no 3º trimestre.
A minha economia e a tua é aqui, e só faz crescer. Está escrito na nossa cara, basta sair porta fora e olhar. Visite todos os municípios ao nosso redor. É um festival de construções. E não são obras frutos de administrações locais, que nem por sombra teriam este poder agregador.
É alguma coisa mais abrangente, que vem de cima, e contagia de forma coletiva todas as comunidades laboriosas. Certo ou errado, as consequências estão aí, para quem quiser ver.
Desculpe pela arrogância e prepotência, mas ficar ouvindo esses bobinhos gritando slogans estúpidos contra o PT, sem explicar nada, torna os que votam no PT, com orgulho, ainda mais engajados.

22 de novembro de 2011 21:27  
Anonymous Anônimo disse...

Infelizmente o nome disso é BOLHA.
Quem estuda história econômica sabe disso. E você sabe, milagres nunca existiram a não ser na cabeça dos que não estudam.
Todos os países que hoje estão em crise passaram por essas bolhas de crescimento não sustentáveis. No final as empresas tiveram lucro e os consumidores (povo) ficou com as dívidas junto aos bancos.
A onda de consumo é iguala uma pirâmide, aquela das fraudes, onde uma base imensa alimenta o topo que cada vez fica mais rico.
O povo aproveita para comprar mais, consumindo o salário do futuro. Os mais bobinhos perguntam se não é um direito do povo comprar e ser feliz. Claro que sim. Apenas não dá para mentir para si mesmo dizendo que esta espiral será eterna e que nunca irá estourar a bolha.
Nem país com respaldo econômico de uma economia sólida aguenta, quanto mais um país em desenvolvimento.
Claro que te interessa trocar de assunto pois sua inteligência fica lhe alertando para a realidade histórica desse tipo de milagre. é como certas coisas na vida que a gente quer acreditar e finge por alguns momentos que é verdade mas no fundo sabe que não é possível.
As bolhas são criadas para proporcionar uma comodidade política para os governantes, elas se expandem por determinado período de tempo e no fim chegam a exaustão. Não tem como ser diferente pois nenhum governate vai ter coragem de fechar a torneirinha da felicidade pois não se elegerá mais.
Pena que tem pessoas que sabem disso mas preferem um bom cargo mesmo que a custa dos que irão pagar a conta por muitos anos.
Copa do Mundo é um gasto razoável para um país em que falta saneamento básico, atendimento de saúde, segurança e outras necessidades muito básicas de uma nação?
Claro que você sabe que não é um gasto razoável. É desperdício de oportunidades. Mas o povo como você sabe irá delirar, e principalmente pagar a conta tanto em dinheiro como em qualidade de vida.
O Brasil não merecia isso. A queda da inflação nos proporcionou uma chance de virar a mesa. O populismo acabou com essa chance.
Quer provas?
Estude história, nacional e internacional. Está tudo lá!

23 de novembro de 2011 00:51  
Anonymous Anônimo disse...

Se há uma bolha ou não, eu, que sou povo, quero mais é aproveitar. Por enquanto não estou pagando a conta de ninguém. E prefiro ficar com a opinião dos economistas em geral e agências de avaliação estrangeiras, que por sinal só aumentam a nota do Brasil na mesma proporção que baixam a nota do chamado 1º mundo. Gostaria, contudo, de alinhar alguns itens que contrariam tua tese:

1. Nunca vi a palavra “bolha” relacionada com o Brasil. Nem os mais conservadores analistas financeiros, e são muitos, ousaram pronunciar esta palavra. Enfim, minha praia não é a economia.

2. Há anos, alguns economistas, alcunhados por nossos radicais de urubólogos, vêm prevendo catástrofes e terremotos iminentes. TODOS se enganaram, aqui estamos nós firmes, confiantes e seguros, como nunca, segundo fontes estrangeiras idôneas. Nenhuma bolha duraria tanto tempo sem estourar.

3. Não posso citar fontes nacionais, que tu certamente refutarias como suspeitas. Também não aceito citações dos citados urubólogos acima. Portanto me atenho a autoridades internacionais, tipo ONU, UNESCO, e imprensa isenta americana e europeia. Também não saio copiando ou arquivando o que leio por aí, para mostrar a quem duvida, até porque esta não é minha área. Mas como parece ser a tua, sem dúvida, mesmo que nossa imprensa seja diferente (minha e tua), deves ter lido à fartura. E nenhuma desmerece nossa economia. Ao contrário. E de novo, a palavra “bolha” não aparece.

4. Com franqueza e sem forçar a barra, não acredito que estamos vivendo um milagre fortuito e supérfluo. Só mudei de assunto porque esta história de corrupção cansaria até o Papa João XXIII, com sua imensa paciência, caso vivo fosse. E te agradeço por não ter tocado no assunto.

5. Contudo, por ser uma ideia nova, sugiro que a ponhas em julgamento por pessoas adequadas, professores de economia, por exemplo, confeccionando uma tese, com a palavra “bolha” como título. Sem ironias.

6. Com relação a Copa do Mundo, concordo contigo.

7. Não acho que o populismo seja o monstro a combater sempre. Existem coisas piores, como a ditadura, o monopólio das informações, o neoliberalismo, etc. Mas respeito tua opinião.

8. Por último, quisera estudar História e ver com a clareza que reputas, todos os males remanescentes e repetidos que tu localizas. Mas primeiro tenho uma lista de livros que preciso ler, e se for contabilizar, vão me ocupar até o ano de 2050.

23 de novembro de 2011 08:56  
Anonymous Anônimo disse...

Apenas duas coisas mais, que esqueci:

Meu casamento também começou com uma "bolha", e está durando um monte de anos.

Prefiro uma visão mais humanista sobre este govêrno, que uma análise puramente econômica. Afinal, qualquer govêrno esta aí para defender o povo pelo qual foi eleito. Os poderosos que se danem.

23 de novembro de 2011 09:03  
Anonymous Anônimo disse...

Se você recusa o assunto corrupção não há como continuar o diálogo. Todo o resto fica sem sentido pois está claro que você só fala sobre o que lhe convém impedindo assim de termos uma conversa apoiada na realidade total.
Não dá para argumentar ou conversar racionalmente com uma pessoa que se nega a ver o enorme problema que é a corrupção. Ela prejudica todo o resto.
Lembra que começamos esta conversa por causa da frase "Quem atrapalha são os governantes que usam mal os impostos permitindo desvios de verbas públicas e beneficiando amigos e partidários."?
Pois "permitindo desvios de verbas públicas e beneficiando amigos e partidários" é justamente isso: CORRUPÇÃO!
Mantenho minha posição pois a corrupção é que faz com que todas as afirmações que você fez sejam simples euforia de alguem que se engana fácil com o marketing político do PT.
Quanto as boas notas do Brasil dadas por agências internacionais eu pergunto se são as mesmas agências que davam excelentes notas para os países que hoje estão em crise?
Pois é...

23 de novembro de 2011 15:19  
Anonymous Anônimo disse...

Por que será que nenhum petista gosta de falar sobre a luta contra a corrupção?

Existe até petista que recentemente atacou o que chamou de “luta moralista contra a corrupção”.

Mas não eram eles que tinham esta luta como bandeira principal?

O que aconteceu?
Alguém sabe?

23 de novembro de 2011 16:53  
Anonymous Anônimo disse...

Deve ser porque a imprensa que vocês lêem só tem isso como notícia. E vocês só tem esse assunto.
É como desfazer o governo de São Paulo (estado e prefeitura) porque hoje foram presos 36 funcionários por corrupção, o cunhado do Alkmin rouba, o Tietê está sujo, o Maluf roubou todas, Pitta também e lá é tudo PSDB. E não se ouve um pio a respeito.
Quem sabe vocês ganham a próxima eleição e moralizam o país?
Mas já aviso, vão ter que fazer força. E esse papo de corrupção só vai atrapalhar. Ninguém mais acredita no gritedo de vocês.

23 de novembro de 2011 21:12  
Anonymous Anônimo disse...

Mostrou a cara!

23 de novembro de 2011 22:49  
Anonymous Anônimo disse...

É que encheu mesmo.
Ou mudem esse governo,ou mudem de país. Mas não fiquem choramingando pelos cantos.

Deve ser mágoa, porque na hora do pega prá capá, reunem todos e aí a gente vê que virou m.... mesmo. Não aparecem os votos. E depois ainda ficam brigando entre eles. E se bobear, vêm de Serra de novo...
Aí sim vai ser uma festa.

Cadê os votos daqueles que acham que esse governo é só corrupto e semvergonha?
Está faltando humildade...
Cabrito bom não berra.

24 de novembro de 2011 15:51  
Anonymous Anônimo disse...

Quantos secretários de São Paulo foram demitidos por corrupção?

ZERO!

E quantos ministros da Dilma e Lula foram demitidos por corrupção?

Pois é, deve estar cansando demitir tantos por corrupção...

25 de novembro de 2011 10:59  
Anonymous Anônimo disse...

Em compensação, e para teu azar, pois a notícia saiu depois do teu post, O CHEFE e a cambada da Prefeitura escapou por pouco de ser presa, agora mesmo.

TODOS OS BENS DO PREFEITO DE SÃO PAULO ESTÃO JUDICIALMENTE INDISPONÍVEIS.

Adivinha por que?
Esses caras tem que assinar ficha no PT, e logo, antes de serem presos.

25 de novembro de 2011 22:16  
Anonymous Anônimo disse...

22 DE NOVEMBRO 9;57 não subestime os ratos,assim como os urubus, eles habitam onde há sujeira, farejam carniça a distancia e estão sempre prontos a atacar.

26 de novembro de 2011 15:48  
Anonymous Anônimo disse...

O juiz "rejeitou o pedido do Ministério Público de afastamento do prefeito Gilberto Kassab" conforme a notícia completa.

Não é que a gente leia jornais diferentes, você é que só lê a parte que interessa.

O juiz "determinou o sequestro dos bens dele e dos outros envolvidos para garantir eventual indenização".

Inclusive "determinou a indisponibilidade dos bens de todos os réus", não só do Kassab. Só para garantir, não por prova de culpabilidade. Fez bem.

E ATENÇÃO: REJEITOU o pedido do Ministério Público de afastamento do prefeito Gilberto Kassab.

Já os ministros da DILMA/LULA FORAM AFASTADOS, por corrupção!

26 de novembro de 2011 15:52  
Anonymous Anônimo disse...

não subestimem os ratos e os urubus, os ratos só habitam onde há sujeira,e os urubus sentem o cheiro de carniça á distância, ambos oferecem perigo, por isso são temidos

26 de novembro de 2011 20:45  

Postar um comentário

Voltar ao blog



Posts mais recentes Posts mais antigos

 
Google
 

?timos Posts

O futuro do Euro
América participou da reunião da Ouro
América participará da reunião da Série Ouro 2012
Uma justa homenagem
Lupi mentiu
Gratificação
Inter
Frase do dia
Nove montadoras de automóveis estão interessadas e...
Quanto será que pesa a internet inteira?

Arquivos

Agosto 2010 Setembro 2010 Outubro 2010 Novembro 2010 Dezembro 2010 Janeiro 2011 Fevereiro 2011 Março 2011 Abril 2011 Maio 2011 Junho 2011 Julho 2011 Agosto 2011 Setembro 2011 Outubro 2011 Novembro 2011 Dezembro 2011 Janeiro 2012 Fevereiro 2012 Março 2012 Abril 2012

 

 

 

WM INTERNET